Brasileira é aprovada em curso do MIT na Austrália

worldfashion • 24/02/17, 14:03

site_o_amor-e_simples-640x3681A gaúcha Natália Pegoraro, sócia-fundadora do 1º e-commerce de vestidos de noiva com preço justo do Brasil, O Amor é Simples, está com as malas prontas para mais uma jornada internacional de educação empreendedora.

Ela vai participar do MIT Global Entrepreneurship Bootcamp em Brisbaine, na Austrália, em março deste ano. O processo seletivo avaliou mais de quatro mil inscritos e escolheu cerca de 70 pessoas de todo mundo para ocuparem as vagas limitada em Queensland University of Technology, considerado um hub global de inovação.

nati_01-640x426“A seleção foi bastante extensa, considerando questionários de avaliação pessoal e profissional, para ver se me encaixava com o programa, a cultura e a metodologia aplicadas no MIT.” – explica Natália.

O programa tem duração de uma semana, com mais de 16 horas/dia de atividade. O objetivo principal é formar grupos multidisciplinares de trabalho para criar uma empresa do zero, que tenha potencial de impactar 1 bilhão de pessoas em poucos anos. Os participantes terão acesso às ferramentas técnicas, metodológicas e mentorias para, ao fim, apresentar em forma de pitch para investidores reais.

Segundo a empreendedora, a oportunidade será fantástica para O Amor é Simples. “Temos grandes desafios para crescer e escalar, sem deixar de lado este pensamento global. Ter experiência e contato com as metodologias mais avançadas sobre empreendedorismo e business será um grande diferencial competitivo. O networking também será importante, tendo acesso a grandes mentores do MIT e de colegas vindos do mundo todo. Este universo só vem a somar com a forte rede que criei com o YLAI em toda a América Latina”, afirma a empresária.

pitch-ylai-detroit-640x480Em 2016, Natália esteve à frente de quatro mil inscritos no processo de seleção para o programa Young Leaders of the Americas Initiative (YLAI), idealizado e criado pelo Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. O programa selecionou 250 jovens líderes de 36 países da América Latina e Caribe, que ao longo de 40 dias entre outubro e novembro receberam mentorias, ouviram grandes líderes do mercado, participaram de workshops e tiveram experiências profissionais em diversas cidades norte-americanas.

Natalia Pegoraro junto com as amigas Janaína Pasin, Laís Ribeiro perceberam que havia um grande público feminino que buscava, assim como elas, vestidos de noiva não convencionais. Foi então que o projeto o Amor é Simples nasceu como uma solução, com o propósito de atender a esse nicho de consumidoras.

Desde 2014, o e-commerce tem se destacado por oferecer vestidos bonitos, elegantes, com modelagens simples e preços justos. A iniciativa tem foco na simplicidade, além de incentivar a mão de obra brasileira e a produção artesanal. O sucesso da marca apresenta-se em números e conquistas. A  startup fechou o ano com crescimento de 230% em faturamento em relação a 2015.

Em janeiro de 2017, as sócias do O Amor é Simples participaram do reality Shark Tank Brasil, do Canal Sony. Entretanto, não conseguiram o investimento, mas afirmam que ouviram conselhos importantes e fundamentais para alavancar ainda mais o negócio. “Não é sempre que temos a chance de ficar cara a cara com os maiores empreendedores do país, e essa é uma experiência que nos desafiou e agregou muito. Só de termos sido selecionadas, de ter  a chance de levar nosso projeto ambicioso para todo o país, já valeu a pena, começamos 2017 com motivação lá em cima” afirma Natália.

da redação do WORLD FASHION    Assessoria de Imprensa: Debom Comunicação   Fotos: divulgação

MAURÍCIO PINA na passarela do samba

worldfashion • 03/02/16, 09:03

mocidade-alegre-04-640x429

Diretor artístico da maior rede de Salões de Beleza do país - Jacques Janine - e da Intercoiffure, importante Associação Internacional de Cabeleireiros, Maurício conhece e se reconhece um apaixonado pelo Carnaval, à medida que interpreta cada destaque de suas escolas de coração, nos fantásticos carros alegóricos que abrem cada desfile. Da criação ao desenvolvimento dos temas, Pina investe em seus personagens e, tal e qual os integrantes de cada agremiação, ele se prepara o ano inteiro, pesquisando, estudando, até botar a mão na massa, porque artista que se preza sabe fazer e revisar tudo.

Grande destaque das passarelas do samba do Carnaval de São Paulo e do Rio de Janeiro, o hairstylist MAURICIO PINA,chega ao Carnaval 2016 emprestando, pelo 29.o ano consecutivo, toda a sua arte e criatividade para 4 escolas de samba, cumprindo seu compromisso e exercitando toda a sua paixão pelo maior “espetáculo da terra”.

rosas-de-ouro-01-429x6401No Carnaval de São Paulo, Maurício no Abre Alas já na primeira noite de 5/2, à frente da ROSAS DE OURO, que desfila ás 02h30, com o enredo: “Arte a flor da pele. A minha história vai marcar você” virá como: “OTIZ, a Marca Ancestral”. Representando o homem primitivo ele abre o desfile interpretando o começo de tudo quando os aborígenes se serviam de rituais utilizando dentes animais, ossadas de mamute, lascas e pontas de pedras, tudo que enfatizasse suas crenças. A fantasia criada por ele, utilizou penas de faisão, pavão e avestruz amarelas iluminan o esplendor e Pina não esqueceu nenhum detalhe que valorizasse seu OTIZ: nem dentes, nem crânios, nem ossadas e nem peles.

mocidade-alegre-01-429x640No sábado, 6/2, Pina no Abre Alas da morada do samba, para a MOCIDADE ALEGRE,  que entra na avenida à 01h45, com o enredo “AYO, a Alma Ancestral do Samba” com a fantasia “AYO, A Energia Ancestral”. Numa profusão de tons de laranjas e vermelhos pincelados através de: penas de faisão, de avestruz, de pavão albino e de galinha d’angola, com aplicações de cerâmica, a fantasia impacta ao procurar traduzir toda a alegria e felicidade de AYO, orixá do som e da música, que extraído da força do tambor, o mais puro fundamento do samba.

estacio-de-sa-03-429x640Seguindo para o Rio de Janeiro, Mauricio Pina faz sua estréia na ESTACIO DE SÁ, escola que desfila no domingo 7/2, às 21hs, com o enredo: “Salve Jorge, o Guerreiro na Fé”. E Pina surge esplendoroso em mais um ABRE ALAS com a fantasia: “Salve Jorge Leão”. O Leão, símbolo maior da Estácio de Sá, vestindo com uma armadura do Santo Guerreiro, santo de todas as crenças, de todas as sociedades e raças. E Jorge Leão entra vigoroso e iluminado na concepção de Pina que, utilizou penas de Ema torcidas,  pavão e faisão em tons de vermelho, laranja e celeste, incorpora o Padroeiro de varios países e povos, demonstrando a força do Leão e de Jorge Guerreiro.

salgueiro-02-429x640E fechando a maratona carnavalesca de 2016, Mauricio Pina desfila na segunda-feira, dia 8/2, para a ACADÊMICOS DO SALGUEIRO, que entra na avenida às 22h30, com o enredo: “Ópera dos Malandros”, e onde Maurício estará no 4.o carro, O CASSINO, com a fantasia: “Jogatinando com a Sorte. Coringa, o Malandro do Jogo”. Lindíssima e impactante nos tons de negro e vermelho, Pina não economizou em penas de pavão e de faisão negras, em profusão, finalizadas com ponteiras de cisne brancas, que transformaram o seu Coringa Malandro na figura mais charmosa, deslumbrante e divertida dessa ópera, entre dados, cartas e roletas.

Da redação WF                          fonte: Solange Motta Comunicação e Marketing                                         fotos divulgação de: RonaldoRodrigues e Celso Meirelles / make: Regina Maura (Jacques e Janine)

GUIA DE NEW YORK BY FERNANDA CALFAT

worldfashion • 26/10/15, 10:02

making-of-fernanda-keulla-by-fernanda-calfat-03-550x638Há dois anos a fotógrafa brasileira Fernanda Calfat, amiga e parceira da revista WORLD FASHION de longa data, mudou –se para Nova Iorque, para trabalhar com o que mais gosta: clicar campanhas, moda e urban lifestyle.

imagem-5-300x2241Durante esse período, conheceu cada canto, mistério e surpresas que a “cidade que nunca dorme” oferece a turistas e população. A intimidade com a cidade resultou em um guia muito especial, baseado nas experiências da fotógrafa – e sua prima Nydia Masini Calfat - na cidade.“É realmente impossível ficar indiferente à energia e diversidade de oportunidades que se encontra aqui. Eu e Nydia resolvemos dividir nossas dicas para quem quer aproveitar intensamente sua viagem, seja a turismo, lazer, trabalho, compras ou tratamentos médicos”, conta Fernanda Calfat.imagem-1-300x1961

O objetivo do guia é ser um amigo insubstituível para quem está visitando a cidade. “Todas as dicas que damos foram selecionadas e testadas por nós. Não é um guia de referências; é um guia de experiências”, diz a fotógrafa. Entre os destaques do guiadeny, uma série de endereços úteis para quaisquer imprevistos – médicos, dentistas 24h, como dar entrada em hospitais, advogados, maquiadores, personal shopper, personal stylist, sapateiro, entre outros. Há dicas e serviços para quem pretende, por exemplo, dar uma festa na Big Apple: DJ’s, catering, aluguel de espaços, fotógrafos, videomakers, bolos, doces, salgados brasileiros.

pauloborges_fernandacalfat_nydiamasinicalfat-001-640x427O www.guiadeny.com foi lançado recentemente no Brasil com a presença de jornalistas e e personalidades da moda, durante o último SPFW São Paulo Fashion Week. As duas empreendedoras lançam duas versões de aplicativos do guia: o Guia de NY é grátis e está disponível na Apple Store e Google para download. Também existe uma versão mais VIP, o NYUP2U, ao custo de U$1,99, traz as Top Dicas de Fernanda e Nydia. Quer alugar uma escuna ou fazer uma festa embaixo d’água? Elas mostram como. Aguardem nova plataforma interativa do APP…!

Por Yuko Suzuki   Fotos: Divulgação

Pop Phones

worldfashion • 25/06/14, 17:26

images-1

Inventado pelo francês David Turpin, em 2010, o Pop Phone é um acessório que simula o alto-falante de um telefone antigo, e pode ser acoplado em celulares, computadores e tablets para ser usado como fone de ouvido, no melhor estilo vintage. Das estrelas de Hollywood às socialites brasileiras, várias celebridades do mundo inteiro já utilizam essa nova peça retrô.

A Native Union produz, os famosos Pop Phones, entre outros produtos, no Brasil  são comercializados com exclusividade pela 5 Senses, que iniciou algumas ações com jornalistas e blogueiras de várias cidades pelo pais, para apresentar modelos únicos, que irão ter assinaturas exclusivas.

Para manter o interesse do público e criar ações diferenciadas dos produtos, segundo Andrea Araújo Pupelis proprietária da 5 Senses, “convidamos algumas jornalistas / blogueiras para customizar alguns modelos e com isso criar uma assinatura única para cada produto.

pop-phone-2

Em Natal (RN) a escolhida foi à jornalista e blogueira Roberta Pimenta – Universo Moda (ela representa a região Nordeste), que tem mais de 20 anos de experiência com moda, atuando também como produtora, palestrante e professora. Ela customizou o seu Pop Phone com o símbolo da pimenta, que esta presente em tudo que faz e virou o Pimenta Pop Phone Black LQ com Swarovisk.

O pop Phone é uma espécie de gancho de telefone aqueles antigos, típico gancho de orelhão é isso mesmo e ele pode ser acoplado em celulares, computadores e Tablets. Quem assistiu a série “Mulheres Ricas” pode observar que a socialite Narcisa Tamborindeguy, aderiu ao Pop Phone na cor Rosa Pink. Quem é apaixonada pelos produtos da Apple, Iphone e Ipad, pode ficar tranquila, pois o Pop Phone funciona em qualquer aparelho, basta ter entrada para fone de ouvido e você ainda pode usar em conversas via Skype, assim suas conversas ficam mais discretas.
10478815_739900952718406_731745471_n1

O fone de ouvido retrô, lançado pela empresa Native Union, promete bloquear 99% das radiações emitidas pelo celular. Além disso, ele funciona exatamente como um telefone antigo, com alto-falante e microfone, e promete melhorar as ligações.

Possui um moderno sistema de alto-falante e microfone, além de sistema de redução do ruído que melhora a qualidade da chamada e permite a você ter acesso a todas as funções de uma chamada normal.

Compatível com qualquer aparelho que possua uma conexão P2 com plugue de 3,5mm (tradicional entrada para conectar fones de ouvido) o Pop Phone é ideal para ser usado também com o Skype, Google Talk e aplicativos Voip.

Na foto ao lado Vick Sant’Anna e seu Pop Phone Leopard Swarovski

Mais informações pelo : 0800 777 8208.

Fotos divulgação

A ABIT tem novo presidente

worldfashion • 17/12/13, 10:41

cid_d1699e19-8c25-4535-ac83-87b0bcc5d47d1

O empresário Rafael Cervone Netto, 45, foi eleito presidente do Conselho de Administração da Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit), para o triênio 2014/2016, inicia seu mandato no dia 1º de janeiro de 2014.
Cervone Netto é Engenheiro Têxtil formado pela Faculdade de Engenharia Industrial – FEI. É 1º Vice-Presidente do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo – CIESP, Presidente Emérito do Sinditêxtil-SP, Membro do Conselho da Abit e, ainda, Diretor Executivo do Texbrasil – Programa de Internacionalização da Indústria da Moda Brasileira mantido pela Abit e pela Apex-Brasil.
“É com imensa satisfação que assumo a presidência de uma entidade tão relevante para a indústria brasileira, como é o caso da Abit. Os desafios são grandes, assim como será o nosso empenho em defender, inovar e incrementar ainda mais o nosso setor têxtil e de confecção”, afirma.
Composto por 50 membros, o novo Conselho terá como vice-presidentes, pela ordem, os empresários Ricardo Steinbruch (Vicunha), Vicente Donini (Marisol) e Francisco Ferraroli (Rhodia). A chapa eleita também é formada por sete conselheiros vice-presidentes, três conselheiros secretários, três tesoureiros e outros 33 conselheiros, além de outros seis empresários que compõem o Conselho Fiscal. Paulo Skaf, Josué Christiano Gomes da Silva e Aguinaldo Diniz Filho são presidentes Eméritos da Associação. O novo presidente também escolherá os nomes que formarão o Conselho Consultivo.

Marc Jacobs deixa a Louis Vuitton

worldfashion • 02/10/13, 15:54

000_par7673876O estilista Marc Jacobs (Foto: AFP PHOTO/MARTIN BUREAU)

O presidente do grupo de luxo LVMH, Bernard Arnault, confirmou nesta quarta-feira (2) ao jornal americano Women’s Wear Daily (WWD) que o estilista Marc Jacobs deixará a marca Louis Vuitton.

O americano Jacobs, que apresenta nesta quarta-feira sua última coleção, trabalhava há 16 anos para a Louis Vuitton, marca que pertence ao grupo LVMH.

A informação foi confirmada ao WWD por Marc Jacobs e seu sócio Robert Duffy.

Marc Jacobs deixa a Vuitton para dedicar-se aos próprios negócios e está preparando a entrada na Bolsa de sua própria marca, segundo o WWD. A marca de Jacobs pertence, em conjunto, a LVMH, Robert Duffy e ao estilista.

O sucessor de Marc Jacobs ainda não foi anunciado, mas o nome mais cogitado é o de Nicolas Ghesquière, que deixou a Balenciaga (grupo Kering) em novembro de 2012, após 15 anos de colaboração.

Fonte: France Presse

Jovem paulistana é finalista

worldfashion • 17/09/13, 16:32

foto-2

Depois de desbancar candidatos de todo o mundo e passar pela semifinal, a paulistana Hanna Lucatelli, de 22 anos, está entre os quatro finalistas do Concurso LYCRA® Future Designers, integrante da premiação WGSN Global Fashion Awards. A INVISTA, detentora da marca LYCRA®, divulga os indicados da categoria, na qual além da brasileira, concorrem: Lucy Gardener do Reino Unido, Patricia Clariza dos Estados Unidos e Han Zhongshu da China.

Para a jovem, estar entre os finalistas é uma oportunidade para se destacar. “A cada ano, mais jovens optam por estudar moda, é a profissão da vez. Isso gera uma concorrência absurda e uma verdadeira luta por uma vaga no mercado, por isso estar entre os quatro finalistas em todo o mundo de um concurso como esse é um grande diferencial”, explica.

“Só o fato de estar no Global Fashion Awards em meio aos maiores nomes da moda no mundo já é uma coroação por todas as noites em claro e por tudo que lutei pelos meus projetos.  É preciso ter paixão e entrega em tudo”, completa.  Hanna apresentou uma coleção moda praia, com maiôs e biquínis estruturados, e uma cartela de cores minimalista, com preto, branco e cinza. Ela vai representar o Brasil na categoria que busca revelar o novo talento da moda mundial.

hannalucatelli21

Nos trabalhos que enviou para o Concurso, Hanna se inspirou em um longo estudo sobre arquitetura contemporânea, com foco no chinês Ma Yansong. Além disso, traz como inspirações a estilista belga Iris Van Herpen, a chinesa Yiqing Yin e o pintor espanhol Salvador Dalí. “Ele me inspira a pensar fora do comum e a entender que causar um certo estranhamento é necessário; tudo o que é novo e inesperado gera desconforto”, explica.

Os primeiros desenhos de moda praia começaram como uma obrigação, na faculdade – o Instituto Europeo di Design, IED. “Eu me apaixonei pelas dificuldades do beachwear. Fui desafiada a imprimir minha identidade e um conceito a uma peça pequena e cheia de limitações”, conta Hanna. Para o futuro, a jovem estilista quer ter a própria marca feminina de moda praia, com foco no mercado de luxo.

Carta Aberta de Claudio Silveira - diretor do DFB

worldfashion • 30/08/13, 15:44

imagescajwlc7y1 Sou um operário da moda brasileira. Sou, acima de tudo, um entusiasta, um sonhador e alguém que consegue manter-se com fé na nossa legitimidade. E foi para manter a moda na pauta que, há 15 anos, lançamos o primeiro Dragão Fashion Brasil, hoje principal evento de moda autoral do País.

Graças a sólidas parcerias, esse grande encontro da moda brasileira transcende o próprio formato inicial - restrito a desfiles - e estende seus tentáculos para as mais diversas áreas da cultura e da capacitação para a própria indústria da moda.

Incrustado em plena capital do Ceará, o DFB é um festival composto por ciclos de palestras com nomes vindos de todo o mundo; concursos de criação envolvendo Faculdades e Cursos de Estilismo e Moda Brasil afora; atividades de capacitação direcionadas para o segmento têxtil e confeccionista; exposições que ajudam a contar a história de nosso povo a partir das leituras diversas da moda. É, enfim, a celebração do nosso jeito de ser, de perceber e de retransformar a nossa realidade, utilizando a força criativa como moto contínuo de nossa batalha.

Há 15 anos, o Dragão Fashion Brasil mantém-se fiel a seu DNA e, mesmo à sombra de uma crise econômica internacional, continua reforçando seu caráter legitimamente brasileiro.

E é em nome do DFB que gostaríamos de dividir algumas reflexões, motivadas, principalmente, pelos acontecimentos que marcaram os últimos dias e que merecem uma discussão mais aprofundada por todos os setores.

O vento está a favor. Mas como navegar em uma barca que parece furada?

Na ltima semana, grandes criadores/marcas brasileiras (Pedro Lourenço, Alexandre Herchcovitch e Ronaldo Fraga) receberam autorização para captação de recursos via Lei Rouanet.

Promulgada em 1991, a Lei Rouanet tem por missão facilitar o acesso do povo à cultura e fomentar o mercado cultural, através de isenções de tributos para patrocinadores. A primeira questão que surge, no caso acima citado, é a contrapartida efetiva que as três marcas beneficiadas podem apresentar para a cultura do nosso país: o projeto de Pedro Lourenço prevê a captação de até R$ 2,8 milhões para dois desfiles em Paris; o de Alexandre Herchcovitch, R$ 2,6 milhões para se apresentar em Nova Iorque; já Ronaldo Fraga poderá captar até R$ 2 milhões para apresentar duas coleções em solo brasileiro, no São Paulo Fashion Week, inspiradas em Mário de Andrade, João Cabral de Melo Neto e no artesão do Cariri, Espedito Seleiro.

Na contramão das marcas acima citadas, o Dragão Fashion Brasil vale-se de ferramentas como a Lei Rouanet para, captando muito menos que os valores em questão, realizar, em cada edição, mais de 30 desfiles (nacionais e internacionais), bem como palestras, exposições e toda uma infraestrutura para abrigar convidados, imprensa e pblico em geral, já que os desfiles são gratuitos. Envolvemos, dessa maneira, a população, a indústria e setores afins, como o comércio, o turismo e a cultura.

Não pretendemos entrar no mérito de cada marca ou em seu valor para a representatividade de nossa indstria sucateada. Nem mesmo expor indignação ao constatar que o valor autorizado para captação chega a ser quase 6 vezes maior que o necessário para a execução dos projetos com excelência.

O que pretendemos discutir é a situação atual de um mercado combalido e, quase sempre, à revelia de uma relação mais justa para com o Governo e suas tributações.

Em paralelo à polêmica anterior, os números apresentados na edição 2013 do Anuário da Moda do Ceará* são animadores: previsão de crescimento de 7,1% em volume para o setor de calçados; 4,6% para o segmento têxtil, incluindo fios, tecidos e malhas; e 8,3% para o setor de artigos confeccionados.

Ainda de acordo com o levantamento, o número de empresas têxteis e confeccionistas saltou, entre 2008 e 2012, de 1.441 para 1.704 - aumento de 18,2%. Os empregos formais gerados pelo segmento no Estado já chegam a 64,9 mil.

Pelo menos no papel - e os nmeros sinalizam isso -, a indstria da moda cearense diverge bastante da realidade nacional, em que o segmento têxtil mingua a cada ano, perdendo espaço a cada dia para a informalidade.

Mais respeito, por favor!

Precisamos, urgentemente, reavaliar os critérios para aprovação dos projetos; a paridade é um item legitimado pela própria Lei Rouanet - ou seja: qualquer um, inclusive pessoas físicas, está apto a solicitar esse tipo de fomento para seus projetos - que deve ser discutido é a relevância das propostas apresentadas e o retorno social ou cultural que ela pode representar. Afinal, é para isso que nossos impostos devem ser direcionados. Parafraseando o posicionamento do site “Trendcoffee.cc”, acreditamos ser função do Governo “regular mercados e possibilitar ao produto nacional seu desenvolvimento e expansão, seja através de linhas de crédito disponíveis, manutenção de câmbio, regulamentação do setor ou isenção fiscal”.

Por isso a importância de tornarmos cada vez mais transparentes e claros todos os processos que envolvem projetos que visam o estímulo a esse segmento fundamental para o crescimento do próprio país.

Há 15 anos, o Dragão Fashion Brasil mantém-se na trincheira dessa luta: profissionalizando o mercado; proporcionando visibilidade para novos talentos; levantando a discussão e o debate em torno da nossa indstria.

Esse é um momento de mudanças estruturais em todas as camadas do nosso país. Moda, mais do que um exercício criativo, é um negócio e, como tal, merece o respeito e a consideração empregados a outros setores de nossa economia.

Para que continuemos a gerar milhares de empregos; a contribuir com milhões em impostos; e a alimentar o sonho e o desejo de uma economia atordoada por décadas de desrespeito, amadorismo e má vontade.

Nossa luta é legítima; nosso grito, pertinente. Merecemos ser ouvidos não por caridade, mas por relevância.

Diante dos fatos, gostaríamos, em nome do Dragão Fashion Brasil, de abrir um canal direto com os meios de comunicação, para que possamos trazer essa discussão sobre a realidade da indústria do Ceará e do Brasil, aproximando-a para todas as esferas da sociedade civil.

Guilherme Fernandes - Assessor de comunicação do Dragão Fashion Brasil

Fotos: divulgação

*Fonte Anuário da Moda do Ceará | Instituto de Estudos e Marketing Industrial - IEMI

imagescavb0acm1imagescacswh011

Uma Thurman no Calendário Campari 2014

worldfashion • 30/07/13, 17:59

blog1

Ícone do cinema, Uma Thurman é a garota da capa do Calendário Campari 2014 que chamará  ‘Worldwide Celebrations’ – cada mês terá como tema um festival de uma cultura de uma diferente parte do mundo. Com este tema inspirador, a Campari pretende destacar a globalização das culturas e fazer uma releitura de cada celebração com sua essência apaixonante, elegante e carismática.

Koto Bolofo foi o fotógrafo escolhido para clicar o prestigiado Calendário Campari, agora em sua 15ª edição. Ele nasceu na África do Sul, cresceu na Inglaterra e hoje mora na França – um verdadeiro cidadão global, o que permite que ele entenda muito bem o tema do Calendário. Bolofo é conhecido por seus retratos extremamente fortes, sessões de fotos de moda inovadoras, e seus inúmeros filmes de curta-metragem. Ele já fotografou para diversas publicações famosas como Vogue, Vanity Fair e GQ, e já criou campanhas publicitárias para marcas do mercado de luxo como Louis Vuitton e Dior.

Divulgação: XComunicação

Foto: divulgação

Costanza Pascolato estrela do Shop2gether

worldfashion • 22/07/13, 14:29

cid_ii_1374244950_1285581738

O online marketplace Shop2gether, que reúne e-commerces das principais marcas de moda nacionais e internacionais, continua a campanha Love2share, em que convida o público a demonstrar diferentes formas de sentimentos positivos.

Após Helena Bordon e Carol Celico, que falaram de amor no Dia dos Namorados, Costanza Pascolato estrela o vídeo sobre cordialidade para o Dia do Amigo.

Na peça, a empresária e consultora de moda fala sobre o assunto e distribui gérberas – que significam sensibilidade, nobreza e simplicidade – a pessoas de seu dia-a-dia.

“Para mim, a cordialidade é uma espécie de sincera gentileza. Sincera porque você realmente se interessa pelo outro, quer ser agradável sem interesse, amigável para deixar o outro à vontade nesse complicado network que são os relacionamentos hoje. E a afabilidade deixa todos mais felizes”, declarou Costanza durante a gravação.

O vídeo estará disponível  em www.shop2gether.com.br.

Divulgação: Index – Estratégias de Comunicação