nova turma do curso de Fashion Blogging

worldfashion • 15/02/17, 10:25

3000_645407_fb1-800x408

O Centro Universitário Belas Artes de São Paulo, fundado em 1925 é uma das mais trdicionais instituições de ensino no país e referência em Economia Criativa no país,  ideal para aqueles que valorizam a criatividade, a liberdade de expressão e buscam conhecimento com aplicação prática.  Estes são aspectos favoráveis à formação diferenciada do futuro profissional que poderá exercer a carreira escolhida com competência e personalidade.

O curso livre Fashion Blogging - Como Criar um Blog de Moda, desenvolvido em parceria com Alice Ferraz, empresária de moda e CEO do F*Hits, primeira plataforma de influenciadores digitais de moda e lifestyle do mundo, abriu inscrições que irá até o dia 7 de março.

3000_645408_fb2-800x448Ministrado na modalidade ensino a distância (EAD), o curso tem como objetivo habilitar o aluno a compreender as relações entre moda e internet, a construir sua imagem nas redes sociais por meio da criação e da administração de um blog de moda, e a tornar-se um empreendedor digital. O conteúdo das aulas poderá ser visualizado e estudado em qualquer horário, permitindo, dessa maneira que o aluno determine sua agenda de estudo, desde que obedeça a data limite para a realização das atividades on-line. A presença é considerada a partir da postagem das atividades e da participação nas discussões on-line. Os alunos com 75% de participação recebem o certificado de conclusão.

Com carga horária de 30 horas e com duração prevista de quatro semanas, o aluno terá mais uma semana para se familiarizar com o Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), que conta com os mais modernos recursos e ferramentas, permitindo uma perfeita integração entre as mídias.

Inscrições no site da instituição :www.belasartes.br/cursoslivres

Da redação do WORLD FASHION         Informações para imprensa:  Ferraz Moda     Foto: divulgação

tecnologia e conectividade na Focus Têxtil

worldfashion • 31/01/17, 08:39

304405_677000_04_web_

A Focus Têxtil fundada em 1940, desenvolve e comercializa tecidos para diversos segmentos: moda, underwear, jeanswear, sportswear, workwear, footwear, acessórios e homewear, entre outros. Sempre buscando pelo melhor produto final, juntamente com o amplo serviço de informação e pesquisa de ponta, que reforçam a qualidade dos artigos da empresa, desenvolvidos através de um profundo estudo de tendências de moda, mercado e consumo, para a definição de cores, estampas e padronagens em cada estação. Em 2014 foi criado o Instituto Focus Têxtil (IFT) que tem como objetivos dar subsídio aos profissionais das áreas de têxtil, moda e design, além de incentivar o empreendedorismo e estimular o acesso à capacitação de profissionais para o setor, diminuindo assim a desigualdade social.

304405_677001_89_web_O Focus Fashion Day já ocorre há mais de 10 anos e, em 2017 no próximo dia 8 de fevereiro, o evento discutirá as tendências do verão 2017/18, traz como grande novidade a conectividade, inovação e tecnologia. Esses quesitos o colocam à frente de outros eventos do setor têxtil e ajudam na fidelização com os clientes. Em tempos de crise, o setor de moda e confecção não pode arriscar e, para ser mais assertivo, confia nas confirmações de tendências apresentadas pela Focus. O modo de divulgar este conteúdo vai além das palestras, já que a exposição dos tecidos é tão importante quanto a explanação das ideias.

304405_676998_45_web_Para Rose Orlean, Diretora de Marketing e Produto, o diferencial do evento vai além da questão da proximidade com público. “Teremos transmissão ao vivo, em tempo real e gratuita, de todas as palestras via streaming, além de um aplicativo exclusivo com acesso a conteúdo extra, que permitirá ao nosso cliente acessar os principais produtos da coleção e a possibilidade de favoritar ou compartilhar seus tecidos preferidos”, detalha. “O evento também servirá para obter informações dos tecidos que estão sendo lançados, por meio do QR Code de cada artigo e das palestras apresentadas. Além destas atrações, o Focus Fashion Day ainda marcará a apresentação do projeto Focus Design Visions, que tem como mote a inovação e sustentabilidade e conta com patrocínio da Pernambucanas”.

Segundo as análises da empresa, o próximo verão terá inspirações divididas em direcionamentos maximalistas e minimalistas. Na fronteira entre esses extremos, as marcas encontram campo fértil para experimentar as tendências que mais se encaixam com a sua própria identidade. Os materiais em exposição contemplarão vários tipos de artigos nos quais os tecidos são aplicados: underwear, jeanswear, sportswear, workwear, footwear, acessórios e homewear - toda as áreas de atuação da empresa. Já a moda masculina/feminina contará com palestras específicas, além dos tecidos expostos.

304405_677009_107_web_Ellen Leite, gerente de marketing e divulgação de produto, aposta na riqueza de ornamentações e no mix de estampas com referências a diversas culturas, em contraponto a uma estética mais limpa, que prima pelo estudo das formas. “Surge também um novo caminho: a celebração do ‘ser mulher’.

304405_676999_47_web_2Para isso, elementos ligados ao feminino são exaltados, como o uso de sutiã aparente, babados e a estética boudoir”, analisa. Bia Aidar, consultora de moda, especializada em formas, indica que outra questão a ser abordada será a preocupação das marcas em produzirem peças sem gênero que podem ser usadas por todas as pessoas - a tendência genderless.

Lilian Marino, gerente de marketing de produtos para o mercado masculino, apresentará quais são os peças, tecidos, cores e estampas para o segmento. A ideia não é catalogar cada tendência, mas identificar características específicas e inspirações mais marcantes. “No masculino vamos contemplar várias gerações, e ver como um mesmo tecido se aplica, mas a silhueta muda. Os jovens começam a procurar por liberdade de movimentos, mais fluidez e volumes mais soltos, enquanto os mais maduros insistem no corte impecável e limpo”, analisa Marino.16491537_1404142046294654_547862129_o-640x5151

O estilista Walter Rodrigues é o curador do projeto Focus Design Visions, uma iniciativa do Instituto Focus Têxtil (IFT), com patrocínio da Pernambucanas. A ideia foi incentivar e subsidiar alunos universitários de moda a explorarem teorias de sustentabilidade e inovação por meio de workshops de capacitação em criatividade. Esses conhecimentos deveriam ser cruzados com o design e a moda para resultarem na produção de peças sustentáveis e inovadoras. Os resultados obtidos e a trajetória de Walter Rodrigues serão apresentados na palestra “Uma trajetória de criatividade e sustentabilidade na moda”. Atualmente, o estilista se dedica à consultoria e pesquisa na área de moda, calçados e sustentabilidade, coordenando o Núcleo de Design da Assintecal e responsável pelo Inspiramais - Salão de Design e Inovação de Materiais.

A Focus Têxtil vai congratular Paulo Borges, criador da semana de moda mais importante do país - São Paulo Fashion Week, pela contribuição no crescimento e fortalecimento da indústria da moda no Brasil. Além da homenagem, Paulo Borges irá falar aos convidados sobre as perspectivas atuais da moda.

Serviço:

Evento: Focus Fashion Day

Data: 8 de Fevereiro

Local: Teatro Bradesco em São Paulo

Programação:

8h - Abertura

9h - Palestra Confirmação de tendência para o masculino

10h - Palestra Confirmação de tendência para o feminino

11h15 - Homenagem a Paulo Borges - Perspectivas da moda atual

11h30 - Walter Rodrigues - Uma trajetória de criatividade e sustentabilidade

12h15 - Encerramento

Da redação WORLD FASHION      Informações à imprensa: Mkt Mix Assessoria de Comunicação

SENAI BRASIL FASHION

worldfashion • 16/11/16, 16:21

brasil_fashion_019-427x640A escola de moda SENAI CETIQT , atua como principal centro formador de profissionais para o segmento textil e é um dos mais destacados do mundo, com plantas-piloto completas que reproduzem o ambiente fabril, além da planta-piloto de confecção, de uma rede integrada de laboratórios e de uma área de inovação, estudos e pesquisas com foco em antropometria, comportamento e consumo, cor, design, economia criativa, prospecção tecnológica e mercadológica, além de sustentabilidade e responsabilidade socioambiental.

brasil_fashion_012-427x640A instituição, reconhecida como pioneira no sistema SENAI, foi a primeira unidade a lançar, em 1997, o ensino de nível superior no sistema com o curso de Engenharia Industrial Têxtil, agregando valor na formação de profissionais para a área têxtil. Em 2001, foi lançado o curso superior de Design de Moda, o primeiro do Brasil nesta categoria. Durante sua trajetória inovadora, o SENAI CETIQT passou a oferecer também outros cursos de nível superior, de pós-graduação e de extensão, além dos cursos técnicos, de qualificação e de aperfeiçoamento profissional.

brasil_fashion_023-427x640Com o seu patrocínio,  o projeto - O SENAI Brasil Fashion chega, na sua terceira edição em Brasília em 2016, a primeira foi em Minas Gerais e a segunda em São Paulo, como uma plataforma para o surgimento de novos talentos, mas principalmente uma ferramenta que fomenta a indústria moda e reforça o papel da educação na criação de um mercado mais sólido.

brasil_fashion_027-427x640brasil_fashion_031-427x640Doze estudantes do Sistema SENAI (Serviço de Aprendizagem Industrial) de diferentes estados de todo Brasil foram selecionados na etapa nacional, após avaliação da banca composta por Rodrigo Costa, do Grupo Santista; João Dalla, do SENAI; Santiago de Padua, da Samba Marketing Ao Vivo, idealizadora do projeto; Jackson de Araujo e Letícia Abraham, do WGSN. Esses alunos receberam orientações de quatro estilistas da moda brasileira. Alexandre Herchcovitch, Lino Villaventura, Ronaldo Fraga e Lenny Niemeyer, que integraram pela primeira vez o time de coaches.

foto-2-640x360“É muito importante ensinar para os alunos como desenvolver coleções alinhadas com as tendências e demandas do setor. Para difundir esse conhecimento entre os finalistas, trazemos os maiores ícones da moda no Brasil para orientá-los em todo o processo desde a criação até a venda das coleções”, explica Sérgio Motta, diretor Geral do SENAI CETIQT.

brasil_fashion_035-427x640Os alunos passaram por três encontros recebendo orientação de seus coaches para desenvolver uma coleção com o tema “Transformação”, uma em Inhotim, Minas Gerais, com foco especial na importância da pesquisa criativa na criação da moda, e dois aconteceram no Rio de Janeiro, abordando temas como a silhueta, construção dos looks, moda praia e urbana, entre outros. Após essa etapa carioca, os coaches também deram aulas que foram transmitidas para todos os alunos do SENAI no Brasil, ampliando o alcance, para 11 mil alunos da rede que tiveram acesso ao conteúdo, o que reforça o caráter inovador do projeto de incentivo à educação profissional.

brasil_fashion_039-427x6401Neste mes de novembro, realizou-se em Brasília o desfile, com a partiucipação de tops como Isabeli Fontana, Raissa Santana, Lea T, Carol Trentini, Gianne Albertoni, Fernanda Tavares, Carol Ribeiro, Renata Kuerten, Emanuela de Paula, Barbara Berger, Ana Claudia Michels, Celina Locks e Ana Beatriz Barros, com styling de Daniel Ueda, consultor de modelagem, Wilson Ranieri, maquiagem de Daniel Hernandez e a produtorção musical de Max Blum

Da redação do WORLD FASHION     informações à imprensa: Index Assessoria de Comunicação   Fotos divulgação: Agência Fotosite

WORKSHOP COM JUM NAKAO

worldfashion • 26/10/16, 09:04

jum-nakao-04-427x640

Jum Nakao é referencia internacional por seus impactantes trabalhos nas mais diversas áreas da arte contemporânea.

Seu desfile, A Costura do Invisível, é considerado um dos maiores desfiles do Século pelo Museu de Moda de Paris. A apresentação do Brasil, no encerramento das Olimpíadas de Londres em 2012, levou sua assinatura. É referência nas mais importantes publicações sobre Moda e Design do Mundo e sua obra integra acervos Internacionais de Museus de Arte e Moda. Jum Nakao vai abrir, pela segunda vez, as portas do seu Ateliê aqui em São Paulo, para realizar dois workshops.

olimpiadas-2012-1-640x452

1) Workshop Metodologia Jum Nakao Figurino, Desfile, produção de Moda nos dias 25 e 26 de novembro

Como elaborar um style guide para um primoroso processo criativo de Figurinos, Desfile, produção de Moda.

Metodologia: Fundamentar um conceito de criação. Criar a percepção da trama através das roupas. Harmonizar o guarda roupa com a Direção de Arte. Elaborar maquetes do espetáculo. Decupar cabelo, maquiagem, produção de cada personagem. Aprender a avaliar o conjunto para corrigir as dissonâncias e estar apto para colaborar ativamente no aprimoramento da obra. Elaborar style guide para consulta das decisões do processo executivo.

A quem se destina: Estilistas, Figurinistas, Professores, Estudantes e interessados nas áreas de Moda, Design, Arte, Cinema, Teatro, Publicidade, Desenvolvimento de Coleção, Desfile de Moda, Moda Experimental, Figurino. Pré requisito: nenhum.

reality-project-10-640x4271

2) Metodologia Jum Nakao Desconstruir nos dias 27 e 28 de Novembro

Compreender a avaliação de ressignificações possíveis através da desconstrução de referências.

Metodologia: Construir maquetes com fragmentos dos objetos de estudo. Elaborar peças estruturadas partindo dos estudos da desconstrução.

A quem se destina: Modelistas, Estilistas, Costureiras, Professores, Estudantes e interessados nas áreas de Moda, Design, Arte, Desenvolvimento de Coleção, Moda Experimental, Figurino. Pré requisito: nenhum.

costura-invisivel-5-427x640

Maiores informações no link :  http://www.jumnakao.com/cursos/

Da redação do WORLD FASHION          Fotos: Divulgação

O HOMEM BRASILEIRO 2016

worldfashion • 01/08/16, 16:52

imagem_release_711346-640x640

Após o sucesso da primeira edição, o designer e doutor em comunicação e semiótica Mário Queiroz promoverá em agosto O Homem Brasileiro 2016, evento sobre os homens e para todos que se interessam em entendê-los melhor. Através de imagens e palestras, irá discutir o homem atual e a sua relação com moda, design de interiores, música, mídia, beleza e mercado.  A segunda edição acontecerá em dois espaços: UNIBES CULTURAL e Senac Lapa Faustolo

imagem_release_711339-640x439Na Lapa acontecerá a exposição APARTAMENTO – Os estilos do homem brasileiro, de 1 a 31 de Agosto. Com curadoria de Mário Queiroz e cenografia de Noemi Saga e Sylvia Demestresco, a mostra reproduzirá 7 ambientes que representem estilos de homens contemporâneos. O espaço trará recortes da intimidade e universo desses homens a partir de ambientes com mobiliário e produtos que darão pistas do homem que viveria ali. A ideia é mostrar que assim como a moda, todas as formas de design nos revelam diferentes masculinos.

E  na UNIBES CULTURAL acontecerá um fórum de palestras, de 15 a 18 de agosto, com a participação de nomes como Marília Carneiro, figurinista da TV Globo; Sueli Pereira, da Santista Jeanswear; Ademir Bueno, da Tok Stok; Renata Aberlin, da Drom Fragrances; além de outros empresários, pesquisadores, professores e formadores de opinião das mais diversas áreas ocupados com a imagem do masculino.

Em ambos os espaços ocupados pelo evento acontecerão uma série de ativações, entre elas uma experiência sensorial através de visitas guiadas na exposição com a Drom Fragrances, um workshop de denim masculino com a Santista Jeanswear e uma mesa redonda na Tok&Stok, patrocinador máster do evento, com a presença do arquiteto Mauricio Arruda, Mario Queiroz e Ademir Bueno.

Programa:

HOMEM BRASILEIRO 2016

SENAC  Lapa Faustolo – São Paulo

EXPOSIÇÃO APARTAMENTO – Os estilos do homem brasileiro

De 1 a 31 de agosto

Segunda a Sexta das 8h às 21h e sábados das 8h às 14h

R. Faustolo, 1347 - Lapa, São Paulo

Entrada: Franca

FÓRUM DE DISCUSSÃO SOBRE O MASCULINO

UNIBES CULTURAL

DE 15 A 18 DE AGOSTO

Das 19 às 22 h

Rua Oscar Freire, 2500 - Sumaré, São Paulo

Entrada franca mediante inscrições pelo site:

http://homembrasileiro.com.br/

Da redação WORLD FASHION       Fotos e divulgação:  Helena Augusta Assessoria de Comunicação

workshops de tingimento natural com Flavia Aranha

worldfashion • 28/07/16, 09:40

geral-1-640x426

Há muitos séculos, povos experimentaram diversos tipos de matérias primas naturais para tingimento têxtil até identificarem que plantas, cascas e mineiras davam cor e vida aos tecidos. Com o surgimento dos corantes sintéticos, muito desse conhecimento tradicional ficou esquecido.

A estilista e pesquisadora Flavia Aranha inaugura novo espaço em seu ateliê, na Vila Madalena, para a realização de cursos e workshops com foco em tingimento natural voltados ao público em geral.

Os participantes aprenderão técnicas de tingimento utilizando resíduos naturais que seriam descartados no meio ambiente ou matérias naturais, todas se transformam em cor para tecidos. Deste modo, incentivando o “faça você mesmo” e conscientizando o uso de produtos do dia a dia.

A fim de retomar esse conhecimento pensando no contexto urbano, a estilista e pesquisadora Flavia Aranha apresentará técnicas que utilizam matérias comuns de nosso dia a dia, como cascas de cebola roxa, repolho roxo, urucum, açafrão, dentre outros, transformando-as em cor para tecido.

Para dar início à temporada, Flavia Aranha convida Marina Stuginski, especialista em índigo e também pesquisadora, para realizar duas oficinas no espaço. Além dela, duas designers têxteis de renome estão confirmadas para esse primeiro ciclo. Tati Polo, com suas amarrações de shibori e tingimento natural e Mayumi Ito, artista que trabalha linhas e tecidos sempre com muita delicadeza e sensibilidade.

tingimento-natural-3-640x427TINGIMENTO NATURAL TÊXTIL NO CONTEXTO URBANO

Conteúdo:

- Apresentação do tingimento natural através da história.

- Embasamento teórico do processo de tingimento.

- Preparação da base têxtil para o tingimento: purga

- Como fixar as cores nos tecidos: mordentes e fixadores.

- Preparação da matéria prima corante: como fazer extratos.

- Experimentação livre: projeto individual.

Datas (Duas turmas):

20 e 21 de agosto – Horário: 09h às 12h e das 14h às 17h

17 e 18 de setembro – Horário: 09h às 12h e das 14h às 17h

Carga Horária: 12 horas/aula

12 vagas

Investimento: R$ 1.280,00 com todo material incluso

impressao-botanica-1-640x427ESTAMPARIA COM MORDENTES NATURAIS COM MARINA STUGINSKI

A estamparia com mordentes é uma técnica sofisticada de origem indiana e é utilizada há mais de 4.500 anos. Esse processo envolve a aplicação de camadas sucessivas de mordentes, banhos de tingimentos e pasta para vedar, trabalho esse que pode levar semanas para ser concluído. Muitas estampas icônicas inicialmente eram feitas com a técnica, como a Chita, que era produzida com mordente feito a partir do estanho.

A oficina propõe um contato inicial com mordentes seguros para as pessoas e o meio ambiente.

Através de banhos de cores em tecidos, os participantes poderão soltar a criatividade e criar diversos padrões de estampa.

Conteúdo:

- Apresentação sobre o surgimento e utilização da técnica ao longo dos séculos.

- Apresentação e fabricação de diferentes mordentes.

- Experimentação em diferentes banhos de tingimento natural.

Data: 27 de agosto – 09h às 12h e das 14h às 17h

Carga horária: 06 horas/aula

12 vagas

Investimento: R$ 680,00 com todo material incluso

tingimento-natural-4-640x427IMPRESSÃO BOTÂNICA EM TÊXTEIS

A técnica de impressão botânica é feita através da reação química de plantas, onde suas cores e formas ficam impressas no tecido formando estampas únicas. Explorando as inúmeras possibilidades da técnica, das formas das plantas – folhas e flores –, e suas diferentes reações, a designer Flavia Aranha irá apresentar técnicas artesanais para elaborar estampas criativas e com impressões realistas.

Conteúdo:

- Apresentação sobre a técnica.

- Testes para entender repetição, espelhamento, grafismos e cores que a técnica possibilita obter.

- Execução de dois projetos individuais em lenço de seda e algodão

Data: 03 de setembro – 09h às 12h e das 14h às 17h

Carga horária: 12 horas/aula

12 vagas

Investimento: R$ 760,00 com todo material incluso

indigo-3-427x640ADIRE EM INDIGO – TÉCNICA DE ESTAMPARIA USANDO GOMA DE MANDIOCA COMO RESISTÊNCIA

A técnica de usar amidos, ceras e argilas, para vedar o tecido e criar estampas, está presente em diversas culturas. Batik, Adire Eleko e Katazome são, entre tantas, as técnicas mais prestigiadas. Neste curso, Marina Stuginski vai utilizar a técnica ADIRE, que é de origem nigeriana, num contexto brasileiro utilizando a goma de amido de mandioca para criar padrões no tecido que será tingido com índigo orgânico. Os participantes aprenderão a preparar o amido de mandioca e criação um desenho em stencil para a aplicação no tecido.

Conteúdo:

- Apresentação da técnica

- Desenvolvimento de stencil

- Produção da goma de mandioca

- Experimentação com goma e banhos sucessivos de índigo

Data: 10 de setembro – 09h às 12h e das 14h às 17h

Carga horária: 06 horas/aula

12 vagas

Investimento: R$ 760,00 com todo material incluso

indigo-1-427x640INTRODUÇÃO AO TINGIMENTO COM ÍNDIGO ORGÂNICO E EXPERIMENTAÇÕES TÊXTEIS

Neste curso, a designer Flavia Aranha apresentará uma técnica bastante peculiar e encantadora do tingimento natural com índigo. Extraído de plantas, o índigo é tradicional e fascinante, de coloração intensa, é o único corante natural que oferece esse um azul característico. Os participantes do curso terão visão dos princípios de tingimento com índigo natural orgânico e poderão experimentar as diferentes técnicas de estamparia têxtil com índigo.

Conteúdo:

- Breve apresentação teórica e histórica do uso do índigo natural para tingimento têxtil.

- Técnicas para obtenção e conservação do VAT de frutose.

- Desenvolvimento de amostras e experimentação de diversas técnicas de estamparia têxtil.

Data: 24 de setembro – 09h às 12h e das 14h às 17h

Carga horária: 06 horas/aula

12 vagas

Investimento: R$ 760,00 com todo material incluso

Flavia Aranha   Rua Aspicuelta, 224 - Vila Madalena        Inscrições:   Telefone: (11) 3031-1703             www.flaviaaranha.com/cursos        contato@flaviaaranha.com

Da: redação       Divulgação e fotos Namídia Assessoria de Comunicação

O luxo aplicado à gestão

worldfashion • 22/05/15, 16:37

Criado em 2003, pela MCF Consultoria e Conhecimento em Negocios Ltda,  o curso “O LUXO APLICADO À GESTÃO” sob o foco da gestão, aborda como funciona uma operação de produtos/serviços de Luxo e Premium e como traduzir e aplicar as técnicas e ferramentas para outros segmentos.

1-445x640

Por que fazer? • Entender o Luxo como atividade profissionalizada e segmento de negócios • Decifrar e desconstruir técnicas e ferramentas para aplicá-las em todos os segmentos • Aplicar ferramentas que norteiam este segmento • Entender o Luxo como manifestação de consumo pautado em ostentação, supérfluo, elitismo… mas também como negócio! • Ter conhecimento e visão profissional das técnicas envolvidas • Conhecer um mercado gerador de R$ 20 bilhões por ano no Brasil • Mudar a percepção de mercado, outra visão para as possibilidades

Conteúdo Programático

1 - Contextualização do Luxo:• Histórico • Etimologia • Conceitos e Atributos • Metodologia Flor do Luxo

2 - Mercado de Luxo - No Brasil e no Mundo • Dados • Categorias do segmento • Conglomerados • Principais reflexões sobre o futuro do segmento • Apresentação dos faturamentos divulgados • Desafios do segmento • Brasilidade refinada

3 - Consumo -  • Conceitos e perfis de consumidores • Motivações de compra • Revolução dos hábitos de consumo • Neurociência aplicada ao consumo

4 - Marketing e Estratégia -  • Conceitos e estruturas • Construindo uma marca de Luxo • Extensões e portifólios de marca • Identificação de paradigmas e riscos • Comunicação no mercado de Luxo • Processos e Estratégias • Trading up e Mastígio

Agenda 2015 :  Edição 57 Dias 17 e 18 de junho - São Paulo    Edição 58 Dias 23 e 24 de junho - Sinop/MT    Edição 59 - Dias 02 e 03 de setembro - São Paulo

Informações: Fone 11 3088.7258 (ramal 110) ou via e-mail: leandro.crepaldi@mcfconsultoria.com.br

Cursos de moda e turismo

worldfashion • 04/03/15, 10:25

london_campus2-640x426Vejam a oportunidade de dar um upgrade no currículo e ainda aproveitar o verão. Aliar estudos e turismo de uma só vez.  Existem cursos de moda e design em pólos como Nova York, Londres, Paris, Milão e Barcelona. Logo, a hora de decidir o que fazer e se organizar é agora.

A empresária Carla Wolff, da Dreamakers, operadora de viagens especializada em viagens que aliam turismo e educação, acaba de oficializar parceria com o Instituto Marangoni. Tem dicas de cursos e roteiros para todos os perfis. “Muita gente aproveita o verão europeu para fazer os mais conceituados cursos de moda e design do mundo. E não é por ter o foco em aprender que a pessoa não pode explorar e “turistar” na cidade em que passará o período do curso”, conta Carla.

Fundado em 1935, o Marangoni é uma escola de moda e design italiana reconhecida mundialmente por formar estilistas como Franco Moschino e Domenico Dolce.

Por ano, centenas de brasileiros passam pelas escolas Marangoni e contabiliza-se um crescimento anual em torno dos 10%. Para 2015, a expectativa é ainda melhor: aumento de 20 a 25%, principalmente pela tendência de baixa do Euro, por conta de um pacote de incentivos econômicos lançado pelo Banco Central Europeu, que traz perspectivas de desvalorização da moeda frente ao real,  e assim  tornará as viagens mais baratas. Abaixo alguns dos roteiros e cursos

shanghai-theory-room-students-640x426Fashion & The Cities

Data prevista: 30 de junho a 18 de julho (opcional até 25 de julho)

Local: Roteiro de 3 semanas entre Londres, Milão e Paris, respectivamente, com semana extra opcional a definir entre Nova Iorque e Shangai.

Descrição: o mundo da moda em cinco capitais. Uma experiência única com o olhar europeu sobre criatividade e negócios de moda. Em cada cidade, os alunos terão a oportunidade de desenvolver um projeto criativo relacionado com uma especialização ou assunto. Uma excelente oportunidade para visitar mostras de moda internacionalmente aclamadas e novas exposições, sempre que possível.

shanghai-drawing-room-students-2-640x426Basics of Fashion Design

Data prevista: 21 de julho a 8 de agosto

Opções de cidades: Milão, Paris ou Londres

Descrição: esta é uma introdução aos fundamentos do design de moda, e o que é necessário para formular ideias e traduzi-las através do desenho.

paris-pattern-cutting-room-640x4261Basics of Fashion Business

Data prevista - 21 de julho a 8 de agosto

Opções de cidades: Milão, Paris ou Londres

Descrição: aqui, o objetivo é estudar o posicionamento de uma coleção e de uma marca, desenvolver competências de gestão para um plano de negócios, analisando o cenário concorrente, a compreensão da estrutura de marcas de luxo e desenvolver a capacidade de venda. Estas são algumas das ferramentas importantes que os participantes vão estudar durante o curso.

milano_campus3-640x4261Fashion Visual Merchandising

Data prevista - 21 de julho a 8 de agosto

Opções de cidades: Milão, Paris ou Londres

Descrição: este curso dará aos participantes a oportunidade de descobrir as técnicas de visual merchandising e exposição visual ou de uma loja de varejo. Além disso, os alunos aprenderão os aspectos fundamentais do comportamento do consumidor, a fim de criar uma experiência de compra única para cada cliente e torná-los fiéis à marca.

Por Yuko Suzuki   Fonte: Agência Guanabara  Fotos: divulgação

11º CONCURSO FAAP MODA

worldfashion • 18/12/14, 15:14

Realizada no dia 4 de dezembro, o concurso apresentou trabalhos interessantes de seis alunos selecionados que deixa uma perspectiva de futuro com o ingresso de novos profissionais com formação para o mercado textil e de moda. O concurso que está na sua 11ª edição colocou muitos talentos no mercado como: Fernanda Yamamoto, Mauricio Somenzari ( ilustrador, colaborou na Daslu e é Campeão mundial de cosplay, participou da exposição ‘Moda no Brasil: criadores contemporâneos e memórias’), Adriana Tristão ( prêmio criativa novos estilistas, menção especial do Pierre Cardin no programa Altas Horas, participação tb na exposição ‘Moda no Brasil: criadores contemporâneos e memórias’), Alex Cassimiro (Renner, atualmente Dafiti) entre outros….

Os vencedores desta edição foram

daniela-smitas-11-457x6401° lugar – Daniela Smitas (premio: viagem para Londres para conhecer a faculdade conveniada com a Faap – a London College of Fashion) + curso de pós graduação + acompanhar um editorial de moda da Revista glamour (Ela trabalha com a estilista Patricia Bonaldi)

daniela-smitas-12-457x640COLEÇÃO: Nação Mutante

INSPIRAÇÃO Mutações genéticas que afetam o ser humano e causam doenças como o câncer

Processos de duplicação e movimentação das células que invadem e se espalham lentamente dominando indefinidamente o corpo humano. O universo da mutação genética contraditoriamente se revela fascinante em visão microscópica

Recombinação de elementos existentes criando um ser modificado. Consequências do ritmo caótico da vida pós-moderna

ELEMENTOS DE ESTILO Estudo de volumes e estruturas. Ombros definidos e silhuetas redondas. Recortes circulares de tule

Vestidos bordados curtos e midi. Macacão bordado curto e longo. Contraste de cores

TÉCNICAS Uma coleção de bordados. Pedras resinadas, cristais, esferas, miçangas e vidrilhos reconstroem o movimento das células mutantes. Criação de texturas com lastex, enchimento e paetês. Uso de barbatana e cavalinha para estruturar as silhuetas

MATERIAIS Malha pesada estruturada, Malha Buclê texturizada, Neoprene, Tule e Paetês vazados criam transparência

CORES Branco contaminado pelas cores Rosa, Azul, Verde Água, Laranja e Nude

ACESSÓRIOS Ankle Boots bordada com pedras resinadas, cristais e esferas

gabriela-lotaif-10-457x6402° lugar – Gabriela Lotaif  (premio: Ipad + cursos livres na área de cultura da Faap)

gabriela-lotaif-11-457x640COLEÇÃO: Análise sobre Guerras

INSPIRAÇÃO Grandes Guerras , 100 anos da 1° Guerra Mundial, NYC Intrepid Museum , Uniformes

ELEMENTOS DE ESTILO Formas cargo, linhas dos uniformes reconstruídas. Bermudas, blusas e calças com punho. Relação entre o toque e a memória dos tecidos dos uniformes. Estampa camuflada e estampa portrait de pessoas, relação com a memória afetiva. Zíper largo aparente, linguagem street wear

TÉCNICAS Texturas, estampas, rasgados, puídos, destruídos, pregas e buracos

MATERIAIS Tecidos Planos, texturas na Malha Retilínea, Fios Lanosos com leve brilho

CORES Tons Terrosos e Cinzas

ACESSÓRIOS Óculos de piloto, Coturnos

vitor-fernando-5-457x6403° lugar - Vitor Fernando – (premio: Iphone)

vitor-fernando-6-457x640COLEÇÃO: Sereias do Índigo

INSPIRAÇÃO  Amas Japonesas, mulheres que na década de 20 mergulhavam praticamente nuas no oceano em busca de pérolas. A influência do índigo nas roupas dos imigrantes japoneses no Havaí no final do século XIX. O livro ‘Japanese Immigrant Clothing in Hawaii, 1885-1941’, de Barbara Kawakami. A roupa tradicional japonesa. A técnica japonesa de gravuras ‘Ukiyo-e’, típica do período Edo (1603-1868). A gravura “A Grande Onda de Kanagawa”, de Hokusai. As gravuras em tons de azul ‘Aizuri-e‘. Os livros de Madalena Cordaro Hashimoto. A arte têxtil de Rowland Ricketts

ELEMENTOS DE ESTILO A coleção é toda azul, tons de índigo. Elementos de estamparia: listras diagonais em alusão ao rio Sumida. Gueixas que dançam como os movimentos dos desenhos de Hokusai

TÉCNICAS Modelagens com a ideia do kimono, formas amplas, comprimentos variados do midi. A construção dos looks em camadas, como a técnica do ‘Ukiyo-e’ e a composição de 12 kimonos das mulheres da corte de Heian. Estamparia e tingimentos feitos à mão, pinceladas e manchas

MATERIAIS Tecidos de Seda usados no avesso, mistura de Seda com Bambu e Algodão Acetinado

CORES Branco, Bege e tons de Azul

ACESSÓRIOS Sandálias artesanais com faixas de linho e algodão

Este ano a novidade no Concurso Faap Moda foi o aplicativo “faap moda” (para apple e android).No aplicativo era possivel  navegar pelas coleções dos alunos participantes e votar naquela que mais gostar. Este voto faz parte da premiação do júri popular. Assim todos que estivessem assistindo on-line ou ao vivo ( TV Faap – no site da Faap) conseguiram votar.

maria-eduarda-5-457x640E a ganhadora do público foi: Maria Eduarda Vargas

maria-eduarda-6-457x640COLEÇÃO Ambiência Annlee

INSPIRAÇÃO O artista contemporâneo Pierre Huyghe, em especial a vídeo instalação ‘One Million Kingdoms’, de 2001. ‘A tensão da busca por uma identidade é o grande foco de um projeto colaborativo com o artista Philippe Parreno, ‘No Ghost Just A Shell’, que envolve também outros artistas e suas leituras. Em sua interpretação individual, Huyghe deriva um trabalho em que um personagem de mangá denominado Annlee é inserido em uma paisagem lunar. Ao som da voz de Neil Arsmtrong em uma narrativa histórica, a personagem vaga linearmente a procura de seu próprio eu’.

ELEMENTOS DE ESTILO Futurista, espacial, esportiva. Jackets, macacão frente única, casacos de lã e bicolores. Golas altas rígidas até o queixo. Calças saruel , calças ajustadas abaixo do joelho. Volumes, recortes gráficos como triângulos nas roupas, influência da paisagem lunar

TÉCNICAS Amarrações e ajustamentos

MATERIAIS Alfaiataria na parte de baixo, Lã Fria, detalhes em neoprene. Partes de cima em malha de Algodão, Lã, Couro e Neoprene

CORES Preto, Branco e Cinza ‘Astronautas que estiveram na lua relatam a penumbra, da terra a lua nos parece branca’ Azul em alguns detalhes

ACESSÓRIOS Capuz. All Star Rubber

Os looks a seguir estavam entre os seis selecionados

camila-copat-9-457x640camila-copat-10-457x640Camila Copat

Arquitetura Óssea

INSPIRAÇÃO Analogia entre o movimento da estrutura óssea do corpo humano e dos projetos arquitetônicos da iraquiana Zaha Hadid

Projetos modernos de arquitetura com formas que transmitem visualmente a impressão de movimento

Estruturas sustentadas de maneira funcional, cada vez mais similares com as estruturas ósseas do corpo humano

ELEMENTOS DE ESTILO Silhuetas estruturadas, com movimento e recortes localizados. Comprimentos curtos e calças justas

TÉCNICAS A modelagem das roupas constrói a ideia abstrata do movimento, com recortes de tecido, volumes e fluidez, recortes, vazados e sobreposições criam desenhos orgânicos

MATERIAIS Camurça, Couro e Tule

CORES Branco, Nude, Cinza Chumbo e Preto

MATERIAIS Camurça, Couro e Tule

ACESSÓRIOS Braceletes de Couro e Zíper de Metal Ankle Boots de Camurça com recortes

paula-navarro-6-457x640paula-navarro-7-457x640Paula Navarra

Desfiguração

INSPIRAÇÃO O filme ‘The Elephant Man’ do diretor David Lynch. O filme ‘Seconds’ do diretor John Frankenheimer. ‘A fragmentação da identidade contemporânea inviabiliza o Ser imutável. Sendo esse ponto de chegada sempre adiado, a busca do sujeito assume cores de angústia. Resta, portanto, o esboço’.

ELEMENTOS DE ESTILO A alfaiataria trabalha a forma e a contra forma, a roupa separa-se do corpo ao longo do desfile, uma cobertura, mostra e esconde. O comprimento principal é o mid

TÉCNICAS Caimentos sempre diferentes, um tecido rústico e outro brilhante, duas facetas, assim como o homem. Efeito distorcido, Efeito óptico. Forros vermelhos

MATERIAIS Lã de Camelo, Courinho e Buclê

CORES Mórbidos, Cinza, Roxo, Preto e Branco, Vermelho pesado e contrastante

ACESSÓRIOS Luvas. Botas com amarração. Parceria com Virgínia Barros Calçados

Assessoria de Imprensa: MSG Comunicação - Fotos: divulgação

PR - Estudante da UEL vence o concurso

worldfashion • 02/12/14, 10:55

262-sindvestprcriandomoda27112014fotobrunamoreschi-640x427

Na noite do dia 27 de novembro 2014, realizou-se o evento de premiação do 14º Paraná Criando Moda. com o juri composto por Enéas Neto, Heloisa Omini, Roberto Couto, Giulia Tesoriere, Valeska Fonseca Nakad e Wilsa Figueiredo tiveram a difícil tarefa de analisar os trabalhos de doze estudantes paranaenses, levando em conta critérios como qualidade da apresentação das peças, criatividade e adequação ao tema “Ceda à Seda”.

O tema deste concurso teve como objetivo, divulgar os tecidos e malhas de seda, que tem no estado do Paraná, a melhor e a maior produção de fio de seda do mundo e assim cada participante apresentou dois looks sob diferentes propostas, uma conceitual e outra comercial.Para o desenvolvimento de suas criações, eles contaram com até 10 metros do material. Tendo a seda por base, os jovens designers buscaram diferentes abordagens, valendo-se de referências que vão desde a natureza e anatomia do bicho da seda e seu casulo, até a história da produção do tecido no estado e as tradições inspiradas pelo material.

205-sindvestprcriandomoda27112014fotobrunamoreschi-640x427

A noite foi da estudante Nayara Souza Costa, da Universidade Estadual de Londrina (UEL) que conquistou o 1º lugar, com o prêmio de R$7 mil, uma visita à Werner Tecidos e um manequim de modelagem da Expor Manequins.

113-sindvestprcriandomoda27112014fotobrunamoreschi-640x427Dividiu o pódio com Alberani da Conceição (Universidade Tecnológica Federal do Paraná – Campus Apucarana), que faturou o 2º lugar e um prêmio de R$5 mil.

179-sindvestprcriandomoda27112014fotobrunamoreschi-640x427Leila Maria Fernandes Foggiato (Faculdade Tecnológica Senai de Curitiba), que ficou em terceiro lugar com o prêmio de R$3 mil.

dsc00223-640x5761

A seda é matéria prima abundante no Paraná e são os maiores produtores do Ocidente. São quatro mil famílias do estado, responsáveis por 92% da produção nacional de casulos de seda. A maior parte dessas famílias, cerca de 3 mil, se concentram em 29 municípios do Noroeste do Paraná, no chamado Vale da Seda, o maior polo de produção de casulos do Ocidente.

dsc00209-640x480

O projeto Instituto Vale da Seda, quer tornar a região uma verdadeira cadeia produtiva, que transforme a seda crua em produto final e multiplique a geração de riquezas, pois até o momento quase todo o fio produzido é exportado: um quilo de casulo de primeira qualidade, pelo qual o criador recebe cerca de R$ 13,00 rende até quatro echarpes de seda de R$ 90,00 cada. Grifes como Hermés, da França, utilizam a nossa seda desde 2006, desenvolvendo lenços que são vendidos a UU$600,00.

305-sindvestprcriandomoda27112014fotobrunamoreschi-640x427O  Concurso Paraná Criando Moda - Talentos da Moda Paranaense, destinado aos estudantes de moda, design e confecção do Estado, foi criado pelo SINDVEST em 2001 e nestes 13 anos foram  863 projetos inscritos, 140 estudantes selecionados e, até agora, 42 profissionais premiados. A primeira edição do concurso teve o objetivo de divulgar o trabalho dos estilistas no Paraná. Com o passar dos anos, o evento foi amadurecendo e se aperfeiçoando de modo que a cada edição o formato foi se moldando de acordo com as novas necessidades do mercado confeccionista paranaense. A partir da 4ª edição do Concurso, o evento passou a focar os estudantes e recém formados, a fim de valorizar a formação acadêmica, incentivar os novos talentos e mostrar aos empresários do setor a importância de ter profissionais habilitados em suas empresas. Deste então, o evento é destinado, exclusivamente, a estudantes de moda, confecção e design. Como todos os anos a realização foi do Sindvest (Sindicato da Indústria do Vestuário de Maringá) e Prefeitura Municipal de Maringá, contou com o patrocínio da CNI e SENAI, o apoio da FIEP, APL Cianorte\Maringá, do Maringá e Região Convention & Visitors Bureau, Instituto Vale da Seda, Werner Tecidos, Expor Mannequins Experts, Sebrae e O Diário Maringá.

Informações para Imprensa :[MAC] Maquinário Assessoria de Comunicação  - Fotos de Bruna Moreschi - divulgação