EVENTOS

worldfashion • 23/09/21, 17:36

befw_brand_dona-rufina-640x402Os eventos estão voltando, alguns ainda ONLINE e outros já presenciais com os devidos ajustes, conforme os protocolos em relação à Covid-19, entre elas um destaque: pela primeira vez o evento BEFW com algumas marcas, participam da Semana de Moda da América Latina, durante o Milan Fashion Week, em São Paulo acontece no formato Fashion Filmes do BEFW mostra das coleções de marcas. Em Maceió/Alagoas acontece o evento Renda-se – I Mostra de Moda Alagoana, etapa 2021, que revelará 10 jovens revelações. Em Colatina/Espirito Santo o V Denim Meeting com o tema “Transformação e conexão: inovar é um ato de sobrevivência”.

BRASIL ECO FASHION WEEK

befw_kfbranding-woolmay-mayden_foto-feliperomaofotografiaevideo-242-427x640A primeira Semana de Moda da América Latina dedicada exclusivamente à indústria da moda sustentável - a Brasil Eco Fashion Week - BEFW - rompe fronteiras e realiza sua quinta edição, hoje 24 e amanhã 25 de setembro de 2021 no Jardim Botânico de Brera, em Milão, na Itália. O evento acontece durante a Milan Fashion Week em parceria com a Fashion Vibes.

juliaPara Yulia Palchykova, diretora do Fashion Vibes, realizadora da mostra BEFW em Milão, a criatividade da moda brasileira deve chamar a atenção do mercado internacional. “O Brasil é rico em matérias-primas, mas também em criatividade baseada na diversidade cultural. É um país com visão única de mundo e nosso objetivo é evidenciar o desenvolvimento nesta direção, promovendo designers que valorizam em suas coleções as suas raízes, a sua cultura e incrível energia”, disse.

rafael-moraes-credito-agenciafotositeA BEFW chega à Milan Fashion Week com o objetivo de expor produtos, conteúdo conceitual e narrativas de uma moda limpa, justa e inclusiva, onde todas as marcas apresentadas têm compromisso de gerar desenvolvimento social e econômico em suas comunidades. “Moda sustentável vai além de minimizar impacto ambiental. Impõe postura ética na cadeia de suprimentos. O conceito é projetar e fabricar produtos cuidando das pessoas envolvidas. Sem compromisso social, não faz sentido esta denominação”, ressalta Rafael Moraes, diretor executivo do BEFW.

Fundada em 2017, a BEFW tornou-se referência como semana de moda e oportunidade de apresentar uma notável diversidade de matérias-primas e promover diálogos corporativos sobre processos produtivos com uso de novas tecnologias. “Além de dar visibilidade para as marcas de moda socialmente responsáveis do Brasil, a ideia do nosso evento a cada ano é fazer um debate aprofundado, distribuir informação, propor novos modelos de negócio com adoção de práticas éticas e responsáveis na indústria têxtil e nos mercados da moda”, completa Rafael Moraes.

Entre 2017 e 2020 o BEFW desempenhou um papel importante ao reunir 150 marcas de roupas, calçados, acessórios, além de fornecedores de insumos e soluções circulares (reduzir, reutilizar e reciclar) e têxteis inovadores para desenvolvimento de novos produtos. Entre palestras e workshops, envolveu falantes nacionais e internacionais da indústria da moda sustentável, um setor que deve crescer US $ 9,81 bilhões em 2025. Em 2030, esse número deve chegar a US$ 15,17 bilhões, de acordo com relatório da The Business Research Company. (https://www.thebusinessresearchcompany.com/report/ethical-fashion-market).

Coleção IPÊS DO BRASIL: DO CERRADO AO SERTÃO

befw_brand_natural-cotton-color_01-427x640Marca NATURAL COTTON COLOR

Conhecida por promover o arranjo produtivo local que tem início no cultivo do algodão colorido da Paraíba, no Nordeste, passando pela inovação no setor têxtil até a criação de roupas slow fashion. O algodão colorido, com certificado internacional de produto orgânico, já nasce nas cores bege, marrom e verde sem irrigação e sem tingimento, gerando uma economia de 87,5% de água na cadeia produtiva. Para elaborar as peças, a marca entrelaça o artesanato e o design cuidar da cadeia de produção, além de agricultores, mulheres artesãs reunidas em associações. A coleção dá destaque para o Ipê, árvore símbolo do Brasil, e apresenta novos tecidos como o Denim, o jacquard de algodão com seda e tecido de fios que fundem o algodão com resíduos de seda e de linho.

Coleção LITORÂNEA

befw_brand_ole-rendeiras-catarina-mina_amelia_uchoa_corrego-640x427Projeto Olê Rendeiras - Marca CATARINA MINA

A marca lança o olhar sobre a renda de bilro, tipologia têxtil artesanal em extinção. O projeto ‘Olê Rendeiras’, que embasa a coleção, reúne mais de 100 mulheres do Trairi, no litoral oeste de Fortaleza, no estado do Ceará, região Nordeste do Brasil. Desta forma, a proposta é fazer da moda a geradora de renda para essas mulheres guardiãs do patrimônio cultural.

A coleção se inspira na praia da região e exprime a nostalgia do mar e o ritmo sutil e inexorável das ondas. A marca destaca que a renda de bilro é memória, mas principalmente futuro, para tecer sempre, ensinar o ofício a quem está chegando agora. É um caminho possível para uma nova geração de mulheres artesãs.

befw_brand_helena-pontes_2Coleção HELENA PONTES

Marca HELENA PONTES

A marca Helena Pontes apresenta peças em tecidos de fibras naturais, como linho, seda e algodão orgânico e design inspirado na própria brasilidade, desta vez, inspirando-se na cultura indígena. Helena Pontes tem sede no Rio de Janeiro, no Sudeste brasileiro. Os acessórios foram desenvolvidos em parceria com cooperativas da região amazónica, no Norte, e artesãs de Brasília, capital do Brasil, na região Centro-Oeste. Os tecidos foram estampados em colaboração com artistas e designers brasileiros utilizando técnicas de impressão digital, com tintas biodegradáveis certificadas e à base de água.

befw_brand_eneas-netoColeção CYANOCORAX 2022

Marca Enéas Neto

A marca Enéas Neto trabalha em Paranavaí, Estado do Paraná, sul do Brasil, com modelagem Zero Waste. A coleção foi criada a partir do estudo morfológico de algumas aves. Tecidos como seda, linho, algodão reciclado e fibras celulósicas foram escolhidos para que as peças clássicas, utilitárias e estruturadas pudessem remeter ao desejo de voar alto e espalhar boas sementes como a lenda da Gralha Azul (Cyanocorax caeruleus). A ave é símbolo do Estado do Paraná, origem da marca.

befw_brand_donarufina01-427x640Coleção VERISSIMAS - Apenas showroom (não desfila)

Marca DONA RUFINA

Dona Rufina resgata a lã da região Sul do país para reinserir a matéria-prima no mercado de moda e design com a participação de mulheres locais para a preservação a tradição cultural dos pampas. A marca atua nos pampas gaúchos, no estado do Rio Grande do Sul, desde o beneficiamento da lã, passando por todas as etapas de transformação e formatos de comercialização: mechas, fios e feltragem, além da criação de produtos.

A coleção de bolsas e acessórios é uma homenagem às mulheres fortes do Brasil descritas pelo escritor brasileiro Érico Veríssimo.

Coleção “BRILHANTISMO NA SALA DE ESTAR”

befw_kfbranding-woolmay-mayden_foto-feliperomaofotografiaevideo-377-427x640Marcas KF Branding collab Woolmay Mayden

A marca localizada em Porto Seguro, Estado da Bahia, na região Nordeste do país, faz da moda uma ferramenta de empoderamento. Nesta coleção, recheada de estampas de cores intensas, une-se a Woolmay Mayden, a famosa modelo haitiana, para desenvolver uma proposta única e atemporal. Como tema da coleção, negros que inspiram e transformam, pessoas que trazem consigo histórias de força e enfrentamento que as levaram ao protagonismo e ao sucesso. O brilhantismo, por sua vez, indica que aquele que é visto transforma por amor e ama porque transforma.

As receitas obtidas com a venda das peças da coleção apresentadas no desfile em Milão serão leiloadas e o valor arrecadado será destinado para o Centro de Apoio à Criança Carente com Câncer - CACCC.

Coleção The West Blessmann Line

Marca RICO BRACCO

Situada em Caxias do Sul, no Estado do Rio Grande do Sul, região Sul do Brasil, a marca tem como base o linho e valoriza a mão de obra local resgatando técnicas artesanais tidas como patrimônio imaterial - comunicando um fragmento da história do período da imigração italiana na região. A coleção faz um chamado ao estilo de vida desacelerado, fomentando as artes e suas formas de expressão, disseminando o amor pela simplicidade.

Coleção O CAFÉ E SUAS CORES

befw_kfbrandingwoolmaymayden_sala_de_estar_rikko-5-441x640Marca LIBERTEES

O Brasil hoje ocupa o 4º lugar no ranking de países com mais mulheres em situação de cárcere no mundo. É a partir da moda que a Libertees cria oportunidades e um novo sentido à vida das mulheres privadas de liberdade em Minas Gerais, região Sudeste. Desde 2013 a Libertees atua em parceria com o sistema prisional local e já ofertou mais de 134 mil horas de profissionalização e remuneração, com o objetivo de reinserí-las no mercado de trabalho após o cumprimento da pena.

A coleção Libertees é inspirada na flor do café, que, com sua delicadeza e força evoca a gentileza da figura feminina, mas também a resiliência de vida.

De 26 a 29 de setembro no formato Fashion Filmes, pelo canal Brasil Eco Fashion Week as marcas apresentam suas coleções online

PROGRAMAÇÃO BRASIL

26/09 – Domingo - 18:30 - Coletivo Trama Afetiva com uma série de roupas com guarda-chuvas recuperados do aterro sanitário para falar de regeneração da vida e diversidade de corpos e corpas LGBTQ+. Dando seguimento às pesquisas iniciadas em 2020 sobre a cocriação de vestíveis a partir de náilon de guarda-chuvas recuperados do aterro arara-xestal-01-360x640sanitário por catadores e catadoras da Unidade de Triagem do Campo da Tuca (Porto Alegre), a Trama Afetiva se fortalece como coletivo de cocriação dirigido por Jackson Araujo em parceria com Thais Losso, Jorge Feitosa e Itiana Pasetti, trio de designers-tutores que se empenha em encontrar soluções que garantam à matéria-prima uma vida útil fora do aterro sanitário por meio de peças modeladas com resíduo zero e sem utilização de insumos extras que não seja o próprio náilon utilizado para a construção das roupas.

“Sabemos que todo lixo é um erro de design, portanto, estamos evitando uso de elásticos e zíperes, por exemplo, para garantir às peças uma característica lixo zero e que no final da vida útil ela seja facilmente desmanchada e possa ser inserida novamente na cadeia produtiva. Tendo assim roupas circulares, evitando que a peça se torne um lixo novamente”, diz Itiana Pasetti, que faz parte da Trama Afetiva desde sua criação, em 2016, como um coletivo interessado em encontrar soluções para os resíduos da indústria têxtil a partir do upcycling.

Para Jorge Feitosa, que está na Trama Afetiva desde 2018, o principal desafio é a modelagem que não gera resíduos. “É sempre um exercício de muita inteligência e técnica pensar em peças de modelagem que aproveitem totalmente os guarda- chuvas, visto que originalmente eles têm formato circular, em gomos enviesados”.

flores-astrais-look-02-360x640“Conseguimos retirar 103 guarda-chuvas do aterro sanitário em apenas uma só peça, um maxipullover”, celebra Thais Losso, a designer que estreou na Trama Afetiva em 2020, e traz para o grupo um desafio que já começa a se estabelecer como meta: o crochê e o tricô a partir da transformação de guarda-chuvas em tiras a serem utilizadas nas técnicas de manualidades, acrescentando ao processo regenerativo o lado humano do fazer artesanal brasileiro.

“Dessa vez, buscamos criar peças menos conceituais do que as lançadas em 2020 na Brasil Eco Fashion Week. Nosso objetivo é colocar as peças para venda por meio de lote, uma prática já aplicada pela Revoada, plataforma criativa de soluções para resíduos dirigida por Itiana Pasetti, que traz para o núcleo criativo da Trama Afetiva, suas pesquisas sobre o náilon de guarda-chuvas, abrindo sua nailónteca para novas soluções a partir das nossas técnicas colaborativas”, revela Jackson Araujo, diretor criativo da Trama Afetiva.

jorge-feitosa-2-1-342x640A Coleção Flores Astrais é um dos três projetos selecionados pelo Colabora Moda Sustentável (@colaboramodasustentavel), plataforma de colaboração formada por cerca de 100 lideranças e 60 organizações da moda brasileira, para receber um Recurso Semente. O programa apoia projetos independentes que têm como intuito a construção de uma moda mais justa e ética.

Para apresentar a coleção FLORES ASTRAIS por meio de fashionvideo dirigido por Beni Blazquez, um grupo de pessoas LGBTQ+ foi convidado para interpretar uma gang que realiza o ativismo regenerativo por meio do amor e da celebração das diferenças.

“Mais que resistir e apenas sobreviver às violências, queremos propagar o direito LGBTQ+ de existir também pela potência da alegria, do direito de cantar, brincar e dançar, na vida e no audiovisual. É uma celebração da nossa existência”, conceitua o diretor.

Estrelando o video estão: Ana Giselle (@atransalien), DJ, modela e performer ativista do movimento T. Criadora e diretora do festival multimídia Marsha; Pietro Dal Monte (@pietro.dalmonte), ator, cantor e dançarino do teatro musical, atualmente em cartaz com “Bullying, O Musical”; Puri Yaguarete (@puriyaguarete), transmuleke, ator/performer, circense, dançarino de Vogue; Arara Xestal (@araraxestal), artista, performer, aprendiz da @escoladeteatro e tarólogo criador do perfil @otarotsabe, ativista queer do corpo gordo; Zeca Gerace (@geracezeca), artista visual e diretor de arte de experiências imersivas; Michelle Maus (@transvegana), travesti, mestra em Têxtil e Moda pela EACH-USP e tecnóloga em Design de Moda. Fundadora do projeto Botão de Flor, que visa inserção social de mulheres transexuais e travestis em situação de vulnerabilidade social; Sioduhi (@sioduhi), estilista, costureiro e ativista pelos direitos e visibilidade dos indígenas LGBTQ, diretor criativo da marca Sioduhi Studio (@sioduhistudio); Jorge Feitosa (@jfjorgefeitosa), costureiro da marca que leva seu nome e designer-tutor da Trama Afetiva; Nana Wharton (@nanawharton), designer da marca NotoriusBr, de hip hop style; Luana Pontes (@luapontes), designer e CEO da agência Cherry Plus, especializada em moda e beleza, e Dani Nakamura (@exexwhy), modelo, female impersonator, beauty- artist e estilista.  A direção de movimento é de Clarice Lima (@claricelimao) e Isis Vergilio (@isisvergilio). Quem assina a beleza é Carlos Carrasco (@ccarrasco01).

26/09 - Domingo

18:45 – Leandro Castro

19:00 – NUZ

19:15 – Estúdio NUDA

19:30 – Instituto Proeza

27/09 – Segunda

18:30 – Otake

18:45 – Flavia Amadeu

19:00 – Sioduhi Studio

19:15 – 2P Co

28/09 – Terça

18:30 – Satya Beachwear

18:45 – Wendyel Borin

19:00 – Manui

19:15 – TA Studios

29/09 – Quarta

18:30 – Contextura

18:45 – VB Atelier

19:00 – Movin

19:15 – Nalimo

19:30 – COMAS®

RENDA-SE

Dez jovens revelações entre estilistas alagoanos selecionados pelo Renda-se – I Mostra de Moda Alagoana, etapa 2021 – prometem mergulhar no universo criativo de Vera Arruda, saudosa estilista alagoana, para que dele extraiam inspiração para a criação das coleções que desfilarão na passarela do projeto este ano. São eles Rejane Pimentel, participante do DFB (Dragão Fashion Brasil) pelo Senac e estilista da Linha Pontos e Panos, é a veterana da turma, será acompanhada de 09 ex-alunos do curso de moda da ETA: Rildo Nonato, Maria Brandão, Lumma Luz, Letícia Abreu, Leoni Bezerra, Florise Guimarães, Elton Marchalot, Derravera e Beatriz Tavares

photo-2021-09-13-10-21-46Vera Arruda nome marcante na moda do Brasil, a estilista alagoana, falecida em 2004, no auge da sua carreira, conseguiu impor seu estilo alegre e colorido num universo com preponderância monocromática e traços sóbrios. Trazia o Nordeste profundo para as passarelas, capas de revista e looks de celebridades. Sua arte peculiar e lúdica utilizava fartamente chitas, bordados, miçangas, pedrarias, crochê e o filé alagoano.Revelada para o Brasil no Phytoervas Fashion de 1998 sob os olhares atentos da crítica especializada e do público, Vera Arruda arrancou aplausos calorosos com a coleção ‘A Estrela do Brasil Brilha’.

Nas palavras de Fábio Elias, responsável pela área de patrocínios do Magazine Luiza (que financia o projeto por meio da Lei de Incentivo à Cultura), “incentivar o Renda-se é mostrar ao mundo que a mudança é possível. O Renda-se criou conexões, é um projeto transformador, que motiva e apoia iniciativas que oxigenam o artesanato regional, o saber cultural, incentivando uma nova geração de valores, reunindo pluralidade, sustentabilidade e inovação. Renda-se é um marco na história da construção da moda alagoana. Mais do que isso, um ponto de referência para toda a cadeia produtiva, unindo rendeiras, estilistas, estudantes de moda, perpetuação do saber cultural quando falamos da renda filé.”

photo-2021-09-13-10-20-45Já a produtora cultural Mirna Porto ressalta algumas novidades do Renda-se 2021: “teremos o resgate da verdadeira brasilidade. A leveza. A liberdade diante da diversidade. A verdadeira inclusão. Teremos uma passarela maior, uma divulgação maior. Também teremos o histórico bairro de Jaraguá como paisagem na cenografia. E teremos um tema único: Vera Arruda. Essa inspiração é a que queremos ver nas passarelas da vida. Nas ruas e avenidas novamente. Essa ousadia amorosa delicada e atrevida. O Projeto Renda-se vai, orgulhosamente, render-se a Vera Arruda.”

O evento acontecerá no dia 29 de setembro, no Espaço Armazém, localizado no histórico bairro de Jaraguá, em Maceió, e contará com a participação da herdeira de Vera, Maria João, sua filha com João Luiz Araújo, atualmente morando em Salvador.

DENIM MEETING 2021

img_email_mkt_es-1-1O V Denim Meeting, retoma a sua edição presencial no próximo dia 5 de outubro, em Colatina, no Espírito Santo, e se consagra como primeiro evento na cidade, que é uma das maiores produtora de jeans da região sudeste depois de São Paulo.  Lá estão as grandes empresas do setor, como a GB Lavanderia, uma das sócias da Denim City SP, além de marcas relevantes no mercado como a Ilicito, Miss Bela, Epzodium.

Com o tema “Transformação e conexão: inovar é um ato de sobrevivência”, o evento potencializa conquistas que fazem do segmento o mais estável da cadeia têxtil, posicionando o denim como eterno conquistador de novos mercados.

images“Nossa intenção é potencializar a região, levando um conteúdo rico para atender este setor jeanswear”, indicou Marlene Fernandes, CEO do Guia JeansWear ( na foto ao lado de Osiris Bernardino) e uma das organizadoras do evento.

A realização será totalmente presencial, seguindo todos os protocolos de segurança em relação à Covid-19 e contará com talks, palestras, exposição, entrevistas e workshops que integram a programação do Denim Meeting, e o encerramento da edição terá um desfile de marcas locais.

O V Denim Meeting é uma iniciativa Sinconfec e Sinvesco, com realização do Sebrae e Findes, a organização e promoção do Guia JeansWear. Conta com apoio da Abit, Sinvel, Sinconsul, Sindicalçados, Senai, GB, Tecnoblu, Santista, Hi-Tech, Canatiba, Audades e Icla. E as parcerias das mídias:  A Plataforma de Moda - WORLD FASHION, Buscatextil, Costura Perfeita e Textilia,

Para inscrição gratuita acesse: http://denimmeeting.com.br/

Confira a programação completa do Denim Meeting 2021, em Colatina, abaixo:

08h30

Início do credenciamento – Abertura do Trade Now

09h00

Cerimônia de Abertura: Boas Vindas

09h30

Panorama do Mercado Brasileiro

“A quem pertence o Jeanswear” – O Mercado e o Consumo de Jeanswear no Brasil

Marcelo Prado – Diretor do IEMI

10h10

A importância estratégica da modelagem para as Marcas Denim

Renato Kerlakian – Fundador da marca Zoomp e Embaixador da Denim City SP

denimmeeting10h50

Estratégias usadas por magazines para o desenvolvimento sustentável

Américo Guelere Filho – FIB – Fashion Innovation Bureau

11h30

Tecnologia e os processos assertivos na confecção do Jeans Sustentável

Matheus D. Fagundes – Diretor Executivo de Marketing e Vendas da Audaces

Fernando Bighetti – Gerente Regional da Canatiba

George Vogel – Gerente de negócios internacionais da Hi-Tech

Mediadora: Juliana Medina – Consultora Jeanswear e CEO da Denim Woman

12h30

Almoço Livre

14h00

Talk Show

Espírito Santo na direção dos 3 pilares do Futuro do Denim – Sustentabilidade x Tecnologia x Inovação

Marco Britto – CEO da GB

Jorge Luiz Aguiar – CEO da Borana

Lourival Paulini Junior – CEO da Ilicito

Mediadora: Iolanda Wutzl – Cofundadora do Guia JeansWear

15h00

Mercado de Moda Plus Size em crescimento

Flavia Durante – Comunicadora, empreendedora e criadora da feira POP PLUS, maior evento Plus Size da América Latina

15h40

Coffee break

16h00

Estratégias para alavancar seu negócio no mercado jeanswear

Eduardo Cristian – CEO da Costurando Sucesso e da marca Black West

17h20

DESFILE MARCAS ESPÍRITO SANTO

Miss Bela

Reklusa

Epzodium

Izuz

Larous

da redação com informações BEFW por Agência Catu / TRAMA AFETIVA por Márcia Fonseca (NAMÍDIA) / RENDA-SE por James Silver /  VDENIM MEETING por Equipe Guia JeansWear

imagens: fotos/divulgação

Inspiramais 2022_II

worldfashion • 13/07/21, 11:29

referencia-future-proof-inspiramais-2022_iiComeça hoje 13 de Julho o Inspiramais digital, que seguirá até o dia 16 de julho, nesta nova fase do salão que reúne soluções em design, inovação e sustentabilidade para segmentos como calçados e artefatos, confecção, moveleiro e bijuterias: estará aberta uma exposição semipresencial, concomitantemente com as palestras e rodadas de negócios, e haverá uma mostra com lançamentos de materiais na Abicalçados, em Novo Hamburgo. A visitação será individual, e os horários devem ser agendados previamente.

“Hoje já não existe mais apenas o evento físico, ou exclusivamente digital. Esse formato híbrido nos permite alcançar um público ainda maior e gerar ainda mais negócios”, avalia a superintendente da Assintecal, Silvana Dilly. A empresa que visitar a exposição poderá ver os materiais, tirar dúvidas com o consultor do Núcleo de Pesquisa e Design no local e conhecer novos fornecedores. Interessados podem fazer o agendamento pelo e-mail mi@assintecal.org.br. As inscrições para o Inspiramais ainda podem ser feitas pelo site inspiramaisdigital.com.br.

referencia-future-proof4-inspiramais-2022_iiQual é a chave para a transformação do mercado de produtos de moda? Essa é a pergunta que norteia a pesquisa que deu origem ao tema da edição do Inspiramais: Future Proof. Na avaliação do coordenador do Núcleo de Design do Inspiramais, Walter Rodrigues, um dos grandes pilares do salão é a continuidade. O tema da próxima temporada é sempre construído a partir da evolução de conceitos trabalhados nas anteriores. Na última edição, por exemplo, fez-se referência ao impacto e às mudanças impostas pela pandemia, com a temática Antídoto. “Naquele momento, falamos sobre a ideia de antídoto, de olhar para a natureza e de regenerar como ela se regenera. Buscamos a cura para todas as dificuldades e, em relação aos negócios, o reposicionamento com o digital tem esse sentido”, esclarece.

referencia-future-proof2-inspiramais-2022_iiPara 2022_II, o questionamento está voltado à relação com o que está por vir. “Para serem percebidos no futuro, tanto a empresa quanto o produto devem ter relevância. Se não houver propósito e uma narrativa sustentável de inovação, eles não se mantêm no amanhã”, explica. Para o designer, ser relevante é traduzir esses sentimentos em formas de materiais e depois de produtos – tornando-os desejados e necessários. “O futuro vai exigir ações positivas aqui e agora. Um produto relevante será valorizado se tornando à prova do futuro” conclui Walter.

referencia-future-proof6-inspiramais-2022_ii A palavras-chave a partir de todas essas reflexões, que conduzem as pesquisas e narrativas da próxima temporada é Quantum, a menor partícula de qualquer elemento que existe no mundo, remetendo à essência das coisas. A proposta prevê um olhar poético sobre os acabamentos, inspirados na beleza, na cor, no brilho e na energia dos cristais e gemas preciosas. Interpretam, ainda, a coexistência simultânea de acabamentos antagônicos, como brilho e fosco. O esporte também aparece ligado a esse conceito. Destacam-se matérias perfeitas para a performance, a prática esportiva e a tecnologia. O foco está no conforto, que envolve o corpo, e na interação com o suor. O verbo desossar evidencia a importância da matéria: a retirada da estrutura, a extrema maciez e a fluidez. Hipervisual é a segunda palavra-chave ligada ao tema de 2022_II. De acordo com o designer, essa definição é atribuída devido aos filtros e à construção imagética  a partir de software. A esse conceito está conectado o maximalismo — com a inspiração gráfica, hacker e geeks. Os materiais aparecem com excesso de cores e estampas, além de vários elementos criando movimento e um volume grande de informação. A ancestralidade também está ligada à ideia hipervisual. “Com as fronteiras fechadas e a existência de barreiras comerciais, percebemos que é preciso ser autossustentável. Criando essa ilha, voltamos para nossas origens, defendemos a nossa tribo”, destaca Walter.

referencia-future-proof5-inspiramais-2022_iiPara construir uma coleção, são estabelecidas etapas que formam a chamada pirâmide de produtos. Todos esses elementos, que fazem parte da extensa pesquisa elaborada pelo Núcleo de Design do Inspiramais, correspondem ao topo da pirâmide, isto é, aos 10% destinados à Inovação. Esse topo é o Future Proof. Na cartela de cores, estão o azul, o lilás e o amarelo. A segunda etapa, que corresponde aos 30%, contempla as referências do tema Antídoto. E a base —  os outros 60% — já massificados, representam as inspirações da coleção denominada Free Spirit.

preview-do-couro_divulgacao-couroquimica-640x427Além da apresentação do tema desta edição, Future Proof, os participantes do Inspiramais Digital vão acompanhar os lançamentos de produtos desenvolvidos a partir de projetos especiais como o Preview do Couro. Ao todo, serão apresentados mais de 30 artigos desenvolvidos pelos curtumes participantes desta edição. Baseado na pesquisa de inspirações e cartela de cores desenvolvida sob a orientação do Núcleo de Pesquisa e Design do Inspiramais, o trabalho apresentará o conceito da temporada 2023_I, Corpo.

“Entendemos o corpo como o arquivo do tempo, o registro da história humana, diretamente relacionado com aspectos sociais, culturais, econômicos e, principalmente, comportamentais. Hoje, temos que pensá-lo com autonomia, romper padrões e entendê-lo para além de si e da moda”, destaca Marnei Carminatti, consultor em Gestão de Design do Núcleo de Pesquisa e Design do Inspiramais, que lidera o projeto.

referencia-future-proof3-inspiramais-2022_iiDe acordo com Carminatti, a coleção da temporada 2023_I apresenta artigos que valorizam as necessidades fundamentais do corpo, como a busca por calor, conforto e aconchego, a durabilidade e a resistência ou a proteção térmica e impermeável, uma relação secular do corpo com o couro. “Para os acabamentos, enfatizamos os artigos encerados e de brilho lustrado, valorizando cada detalhe de estampa e textura”, destaca. O consultor em Gestão de Design acrescenta que também vale prestar atenção nos aspectos vítreos, emborrachados, gessados e metalizados, que compõem a coleção com efeitos gráficos de carimbo e aspectos destroyer ou envelhecido.

Programação Inspiramais 2022_II
13/7, às 10h -  Palestras de Inspirações 2022_II — Future Proof: Conheça o 10% da metodologia
14/7, às 10h - Palestras de Inspirações 2022_II — Antídoto: Conheça os 30% da metodologia
15/7, às 10h - Palestras de Inspirações 2022_II  — Free Spirit: Conheça os 60% da metodologia
15/7, às 14h - Palestra Conexão Criativa e Comercial
16/7, às 10h - Palestra Preview 2023_I
16/7, às 14h - Palestra Preview do Couro 2023_I

Nesta edição, participam os curtumes Couroquímica, Fuga, Leather Labs, Nova Kaeru e Treanytry, além da parceria no desenvolvimento de protótipos de bolsas e calçados com o grupo Arezzo Co. A palestra de apresentação dos produtos desenvolvidos no Preview do Couro ocorre no dia 16 de julho, às 14h. O programa se inicia com a formatação da pesquisa de comportamento e contexto global – base para a gestão de design que o Núcleo de Pesquisa e Design do Inspiramais presta junto às empresas expositoras. O objetivo é nortear o desenvolvimento de materiais e ampliar negócios com outros setores. No Inspiramais Digital, são apresentados os materiais desenvolvidos a partir da pesquisa e os projetos especiais que fomentam inovação e sustentabilidade.

O Inspiramais tem promoção da Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos (Assintecal), da Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit), do Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB) e da Associação Brasileira das Indústrias do Mobiliário (Abimóvel). Conta com a parceria do Sebrae Nacional (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) e da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), por meio do projeto By Brasil, Components, Machinery and Chemicals. São apoiadoras e parceiras as principais entidades setoriais do país: Abest, Abiacav, Abicalçados, In-Mod, IBGM, ABVTEX, Ápice, Guia Jeans Wear e Abrafati.

da redação com informações sa assesora de imprensa Roberta Schuler  fotos: divulgação

SÃO PAULO FASHION WEEK N51

worldfashion • 01/07/21, 15:54

O que é o São Paulo Fashion Week?

No Wikipédia (ano 2018) é o maior evento de moda do Brasil e o mais importante da América Latina, além de ser a quinta maior Semana de Moda do mundo, depois das de Paris, Milão, Nova York e Londres.

3Sim um evento,  uma manifestação, um festival, que passa por transformações, repensando e acompanhando as mudanças do comportamento de consumo, mesclando arte com moda e cultura, com atenção ao valor criativo com base na sustentabilidade e inovação.

Apresentada pelo banco Santander de 23 a 27 de junho 2021, a 51ª EDIÇÃO em versão 100% digital, ganhou o formato de FESTIVAL com o mote SPFW+ Regeneração,  promoveu desenvolvimento e o protagonismo de núcleos criativos diversos e sustentáveis por todo o país.

Foram cinco eixos que serviram como ponto de partida para inspirar, provocar novos olhares em encontros criativos inusitados, e para identificar e selecionar projetos criativos em todo o país. 1) diversidade e equidade racial; 2) protagonismo feminino; 3) empreendedorismo; 4) sustentabilidade e inovação e 5) origem nas origens (cultura).

Contou com dez estreias: Anacê, Carol Bassi, Esfér, Igor Dadona, Neith Nyer, Rocio Canvas, Ronaldo Silvestre, Soul Básico, Victor da Justa e Weider Silveiro. Retornos de Samuel Cirnansck e Wilson Ranieri. E mais Ronaldo Fraga, Gloria Coelho, Flávia Aranha, João Pimenta, Apartamento 3, Juliana Jabor, Isabela Capeto, João Pimenta, Triya e Another Place.

E a partir desta edição, o SPFW acolhe o projeto Sankofa, coletivo de estilistas negros com oito marcas, uma iniciativa da plataforma Pretos na Moda e da startup de inovação social VAMO, com apoio do INMOD (Instituto Nacional de Moda e Design). São elas: Ateliê Mão de Mãe, Az Marias, Meninos Rei, Mile Lab, Naya Violeta, Santa Resistência, Silvério e Ta Estudios.

gs-293-427x640Ronaldo Fraga abriu o com a coleção Terra de Gigantes, via streaming para o mundo. O fio condutor do trabalho do estilista é a cultura do Cariri Cearense. Para o estilista, o nordeste representa a grande amálgama da cultura brasileira, tendo o Cariri Cearense, ao sopé da Chapada do Araripe, como epicentro. “Em Terra de Gigantes falo sobre a miscigenação característica da região, dos filhos que são frutos das mais variadas misturas: índios Kariri, escravos, africanos malês de origem mulçumana, cristão novos e judeus fugidos da inquisição na Espanha e Portugal. Mistura que é também a base de todo povo brasileiro”, afirma ele.

gs-305-640x427Confeccionada a partir de uma única base de tecido 100% linho, a coleção trouxe muitos bordados e poucas estampas - ao contrário do que se espera do trabalho do estilista -, dando lugar a uma explosão de cores em referência ao multicolorido Cariri Cearense. Fotos: Augusto Pessoa

rs2-fotografia-andre-solano-427x640Na sua estréia no evento, o estilista itabirano Ronaldo Silvestre, realizou um sonho de menino pobre do interior de Minas Gerais, cuja mãe desmanchava uniformes usados para ele ter o que vestir.  “A máquina de costura se torna a arma de conspiração, de sobrevivência de pessoas em situação de vulnerabilidade, das mulheres excluídas da sociedade”, conceitua. “É assim que o macacão se torna em nossa vestimenta de luta e de empoderamento, com o retrabalho em algodão e de resíduos têxteis, transformando-os, rebordando outras peças, desconstruindo alguns trabalhos e peças de todo o meu trabalho de design, reconstruindo de outras formas”, explica. A apresentação: “Foi um trabalho de muitas mãos, com trilha sonora de Thiago SKP, músico itabirano, participação de bordadeiras, costureiras, modelos e artistas itabiranos”, conta o estilista. “Aproveitamos a oportunidade para mostrar o trabalho de outros artistas da terra.” completa.

_gmf2794-436x640Os tecidos da Capricórnio Têxtil (Nimes, Jango Royal Blue, Teca e Iza) da Dalila Têxtil (Malha Cofee e Cânhamo com tingimento naturais) e Santista Têxtil (Joker e Lite da linha FLATS e Justin 100% algodão da linha ICON) são retecidos, reciclados, algodão com tingimentos naturais. As cores militares partindo do verde intenso, passando pela leveza dos tons de barro até o azul profundo noite com gotas de vermelho sangue. As formas são atemporais, amplas e orgânicas. Fotos: André Solano e Gabriel Mesquita.

thumb2917833650Acostumada a criar associações entre a moda e outros segmentos, além de exibi-la em diferentes plataformas, que não apenas o desfile convencional, a Another Place já está familiarizada em contar histórias e utilizar da linguagem audiovisual - formato que flerta desde 2019. Especialmente para a edição #51 do SPFW, a marca criou Unlock, em co-criação com Beck´s.

A apresentação também revela a collab inédita criada em parceria com a Beck’s, cerveja alemã com grande conexão com arte, música, moda e cultura urbana. Essa intersecção fica especialmente explícita nas peças que utilizam a linguagem visual da bebida aliada ao DNA e olhar da ANP.

Para ambas as marcas a collab e o desfile tem uma função muito importante, que vai além dos minutos na passarela virtual do maior evento de moda da América Latina. Entre os destaques da coleção, a estampa gráfica e sinuosa que aparece em segundas-pele, sejam tops ou meias-calças, assim como tricôs de jacquard e puffer jackets. Enquanto as peças com aspecto resinado (casacos, jaquetas perfecto e calças) ganharam aviamentos, ilhoses e zíperes em destaque. A pegada sporty e os elementos do underwear também são protagonistas. Para enfatizar esse espírito livre, que está em busca de diversão, há transparências, recortes profundos e peças bem justas, que revelam as formas do corpo. Tudo isso, em um ritmo pulsante, que mistura desfile, dança e performance. Fotos: Marina Sapienza

1De volta às passarelas nesta edição, Juliana Jabour apresentou a coleção, Verão 2022, no formato de fashion film. “Expectations”, título do filme e da coleção, trata do sentimento de que coisas boas acontecerão num futuro próximo. Juliana e equipe conceberam o roteiro da apresentação a partir do momento atual do mundo, onde duas pessoas separadas pelo extenso período de isolamento podem, finalmente, se encontrar. O desfile trata, portanto, de um futuro pós apocalíptico real. A esperança e a expectativa desse encontro estão presentes nas peças coloridas, volumosas e estruturadas, numa coleção que dá um twist no repertório da estilista. São 11 looks coloridos, 10 deles monocromáticos, além de um bicolor. A coleção é dividida entre os tons intensos e os pastéis, nas cores vermelho, pink, verde, azul e amarelo. O streetwear sempre revisitado pela marca se faz presente, aqui em simbiose com babados em caracol, laços, silhuetas volumosas e mangas bufantes. Tudo construído a partir de apenas duas matérias primas: o zibeline, tecido estruturado e brilhante; e o já clássico moletom Cozy, da Lunelli Têxtil, parceira de anos nos desfiles da designer. As cores são vermelho, pink tropical, ocre, azul bic, verde esmeralda, verde kiwi, limão siciliano, lilás, rosa pastel e azul pastel.

dsc_6498-426x640Alguns elementos gráficos estão presentes na coleção, em formato de silk e bordados pequenos, sempre em tom sobre tom. Símbolos como coração com as setas de reciclagem, estrela com fogo e raio e a taça martini com a frase “Rainbow Room; Cocktails” são ícones estéticos da estilista, e dão o toque final à coleção. O Verão 2022 de Ju Jabour terá um desdobramento comercial, com lançamento previsto para o mês Julho. Fotos: Vagner Jabour

whatsapp-image-2021-06-28-at-092853-3Um nome que despontou na passarela virtual foi o Zeh Henrique da Soul Básico. O criativo desenvolveu três looks de upcycling a partir de calças produzidas com Denim Capricórnio Têxtil. Com o tema Re-verso, a coleção traz muito de uma reflexão sobre o tempo, sobre coisas que o designer passou durante o isolamento, sobre reflexões que acredita. Quem assina o estilo da marca é Wilson Ranieri, que conseguiu traduzir esses sentimentos todos para a coleção. “Uma parceria que visa ressignificar o que seria descarte com peças de design único e atemporal, com parte das vendas revertidas para ONGs que atendem pessoas em situação de vulnerabilidade”, comenta Zeh Henrique.  Foto: divulgação

foto_002-ponto-firme-spfw-criculo-credito-foto-marina-sapienzaO projeto social Ponto Firme, liderado pelo estilista Gustavo Silvestre, marca a sua quarta participação no evento. Desta vez, o foco é trazer uma das grandes tendências da moda, o recycle e upcycling, propondo uma reflexão sobre o ciclo de vida das roupas e o consumo consciente. O crochê continua sendo um grande protagonista nas criações, técnica artesanal que é ensinada pelo estilista aos detentos da Penitenciária Desembargador Adriano Marrey, em Guarulhos (SP). A coleção foi desenvolvida por reeducandos do Ponto Firme, os artesãos Anderson Figueiredo, Tiago Araújo e Anderson Joaquim. Unir a moda às questões sociais importantes. Em todas as suas participações, o Ponto Firme trouxe a sutileza do trabalho manual e sempre com uma potente mensagem para a sociedade. Uma combinação sensível que faz parte do propósito do projeto desde o seu início e que costuma emocionar quem acompanha os seus desfiles já realizados. Gustavo Silvestre e mais três egressos do foto_003-ponto-firme-spfw-criculo-credito-foto-marina-sapienzaPonto Firme se reuniram para criar a coleção, confeccionada a partir de descarte têxtil e peças reaproveitadas de doações e acervo que foram ressignificadas com técnicas de crochê. Os fios Anne, Verano, Encanto e Susi, da Circulo S/A são os escolhidos pelos artesãos para o desenvolvimento de detalhes e elementos que construíram e transformaram peças, dando uma nova aparência e significado a cada roupa que compõem a coleção. “Usamos de forma inovadora o fio Glow, da Círculo S/A, que brilha no escuro e foi lançado originalmente para fazer amigurumi e nós aproveitamos para fazer um vestido com este efeito incrível. Com certeza será uma das grandes atrações do desfile”, ressalta Gustavo. “Tivemos como ponto de partida as máscaras artísticas produzidas pelo artesão Anderson Figueiredo, que empregou as suas habilidades em crochê desenvolvidas durante o período de cárcere, para o reaproveitamento de resíduos e lixo. As máscaras surgem como verdadeiras esculturas de forma totalmente autoral e são um elemento visual cheio de simbolismo e significado tanto para seu criador quanto para o projeto”, comenta Gustavo. As peças confeccionadas pelos egressos, sob orientação do Gustavo Silvestre, são comercializadas , e os interessados poderão entrar em contato por meio das redes sociais do Projeto Ponto Firme (Facebook e Instagram). O valor da venda dos produtos será revertido para os artesãos. O projeto Ponto Firme iniciou em 2015,e oferece formação técnica em crochê para sentenciados da Penitenciária Desembargador Adriano Marrey, em Guarulhos (SP). Desde as primeiras aulas, contou com o apoio da Círculo S/A, que doa materiais para que os alunos possam aprender e se desenvolver. Ao final de cada módulo, com duração de seis meses, os alunos recebem um certificado de conclusão. Mais de 150 alunos já passaram pelo projeto. Os trabalhos realizados por eles já foram expostos na SP-Arte, Pinacoteca de São Paulo, SPFW e até em Nova York. Fotos: Marina Sapienza

weider-3-457x640Após se consolidar e consagrar-se como um dos nomes mais celebrados da Casa de Criadores, onde se apresentou por 15 anos consecutivos, o estilista piauiense Weider Silveiro, da cidade de Monte Alegre, de 43 anos, formado em design de moda pela Universidade Federal do Ceará - UFC em 2004, iniciou sua carreira na moda no mesmo ano.

“Pensar nessa estréia tem sido um desafio, mas também é o resultado de anos de trabalho e compromisso. Venho mostrando meu potencial criativo na Casa de Criadores há mais de uma década, para uma plateia e imprensa ávidas por isso. Agora é a fase de fortalecer minhas criações frente a um mercado maior, levando meu trabalho para novos espaços.” diz o Weider.

O début foi com a coleção tendo como inspiração a mulher contemporânea e o corpo feminino. A coleção Citá, composta por 30 peças inéditas, revelaram ao público num  vídeo produzido no rooftop do icônico Edifício Copan.  A coleção completa foi lançada no mesmo dia do desfile, e podem ser adquirida sob medida, através do perfil (@weidersilveiro) no instagram. Fotos: Leo Fagherazzi

thumb822435528Do projeto SANKOFANaya Violeta designer e criadora da marca, que leva o seu nome é uma profissional que adota como perspectiva para as suas criações o olhar pessoal e afetivo, assim como o caráter auto-biográfico e narrativo, elementos que juntos permeiam as pesquisas visuais e de tendências para a marca.

O crescimento que notadamente percebemos em sua trajetória estilística e de circulação no mercado estão relacionadas às experiências de vida e aos processos de amadurecimento que a estilista vem adquirindo ao longo de sua trajetória. Uma profissional versátil, que através da moda vem atuando em diferentes setores, com colaborações mais pontuais em áreas como o cinema, a música, o teatro e a dança.

A estilista sempre produziu suas roupas e da venda do boca a boca entre amigas, percebeu uma busca incessante por representatividade de moda preta. Todas as referências, tudo que via, não era pensado para a beleza afro-brasileira. Naya Violeta cresceu em quintais de tias costureiras e vendo o fazer roupa como autonomia de quereres. Conseguiu alinhar isso na construção de uma moda que o mercado não lhe oferecia: representatividade.

Numa produção em pequena escala, amorosa, proveniente do garimpo de tecidos e de pesquisas marcadas por influências místicas, cheias de afeto e das vibrações que permeiam os mistérios da vida, a marca busca responder a essa ausência, assumindo a potência que a ancestralidade, a estética e as diferentes manifestações culturais afro-brasileiras oferecem para o processo de criação da marca. Foto: divulgação

Para conhecer todas as marcas, que estiveram no evento, acessem:  https://www.spfw.com.br/

SPFW+ Regeneração

worldfashion • 23/06/21, 09:51

A partir de hoje inicia a edição do SPFW N51 apresentada pelo Santander, será de 23 a 27 de junho, em versão 100% digital, com partição de 43 marcas de destaque do setor de moda nacional. Contará com estreias e reestreias: Anacê, Carol Bassi, Esfér, Igor Dadona, Neith Nyer, Rocio Canvas, Ronaldo Silvestre, Soul Básico, Victor da Justa e Weider Silveiro. Samuel Cirnansck e Wilson Ranieri. Está na primeira agenda paralela encontros e talks virtuais acerca do tema Moda Empreendedora, um dos pilares do Banco Santander.

3A partir desta edição, o SPFW acolhe o projeto Sankofa, coletivo de estilistas negros com oito marcas, uma iniciativa da plataforma Pretos na Moda e da startup de inovação social VAMO, com apoio do INMOD (Instituto Nacional de Moda e Design). São elas: Ateliê Mão de Mãe, Az Marias, Meninos Rei, Mile Lab, Naya Violeta, Santa Resistência, Silvério e Ta Estudios.

Com intervenções interativas e live streaming dos desfiles e apresentações, esta temporada marca a abertura do SPFW+ Regeneração, um festival de Criatividade, Moda, Arte, Sustentabilidade, Inovação, Conhecimento e Tecnologia, com curadoria de Marcello Dantas e uma programação ativa que se estende por todo o ano. O momento pede que as relações sejam reinventadas e os meios de produzir e representar nossa identidade sejam repensados. “Estamos diante de questionamentos profundos sobre como podemos regenerar o mundo com novas bases”, explica o curador Marcello Dantas. “A experiência do Festival nasce da ideia de provocar um caminho realmente novo de ideias, linguagens e formas de colaborar. É um desafio e ao mesmo tempo uma oportunidade para que os criativos da moda acessem campos de conexão ainda inexplorados.”

A necessidade de buscar formas de operar mais sustentáveis e responsáveis em toda a cadeia de valor da moda é uma realidade. “É hora de definir novos direcionamentos que nos permitam avançar numa agenda de mudanças necessárias e efetivas. O ano de 2020 nos trouxe grandes reflexões e entendemos que é tempo de viver novos começos, de regenerar”, afirma Paulo Borges, Diretor Criativo do SPFW.

Serão cinco eixos: diversidade e equidade racial; protagonismo feminino; empreendedorismo; sustentabilidade; inovação; e origem nas origens (cultura).    pontos de partida para inspirar, provocar novos olhares em encontros criativos inusitados, e para identificar e selecionar projetos criativos em todo o país.

Serão realizados quatro encontros criativos entre estilistas convidados em colaboração com nomes destacados de áreas diversas como consciência, alimento, coletividade e racialidade. O processo criativo a partir desses encontros resultará em instalações artísticas que ocuparão a cidade em novembro durante a temporada SPFW N52. É o futuro da moda co-criado por designers e profissionais na fronteira da inovação.

Agenda

. Ronaldo Fraga e Neka Mena Barreto

. Fernanda Yamamoto + Comunidade Yuba

. Luiz Cláudio + Djamila Ribeiro

. Oskar Metsavaht + Sidarta Ribeiro

A proposta é identificar núcleos criativos diversos e sustentáveis em todo o país. Serão escolhidos até 50 projetos para uma jornada imersiva com mentorias e encontros exclusivos. Uma potente conexão para a transformação sustentável e social, a partir de uma visão plural, colaborativa e inclusiva, e revelar processos regenerativos que já estão acontecendo em todo o país, destacando a multiplicidade dos territórios criativos.

“O objetivo é ir além da criatividade e talento, e se aprofundar nas novas economias para acessar e circular recursos e facilitar o fortalecimento mútuo através da colaboração, cocriação e articulação”, explica Graça Cabral, curadora e mentora do projeto. “Uma jornada para orientá-los a buscar processos regenerativos que possam gerar mais valor para suas iniciativas e territórios, ampliando sua viabilidade, impacto e relevância com mais propósito, sustentabilidade e consciência.”

As mentorias com os núcleos criativos selecionados têm a expertise do INMOD (Instituto Nacional de Moda e Design), e metodologias e ferramentas da Fluxonomia4D, idealizadas e coordenadas por Lala Deheinzelin, que combinam Futuring e Novas Economias.

As inscrições estão abertas de 22 de junho a 16 de julho através do site https://www.spfw.com.br e as mentorias acontecem de julho a outubro.

Em continuidade à parceria de quase duas décadas com a Prefeitura da cidade de São Paulo, o evento realiza esse ano uma série de ações de transformação social, de agosto a novembro, com a capacitação de 40 costureiras em Cidade Tiradentes e a inclusão de mulheres em situação de vulnerabilidade na edição N52, em novembro.

Durante os 5 dias de evento, todo o conteúdo estará disponível nos canais do SPFW e com projeções mapeadas na empena do prédio que fica na Rua Caio Prado esquina com Rua da Consolação.

Esta edição é apresentada pelo Ministério do Turismo e Santander, através da Lei Federal de incentivo à Cultura, e patrocinada por Electrolux, Marisa, Iguatemi e Sou de Algodão, parceria institucional Prefeitura Municipal de São Paulo, realização IMM, INMOD, Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal.

LINE UP  SPFWN51

DIA 23  QUARTA

18h30   RONALDO FRAGA

19H30  ALUF

19H45  SANKOFA: Ateliê Mão de Mãe

19H50  SANKOFA: Meninos Rei

20H15  ANACÊ

20H40  SAMUEL CIRNANSCK

21H10  ÀLG

21H40  LILLY SARTI

DIA 24  QUINTA

19H00  IGOR DADONA

19H30  RONALDO SILVESTRE

19H45  SANKOFA: Az Marias

19H50  SANKOFA: Naya Violeta

20H15  ISABELA CAPETO

20H40  MARTINS

21h10  MODEM

21h40  TRIYA

21h55  ANOTHER PLACE

DIA 25  SEXTA

19H00  GLORIA COELHO

19H30  ESFÉR

19H45  SANKOFA: Santa Resistência

19H50  SANKOFA: Mile Lab

20H15  JULIANA JABOUR

20H40  A. NIEMEYER

21H10  APARTAMENTO 03

21H40  JOÃO PIMENTA

21h55   NEITH NYER

DIA 26  SÁBADO

19H00  ROCIO CANVAS

19H30  LED

19H45  SANKOFA: TA Studios

19H50  SANKOFA: Silvério

20H15  FREIHEIT

20H40  NERIAGE

21H10  MISCI

21H40  CAROL BASSI

21H55  ISAAC SILVA

DIA 27  DOMINGO

19H00  WILSON RANIERI

19H30  SOUL BASICO

19H45  VICTOR DA JUSTA

20H15  PONTO FIRME

20H40  RENATA BUZZO

21H10  WEIDER SILVEIRO

21H40  WALÉRIO ARAUJO

21H55  FLAVIA ARANHA

TRANSMISSÕES Diariamente, a partir das 18h, Paulo Borges, Graça Cabral e Lala Deheinzelin comandam lives com convidados de diversas áreas promovendo discussões em torno dos pilares do evento.  E, a partir das 19h, começam as transmissões ao vivo, online, via site do evento (www.spfw.com.br), com a apresentação dos desfiles e uma programação de entrevistas, com um time de apresentadoras que irão se revezar ao longo da semana:

Dia 23.06 - Carol Ribeiro / Maria Eugênia Suconic

Dia 24.06 - Penelopy Jean / Jess

Dia 25.06 - Lilian Pacce / Mayara Russi

Dia 26.06 - Natasha Soares / Aretha Sadick

Dia 27.06 - Rita Carreira / Camila Yahn

MODA EMPREENDEDORA

A parceria entre Santander e SPFW promove, de 23 a 27 de junho, uma primeira agenda paralela de encontros e talks virtuais acerca do tema Moda Empreendedora, um dos pilares do Banco nessa relação. As lives reúnem profissionais e protagonistas renomados das mais diversas áreas, para compartilhar e gerar aprendizados e conhecimentos na cadeia criativa da moda em torno de temas como empreendedorismo, gestão de negócios, diversidade, protagonismo feminino e sustentabilidade.

Os convidados são Rony Meisler, Caito Maia, Adriana Barbosa, Rachel Maia e Flávia Aranha, além das participações de especialistas Santander, entre eles, Patricia Audi, Vice-presidente de Comunicação, Marketing, Relações Institucionais e Sustentabilidade do Santander Brasil. A mediação dos encontros será de Paulo Borges, fundador do SPFW.

Os encontros digitais acontecerão ao vivo, sempre das 10h às 11h. As inscrições gratuitas podem ser feitas na plataforma digital https://spfw.com.br/moda-empreendedora

Line Up Lives Moda Empreendedora:

Data: 23/06 (quarta-feira)

Tema: Gestão de negócios - Como criar um grande negócio de moda.

Contexto: Da criação de uma marca a formação de um dos maiores grupos de moda do país.

Convidados: Rony Meisler (CoFundador da marca Reserva e atual CEO do Grupo Ar&Co.) e Pedro Aguiar (Managing Director, Head de Consumo e Varejo na área de Banco de Investimentos do Santander).

Data: 25/06 (sexta-feira), das 12hs às 13hs

Tema: Empreendedorismo - A trajetória na construção de marca e negócio.

Contexto: De um estande numa feira alternativa à criação da marca Chilli Beans, que se transformou na maior rede especializada em venda de óculos e acessórios da América Latina, pioneira no conceito de ótica selfservice.

Convidados: Caito Maia (Chilli Beans) e Diogo Capuzzo (Superintendente de Nichos, Cadeias, Franquias, Parcerias e Tarifas do Santander Brasil).

Data: 25/06 (sexta-feira)

Tema: Diversidade e inclusão - Resistencia e potencia no empreendedorismo negro.

Contexto: A construção de um ecossistema de empreendedores racializados através da Feira Preta e Pretahub.

Convidados: Adriana Barbosa (fundadora Instituto Feira Preta, Pretahub e do Marketplace Feira Preta) e Jandaraci Araujo (Gerente Desenvolvimento Sustentável do Santander Brasil)

Data: 26/06 (sábado)

Tema: Protagonismo Feminino - A presença da mulher na cadeia de gestão e comando de negócios do país.

Contexto: A trajetória de mulher negra conquistando de forma inovadora o ápice da carreira.

Convidados: Rachel Maia (CEO & Founder RM Consulting ESG, Chairwoman Conselho UNICEF e fundadora projeto @capacitame) e Patricia Audi (Vice-presidente de Comunicação, Marketing, Relações Institucionais e Sustentabilidade do Santander Brasil).

Data: 27/06 (sábado)

Tema: Sustentabilidade - A construção de uma marca sustentável

Contexto: Os desafios da economia circular no desenvolvimento de uma moda sustentável

Convidados: Flavia Aranha (Fashion Designer e fundadora da marca Flavia Aranha) e Carolina Learth (Superintendente de Desenvolvimento de Negócios Sustentáveis do Santander Brasil)

No Farol Santander São Paulo, a moda ganhou espaço como um dos principais eixos temáticos. O icônico edifício no Centro da capital paulista recebe encontros e debates com personalidades do setor, tornando-se um tradicional polo de discussão sobre moda e ações empreendedoras. Além disso, o espaço recebeu os desfiles inaugurais das últimas três edições do SPFW e também participou das comemorações de 25 anos do evento, no ano passado. Em 2021, dois andares do Farol Santander SP recebem a exposição A Arte da Moda – Histórias Criativas, que aborda por meio de quase 200 itens o desenvolvimento do trabalho de criação dos ateliês no Brasil e na Europa (especialmente na França). Entre os destaques estão estilistas e marcas como Coco Chanel; Christian Dior e Coleção Rhodia, além de Itens originais do vestido de Tarsila do Amaral, usado em seu casamento com Oswald de Andrade, inéditos ao público.

SOBRE O SPFW  Com 25 anos de história, o São Paulo Fashion Week (SPFW) é a maior plataforma de divulgação de moda, design e criatividade do Hemisfério Sul. Reconhecido pela ONU como um case mundial, o SPFW é um dos mais completos exemplos de como a economia criativa pode ser usada como estratégia de desenvolvimento para a cidade e o país.

O evento cumpre um papel articulador e provocador, transcendendo o mundo da moda e estabelecendo-se como ponto de convergência de diversas redes criativas. Com investimentos que superam 1 bilhão de reais, o SPFW já recebeu mais de 3 milhões de pessoas e a transmissão de seus conteúdos pela TV e Internet alcançou mais de 1 bilhão de pessoas em cerca de 100 países. Mais que evento e mais que moda, o São Paulo Fashion Week é uma experiência relevante, estimulante, inspiradora e transformadora para todos os que se conectam à plataforma.

SOBRE A IMM  é uma empresa brasileira que atua nas áreas de esporte e entretenimento, através de uma plataforma de marcas recorrentes e relevantes em seus segmentos.

Na área de Esporte, a empresa produz eventos de grande porte e que fazem parte do calendário do país, os destaques são: Rio Open (maior torneio de tênis da América do Sul) e a Go Cup, o maior torneio de futebol infantil da América Latina. Com ampla experiência nesta área, já produziu várias edições do UFC, jogos da NBA Global Games, eventos de golfe com chancela do PGA e a regata de volta ao mundo, a Volvo Ocean Race.

Em entretenimento, a empresa promove o Cirque Du Soleil em suas turnês no Brasil. Em 2015 lançou a área de Family Entertainment com foco em grandes musicais da Broadway, como o My Fair Lady, Cantando na Chuva, Pequena Sereia e Sunset Boulevard. A IMM é promotora também do evento gastronômico Taste of São Paulo, que vai para a sua quinta edição. Recentemente, adquiriu o São Paulo Fashion Week, o mais importante evento de moda do País. No ano de 2020 a São Paulo Oktoberfest se tornou o mais novo produto da IMM. Em sua quarta edição o evento contará com um novo endereço, e muitas outras oportunidades de negócio.

SOBRE O IN-MOD  Criado em 2004, o IN-MOD (Instituto Nacional de Moda e Design) é uma organização não-governamental, sem fins lucrativos, que tem como missão trabalhar, no mercado interno e externo, pelo reconhecimento e visibilidade da moda e do design brasileiros como segmentos de valor agregado. Desde sua fundação, o IN-MOD trabalha para integrar esforços públicos e privados em torno de um planejamento sustentável de médio e longo prazo para a moda e o design brasileiros, gerando desenvolvimento através da Economia Criativa. Desde a sua criação, o IN-MOD já promoveu 9 rodadas de Encontros de Economia Criativa, diversos eventos internacionais, mais de 60 exposições, instalações, festivais de cultura, livros, documentários e outros.

Sobre o SANTANDER BRASIL  é o Banco da Moda porque investe no desenvolvimento e na democratização de soluções financeiras para apoiar o segmento, um dos maiores empregadores do País. O Banco atua na realização dos negócios em toda a cadeia produtiva, desde costureiras, designers e estilistas, até as grandes marcas da indústria e comércios de vendas de roupas, calçados e acessórios. As ações em relação à Moda e o patrocínio ao SPFW evidenciam, ainda, valores fundamentais para a instituição, como inclusão, diversidade, sustentabilidade e empreendedorismo.

da redação com informações do SÃO PAULO FASHION WEEK pela MKTMIX - Assessoria de Comunicação / MARRA COMUNICAÇÃO - Assessoria de Imprensa Santander (Cultura e Patrocínios)   imagens: fotos/divulgação

eventos & convenções

worldfashion • 18/05/21, 17:49

unnamedSão Paulo conta com diversos espaços de eventos e convenções destacamos nesta matéria dois deles. O Denim City São Paulo com uma extensa programação na próxima semana e o Centro de Convenções Frei Caneca que completa 20 anos, com o reconhecimento do mercado como um empreendimento multifuncional, com localização privilegiada na região da Av. Paulista.

DENIM CITY SÃO PAULO

photo-2021-05-17-15-18-03Um espaço com 4,8 mil metros quadrado, onde reúnem showrooms, coworking, 3 restaurantes e uma loja conceito a “Blue&Cool”. Ela é a segunda Denim City do mundo e a primeira fora da Holanda. É fruto da iniciativa de um grupo de empresários que foi buscar em Amsterdam, o modelo de empreendimento para fortalecer o setor no Brasil, preparando-o para os desafios do mundo contemporâneo com o objetivo de colocar sob o mesmo teto os principais agentes da indústria do jeans, formando um hub de inovação para desenvolver iniciativas para setor sustentadas pelos pilares da educação, sustentabilidade e conexão

Afirmando o seu papel de conexão inédita entre todos os atores da indústria do jeans no país, sediará na próxima semana de 24 a 28 de maio, os eventos de lançamentos de coleções de seus parceiros num trabalho colaborativo colocando a força do coletivo a serviço do setor, com o objetivo de facilitar aos convidados a possibilidade de melhores negócios com a praticidade de uma localização única.

photo-2021-05-17-15-18-05Serão quatro dias de programação especial com transmissão por Live Streaming no Youtube (Denimcitysp).

2 4 M A I O : S E G U N D A - F E I R A

1 0 : 0 0 – A b e r t u r a

1 0 : 2 0 – N o r b e r t o Z a i e t - Founder at Picea Value Investors, direto de Nova York: Possíveis cenários futuros

1 1 : 3 0 – H u g o O l i v o – CEO La Moda : Como juntos podemos apoiar as multimarcas

1 5 : 3 0 – T e n c e l ™ : Denim Consciente conectando circularidade e colaborações - Tricia Carey ( L e n z i n g ) e Jordan  Nodarse ( B o y i s h J e a n s )

1 7 : 0 0 – Decodificando o Vale do Silício - Pedro  Englert ( C E O S t a r t S e )

25  M A I O : T E R Ç A - F E I R A

1 1 : 3 0 – P u n c h M a s t e r : Bem  estar e saúde mental - Leo Fraiman

1 4 : 0 0 – C o v o l a n – Tendências do Denim & Jeans - Alexandra Farah, Ana Clara Garmendia e Thaísa Peralta (Covolan)

1 5 : 3 0 – S a n t i s t a : Tendências de Comportamento e Direções J e a n s w e a r - Sueli Pereira ( S a n t i s t a )

1 7 : 0 0 – T e c n o b l u – A Muqueca Brasileira – Cristiano Buerger ( T e c n o b l u )

photo-2021-05-17-15-18-102 6 M A I O : Q U A R T A - F E I R A

1 0 : 0 0 – L Y C R A ® : Conheça  em  primeira mão as inovações da marca LYCRA® para o mercado de Jeanswear - Melissa Stewart e Silvana Eva (The LYCRA Company)

1 1 : 3 0 – I C L A : On Life – Albino Rafael (Icla) - Maurício Lobo

1 4 : 0 0 – C a p r i c ó r n i o – CapriTrends Giuliana Castelo Branco

1 5 : 3 0 – C a n a t i b a : Novos  lançamentos Ivna Barreto ( C a n a t i b a ) e Over view de Inver no - Bia  Aidar

1 7 : 0 0 – O J e a n s d o B r a s i l - Beth Venzon - Gabriela Cirne Lima - Giuliana Castelo Branco - Jussara Romão

2 7 M A I O : Q U I N T A - F E I R A

1 1 : 3 0 – V i c u n h a : Descubra a cara do seu jeans – evento 100% on line

1 4 : 0 0 – P a l e s t r a M Y R + Sei Laser Denim Print - A nova era da customização digital no Mundo Denim – Franco Coin (MYR) e Júnior Soteras (Sei Laser)

A disponibilidade de acesso presencial será responsabilidade de cada empresa palestrante, mas a equipe DCSP estará atenta quanto à preservação das normas de saúde vigentes que o momento nos impõe. O evento terá inscrição prévia no eventbrite para evitarmos aglomeração. Inscrições no link da bio do Instagram @denimcity.sp

O DENIM CITY SP conta com o apoio das empresas de todos os elos da cadeia de produção: fios, tecidos, aviamentos, desenvolvimento, confecção, lavanderia e tecnologia são eles: Alcance Jeans, Audaces, Biotipo, Canatiba, Capricórnio, Checkpoint Systems, Consciência Jeans, CHT, GB Tecnologia e Sustentabilidade, Giassi, La Moda, Lycra®, Mega Polo Moda, Myr, Parizi Jeans, Santista Jeanswear, Tecnoblu, Tencel®, Vale Azul, Vicunha e Zune.

da redação com informações da DCSP  imagens: fotos/divulgação

CENTRO DE CONVENÇÕES FREI CANECA

fachada-logo-centro-de-convencoes-640x382Com localização privilegiada na região da Avenida Paulista, o Centro de Convenções Frei Caneca está instalado no 4º, 5º e 6º pisos do Shopping Frei Caneca. O espaço é totalmente climatizado, tem um teatro no 7 º piso, com auditório para 600 lugares, e faz parte de um empreendimento multifuncional  com um centro de compras com toda a infraestrutura de lojas e serviços, e estacionamento coberto para 1.350 vagas. Oferece quatro restaurantes do Espaço Gourmet que ficam no 3º piso além de boas e múltiplas opções da praça de alimentação do shopping, para promotores, expositores e visitantes, Inaugurada em maio de 2001, o empreendimento acaba de completar 20 anos e realizou com sucesso 2.794 eventos, recebendo cerca de 4,2 milhões de visitantes.

1O Diretor do Centro de Convenções Frei Caneca,  Winston Chagas, que também foi responsável por seu planejamento desde a obra inicial declara: “devemos alcançar um crescimento de cerca de 9%, em 2022,  11% em 2023, e agora, em 2021, teremos que superar as dificuldades e desafios frente à crise sanitária”, e destaca: “Podemos salientar que o reconhecimento do mercado e a realização de vários eventos - nacionais e internacionais - em nosso espaço são o retorno mais importante durante estes 20 anos de atividades. E o resultado desse reconhecimento é o que nos motiva a planejar, implantar e concluir todas as nossas ações com foco”.

dsc07924-640x480“Ao longo destes 20 anos, tivemos que assumir riscos e inovar para nos estabelecermos no mercado de congressos, feiras de negócios e de eventos diversos. Um grande desafio foi profissionalizar a equipe para oferecer aos nossos clientes um serviço altamente qualificado e que contribui efetivamente para o resultado de cada evento, porque sabemos que nossa maior conquista é manter o cliente tradicional no nosso calendário”, destaca Winston Chagas. E completa: “Alguns eventos mudam de espaço simplesmente porque crescem tanto no Centro de sala-2000-lug-640x4802Convenções Frei Caneca que precisam realizar suas novas edições em pavilhões maiores, cujos objetivos comerciais são voltados para este formato de feiras, mas mantemos com todas as organizadoras uma relação de parceria cordial e duradoura”.

A somatória de todos diferenciais, associados a uma administração qualificada e comprometida com os objetivos de cada cliente, resulta numa taxa média de ocupação do espaço de 74,8% e uma alta taxa de fidelização.

da redação com informações da Persona Consultoria de Comunicação  imagens: fotos/divulgação

DENIM SUSTENTAVEL

worldfashion • 24/04/21, 16:19

transformersfoundationlogonewA Transformers Foundation foi criada no início de 2020, para ser a voz unificada que representa a indústria do denim e suas ideias para mudanças positivas e fazer melhor e planejavam focar no primeiro relatório anual as recomendações sobre questões ambientais. Ser uma plataforma que faltava até então para a cadeia de suprimentos de jeans e um ponto central de contato para consumidores, marcas, ONGs e mídia que desejam aprender mais sobre ética e inovação sustentável na indústria.

Então aconteceu a crise do COVID-19, e as questões ambientais ficaram mais cruciais e a crise expôs a profundidade das rachaduras na cadeia de abastecimento.

Surgiu então uma rara janela de oportunidade que permitiu e possibilitou que marcas, varejistas e importadores priorizassem os contratos com empresas fornecedoras, que estejam focadas em ética e cuidado responsável das consequências ao meio ambiente e fazer a diferença !  A transformação da indústria do denim deve compartilhar lucros e riscos de forma justa em toda a cadeia de abastecimento. Em suma, o desrespeito e a exploração dos fornecedores significam desrespeito, exploração e demissões em massa de trabalhadores do setor de confecções.

A indústria do jeanswear é uma comunidade enérgica, tenaz e conectada que não apenas concorda que a sustentabilidade é vital, mas também vem trabalhando e investindo em soluções há anos. Nós sabemos o que é um verdadeiro recurso sustentável da indústria, seja uma declaração B2B ou B2C. A cadeia de suprimentos é aquela que investe em novas tecnologias, máquinas e sistemas sem os quais nada poderia mudar. Conhecemos as melhores práticas e sabemos quem as está implementando e quem não está. Vamos celebrar o que há de melhor na prática e “sugerir” aos consumidores, ONGs e Marcas e Varejistas que aceitem aqueles que se levantam.

A fundação representa a cadeia de fornecimento de jeans: de fazendeiros e fornecedores de produtos químico às fábricas de jeans. E tem como missão mover a agulha no desempenho sustentável por meio de compartilhamento aberto das melhores práticas:

- Incentivar, dar visibilidade e apoiar o progresso sustentável

- Desafiar o marketing ou alegações pouco claras e não sólidas

- Comemorar com transparência o melhor da classe e inovação

As áreas de foco são EDUCAÇÂO, COMUNICAÇÂO, REPORTAGEM  e CELEBRAÇÃO. Os eventos destinam-se a todos os interessados em diversos assuntos da indústria de denim, jeans e moda, desde energia e água até responsabilidade social, tecnologia e resíduos.

A Transformers ED é uma série de seminários educacionais voltados para estudantes e consumidores que desejam aprender sobre a cadeia de suprimentos do denim e entender o impacto ambiental em cada etapa da produção.

A Transformers Catalysts é um evento focado em abordar ativamente e facilitar a mudança em áreas-chave da cadeia de fornecimento de jeans para aumentar a sustentabilidade, onde destacamos os membros da cadeia de fornecimento de jeans com foco na redefinição das regras para o futuro.

As empresas que endossam a fundação

ALPARGATAS TEXTIL - ARVIND LIMITED - BOSSA - CALIK DENIM - CANDIANI SPA - CI JEANS - CONE DENIM - COVOLAN - CRESCENT BAHUMAN LTD - DDI DENIMDEL’ILE - DENIM EXPERT LIMITED - DIAMANTE AZUL - DIAMOND DENIM BY SAPPHIRE - DNM DENIM - ENVOY TEXTILES - EREKS-ERA-BLUE MATTERS - FABRICATO - FOSHAN FOISON TEXTILE LIMITED - GLOBAL DENIM - GRUPO BITOPI - HW / KURABO - KAIHARA DENIM - KALTEX - KILIM DENIM - KIPAS DENIM - KURABO INDUSTRIES LTD - MOU FUNG LIMITED - NAVEENA DENIM - NEELA BY SAPPHIRE FIBERS LTD - ORTA ANADOLU - PIZARRO - PROSPERITY TEXTILE (HK) LTD. - RUDOLF - SAITEX - SARTEX - TAVEX - EVLOX - TECIDOS ARTÍSTICOS E INDÚSTRIAS DE VESTUÁRIO (AFGI) - TECIDOS TÉCNICOS DE DNA - TEJIDOS ROYO - TONELLO - UCO RAYMOND - VICUNHA BRASIL - VICUNHA HOLANDA

transformerd-ed-brasil-logo-w-sponsorsNo último dia 21 de abril de 2021 em Nova York, a Transformers Foundation anunciou a Transformers ED Brasil com a colaboração da COVOLAN Denim e patrocínio da THE LYCRA Company. A edição do Transformers Education marca a continuação da expansão global da Transformers Foundation com todos os painéis e apresentações ocorrendo em Língua Portuguesa para um dos maiores centros de Denim do mundo, o Brasil.

Em sua quinta edição, aTransformers ED trará ensino a alunos e consumidores em torno das melhores práticas e inovação por meio de veteranos da indústria e palestrantes especializados. A Transformers Foundation acredita que a responsabilidade e a transparência começam a transformar os novos designers e profissionais de jeans com as ferramentas e o conhecimento de que precisam antes de entrar no local de trabalho.

Serão dois dias de conteúdo em português, focado no ensino em sustentabilidade e na cadeia de fornecimento do Denim, a Transformers ED Brasil oferecerá uma lista diversificada de palestrantes para apoiar nosso público brasileiro, abordando as inovações que estão sendo criadas pelos principais membros da comunidade Denim, mini “cursos intensivos” sobre tópicos que vão desde a fibra à produção de denim, e ajudará alunos e consumidores no Brasil a compreender as oportunidades e áreas de melhoria.

amo_denim_lead_test2“A resposta à nossa expansão global tem sido esmagadora com alunos de universidades e programas de moda na Europa, América Latina e Estados Unidos, participando de um curso intensivo completo e transparente sobre o estado da cadeia de fornecimento do Denim”, disse Andrew Olah, que está desde 1979 na indústria do jeans, e criou a Kingpins Show -  a primeira feira comercial da cadeia de suprimentos de denim em 2004 e foi fundador da Transformers Foundation. “Nesta 5ª edição, nos programamos para atender os alunos brasileiros, o que não poderia ser mais empolgante, já que o Brasil é um dos maiores polos de Denim do mundo. Nossa missão é preparar alunos de todo o mundo para entrar na indústria de jeans com uma compreensão completa das oportunidades e desafios enfrentados pela indústria de jeans.” completou

O Transformers Foundation convida você para o Transformers Education Brasil, com a colaboração da Covolan Denim(*) e com o patrocínio da The LYCRA Company (**)

Será apresentado em português, virtualmente, através do Zoom, nos dias 01 e 02 de junho com conteúdos focados no ensino sobre a Sustentabilidade e a cadeia de fornecimento do Jeans para o público brasileiro. É uma  oportunidade para os estudantes e consumidores brasileiros que poderão acessar os seminários liderados por especialistas.

O objetivo é prepará-los com conhecimento necessário sobre a indústria do Jeans de forma transparente e responsável.

6_transformers-ed-brasil-social-opt-b-640x640

PROGRAMAÇÃO:

Terça-feira, dia 01/06 e Quarta-feira, dia 02/06 das 10h00 às 12h30 - horário BRT

1º de Junho: Painéis e apresentações que levarão alunos e consumidores pela cadeia de fornecimento do Denim com foco na produção de tecidos. Os tópicos vão desde fibras como algodão, fio de elastano, fio de tencel e fibras diferentes até métodos de tingimento inovadores dos maiores especialistas da indústria no Mundo.

2º de Junho: Os painéis e apresentações que se concentrarão em peças de vestuário acabadas, incluindo tópicos que vão desde o papel dos produtos químicos sustentáveis, métodos de lavagem sustentáveis, certificações e o futuro do Denim responsável no Brasil.

Os palestrantes incluem: Júlio Cesar Busato, Abrapa; Andrew Olah, Transformers Foundation; Carlos Cazella, Bann Quimica; Murilo Oliveira, Rudolf-Soft Industria Quimica; Silvana Eva, Lycra Company; Fernando Valente Pimentel, Abit; Juliana Jabour, Lenzing; Maurizio Morosini, Tonello; Miguel Sanchez, Transformers Foundation; Mariana Santiloni, WGSN; Rodolfo Morais, Neotex; Thaísa Peralta, Hallan Davi, Gileade Guimarães, José Luiz, Covolan Denim; Jaqueline Devegili, Malwee Jeans; Julia Stolfo, Weslayne Scavacini, Lavanderia John Cler; Mariana Noto, ZDHC;

O programa completo estará disponível em breve.

Para se inscrever no evento GRATUITO, acessar o site: https://zoom.us/webinar/register/WN_u-3pJeIjQHuk2HVtXZbKfA

(*) sobre a Covolan - Fundada em 1966, a Covolan Denim® transformou-se de fiação e tecelagem em referência nacional e internacional em Sustentabilidade. Indústria Têxtil 100% Brasileira; a partir do ano 2000, dedicou-se à produção exclusiva de Denim, com finalidades que vão além do que extraímos do planeta como consumidores, mas também como podemos criar melhores mudanças com nossos produtos. A sustentabilidade está no DNA da empresa. Seu objetivo é criar um ecossistema Denim mais robusto, ético e responsável. A Covolan Denim atua fortemente nos três pilares da sustentabilidade: social, econômico e ambiental, sendo a única fabricante têxtil Denim do Brasil, membro associado do programa ZDHC, preocupada em atender aos requisitos e critérios em níveis mundiais para obter os certificados OEKO-TEX®STeP, OEKO-TEX® STANDARD 100, OEKO-TEX® DETOX-TO-ZERO, ISO 45001, ISO 14001 e ISO 9001. A Covolan Denim® cuida para o descarte ZERO de produtos químicos tóxicos, toda a água utilizada no processo produtivo é tratada através do moderno e novo tratamento de efluentes além disso, é utilizado nas coleções 100% o Corante índigo Bann Premium Zero Anilina. Sua responsabilidade é um processo eficiente, com fornecedores qualificados, time de pessoas capacitadas, órgãos certificadores que auferem os três pilares para entregar o melhor produto ao cliente.

(**) sobre a The LYCRA Company empresa que inova e produz soluções em fibras e tecnologia para as indústrias de vestuário e cuidados pessoais. Sediada em Wilmington, Delaware, a The LYCRA Company é reconhecida mundialmente por seus produtos inovadores, conhecimento técnico e suporte inigualável em marketing, e é proprietária de marcas como LYCRA®, LYCRA HyFit®, LYCRA® T400®, COOLMAX®, THERMOLITE®, ELASPAN®, SUPPLEX® e TACTEL®. O legado da The LYCRA Company iniciou-se em 1958 com a invenção do fio de elastano original, o fio LYCRA®. Hoje, a empresa está focada em agregar valor aos produtos de seus clientes, desenvolvendo inovações para atender às necessidades do consumidor por conforto e durabilidade.

da redação com imagens: fotos/divulgação

IN-MODE

worldfashion • 26/03/21, 16:03

235891025f0b6595467e2bd84442c721-602x388O IN-MOD (Instituto Nacional de Moda e Design), organização à frente de iniciativas como o Projeto Estufa (debate de moda e design como agentes de negócios), do São Paulo Fashion Week, incorpora a Economia Criativa em sua sigla e passa a ser denominada IN-MODE (Instituto Nacional de Moda, Design e Economia Criativa) e realizará, a 7ª edição do evento, nos dias 30 e 31 de março e 6 e 7 de abril, das 9h às 13h, e a roda de conversa será conduzida por criativos, empresários e economistas. O tema será  “Mudar como mudamos”, o evento desloca suas raízes, do São Paulo Fashion Week (SPFW), para uma edição 100% virtual transmitida pelo canal do Instituto no YouTube. Envolta pelo véu de aceleradas transformações comportamentais complementares à ascensão de novas tecnologias, a moda avança em sua relevância para os negócios, sociedade e novas economias.

festa-lancamentolivro-spfw-inverno2012-123lalalidiaO novo ciclo de encontros reúnirá players importantes do mercado com o propósito de instigar reflexões, diálogos, e, sobretudo, apontar caminhos e identificar recursos em função de um futuro que desejamos construir e habitar. Tecnologia e colaboração se mostram, cada vez mais, indissociáveis e, juntas, resultam em pontos de convergência cruciais de negócios, design e inovação. A mediação será feita pelas curadoras e idealizadoras (na foto acima ) à esquerda Graça Cabral, no meio Lala Deheinzelin e à direita  Lidia Goldenstein.

c5ca5b455a3d8f4a5d67464c717deffb-360x640Com o propósito de inspirar e transformar modelos e processos que não cabem mais ao modus operandi, os novos encontros de economia criativa trazem luz à aceleração da complexidade tecnológica, globalização, 5G e inovação divididos em oito talks, durante as duas semanas do evento digital.

Nos dias 30 e 31 de março, temas como cultura de inovação, ESG, mercado e bem comum percorrem os talks conduzidos por Alvaro Machado Dias (WeMind), Lindalia Junqueira (Hacking.Rio), Alberto Serrentino (Varese Retail), Renato Meirelles (Instituto Locomotiva), Francine Lemos (Sistema B), Miriam Rocha (Negócios Criativos), Cesar Paz (Unisys/POA Inquieta, Sergio Marcondes (Blend/Impact Valley) e o estilista Ronaldo Fraga.

Na semana seguinte, nos dias 6 e 7 de abril, inovação retoma ao palco nas vozes da estilista Flavia Aranha, Fernando Bertolucci (Suzano), Flávio Grynszpan (iCorpsBrasil), Lia Coelho (SciGrow), Ana Carla Fonseca (Garimpo de Soluções), Olivia Merquior (DACRI DEVIATI), Léo Rodrigues (VTEX), Cairê Moreira (Renner), Fred Gelli (Tátil) e Ricardo Catto (Chie e Grupo Anga).

Assim como em edições anteriores, as conversas do #7 IN-MOD serão disponibilizadas on-line de forma gratuita no canal do YouTube (Instituto INMOD) e integram a coleção de Cadernos de Economia Criativa do Instituto, braço institucional do Calendário Oficial da Moda Brasileira.

Link para inscrição do evento, via Sympla:  https://bit.ly/7EncontroEconomiaCriativa.

da redação com informações da PressPass imagens: fotos/divulgação

c3254c1fac73c1393899118cae30a2fb-640x6401

96abf5d5cef5f9227229c80471387919-640x6401

INSPIRAMAIS 2022

worldfashion • 04/02/21, 15:15

O evento mobilizará o mercado da moda, digitalmente até dia 26 de fevereiro , você encontra os lançamentos de materiais, inovações e reuniões com geração de negócios, palestras, lives e com marketplace de soluções e estantes virtuais com interação entre visitantes, expositores e compradores.

gerson-luis-berwanger-assintecal-640x427Na avaliação do presidente Gerson Luis Berwanger, da Assintecal - Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos, o Inspiramais Digital proporcionou um ambiente importante para apresentação de inspirações para a temporada 2022_I, lançamento de produtos e a ampliação do networking. “Os caminhos são esses. O Inspiramais é uma feira de futuro. Conseguimos fortalecer o relacionamento virtual num primeiro momento, expor produtos, fazer contatos e, como a plataforma segue disponível, .teremos o ambiente propício para a realização de negócios”, opina Gerson.

fernando-bello-cicb-640x427“O couro encontrou no comércio online uma plataforma de grande aceitação por parte dos públicos compradores. Assim, o Inspiramais Digital, e sua construção como marketplace, resultou em negócios, incentivo e informações valiosas para os curtumes participantes”, destacou José Fernando Bello, presidente executivo do CICB - Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil.

Já o presidente Fernando Pimentel da ABIT - Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção, fernando-pimentel-abit-640x361destaca que ainda há muitos contatos que serão feitos, por meio da plataforma do evento, como as rodadas internacionais. “O Inspiramais tem sido uma ótima vitrine para as empresas de insumos para moda, calçados e mobiliário”, observa.

Para a diretora executiva Cândida Cervieri da Abimóvel - Associação Brasileira das Indústrias do Mobiliário, o Inspiramais é o reflexo da conjugação de esforços, de potencializar a candida-cervieri-diretora-executiva-da-abimovel_01-640x480integração produtiva e, principalmente, de objetivos comuns que consolidam a parceria entre Assintecal, CICB, Abit e Abimóvel, que promovem o evento.  “Nossas indústrias se encontram através da moda. Ela nos une e é ela que faz o mundo girar, pois sempre nos espelhamos em alguém, seja no vestir, no calçar, no mobiliar nossas casas, escritórios e outras áreas do bem viver, nas tendências mundiais de comportamento e consumo.  Esse ‘sentimento de pertencimento’ faz da moda um negócio poderoso, rentável e universal”, afirma.

TENDÊNCIAS

inspiramais2_reproducaoO que é o futuro do produto de moda? Qual é a chave da transformação para esse mercado? Esses questionamentos guiaram o desenvolvimento da pesquisa de inspirações que conduziu ao tema da temporada 2022_II. Mantendo a tradição de antecipar o tema que norteará a próxima edição do evento, Walter Rodrigues, coordenador do Núcleo de Design, apresentou em detalhes o Futureproof.

inspiramais4_reproducaoPara Walter, a prova do futuro é ter relevância. Quantum e Hipervisual são as narrativas da próxima temporada. Quantum propõe um olhar poético sobre os acabamentos, inspirados na beleza, cor, brilho e energia dos cristais e gemas preciosas ou interpretando a coexistência simultânea de acabamentos antagônicos como brilho e fosco. Já Hipervisual conecta com o maximalismo, com a inspiração gráfica, e a ancestralidade. “Expressa a oportunidade de inovar e perpetuar saberes, se tornando relevante para o futuro”, analisa Walter. Na cartela de cores, estão o azul, o lilás e o amarelo. “Queremos iluminar o mundo. Entendemos que o futuro precisa ser iluminado.”

inspiramais5_reproducao1Walter Rodrigues falou sobre a metodologia da pirâmide de produtos e a sua importância no processo criativo. “Ela organiza as etapas de trabalho dentro da construção de uma coleção. É importante perceber que, quando organizamos a coleção, conseguimos ter um olhar mais assertivo para os produtos a serem desenvolvidos, numa forma mais global de pensá-lo dentro da empresa”, explica. O topo corresponde a 10% da pirâmide (representada atualmente pelo tema Antídoto). Observa o DNA da empresa e analisa as especialidades e o seu reconhecimento no mercado. “O desenvolvimento de produtos nos 10% conta com a ideia de contexto mundial e de observar novas tecnologias para o storytelling da coleção em busca de um produto para um consumidor autoral”, esclarece.

inspiramais3_reproducao1A segunda etapa corresponde a 30% da pirâmide, onde hoje está o tema Free Spirit (dividido em Modern Classicism e New Romantic). Analisa o ranking de produtos, tendências, passarelas, vitrines e viagens. “Existe variação de produto, mas com um olhar para o consumidor multiplicador. As ideias que eram difíceis nos 10% foram transformadas em projetos mais possíveis e começam a acontecer nessa fase”, conta Walter.

Na base da pirâmide (60%) está o tema Sincronia. “Nesse ponto, falamos de ranking, tendências remanescentes, hits da estação, uso de estoques, e, principalmente, de observar moldes consagrados em novas matérias. As coleções de clássicos, commodities e básicos têm seu lugar aqui, observando um consumidor de massa”, finaliza.

foto-01-walter-rodrigues-640x427A pirâmide de Maslow, é um conceito muito interessante que explica as necessidades humanas, foi criado na década de 50 pelo norte americano Abraham H. Maslow (1908-1970), psicólogo e referência na Psicologia Humanista, ele considerou que a perspectiva de satisfação das necessidades é o que gera a força motivadora nos indivíduos. As mais básicas (base da pirâmide) é considerada como necessidade para a sobrevivência, seguindo em direção ao topo, deparamos com mais complexidades que são necessárias para alcançar a satisfação pessoal e/ou profissional. Esta ferramenta é frequentemente aplicada no marketing para ajudar a entender as motivações e desejos aplicáveis em vários segmentos.

Na coletiva com a imprensa, colocamos a questão de como entendemos a pirâmide nas necessidades de produção e concordamos que a  BASE: são as matérias prima (fibras/fios) (60%), o MEIO: Máquinário e Equipamentos (30%) e o TOPO: Inovação (10%), mas Walter Rodrigues ressalta que dentro da base (matérias prima) existem as subdivisões por tipos de origens como os naturais, animais, artificiais, sintéticos e os sustentáveis.

inspiramais_reproducao

PROGRAME - SE

A plataforma permanece ativa durante o mês de fevereiro, e todas as quartas-feiras haverá palestras inspiradoras. As rodadas de negócio nacionais foram divididas de acordo com os materiais. De 1º a 5 de fevereiro, são as rodadas de Sustentabilidade e Materiais de Segurança. De 22 a 26 de fevereiro, ocorrerão as de negócios de Materiais de Moda para Calçado e Confecção, e de 2 a 6 de março,  estão programadas as de Materiais para Móveis. Já as rodadas internacionais vão acontecer de 8 a 12 de fevereiro. Para conferir a programação completa, clique em www.inspiramais.com.br

da redação com informações da assessoria  Critério   imagens: fotos/divulgação

INSPIRAMAIS + TÊXTIL EM 2021

worldfashion • 15/01/21, 12:15

822-junho-2019

O Salão iniciou há 12 anos,  com um programa de pesquisa de comportamento, base da consultoria do Núcleo de Design do Inspiramais, para as  empresas expositoras do salão, com o objetivo de auxiliar o desenvolvimento de materiais, e a ampliação de negócios com outros setores da moda.

No decorrer do desenvolvimento dos materiais, são realizadas palestras de inspirações abertas aos fabricantes de produtos acabados de moda, antecipando o tema que será apresentado nos dias do evento.

831-junho-2019O salão apresenta os materiais desenvolvidos com base na pesquisa e mais os projetos especiais que fomentam inovação e sustentabilidade. Apresenta um conteúdo para inspirar os visitantes e ainda realiza palestras com especialistas e rodadas de negócios nacionais e internacionais conectando compradores e os expositores.

O programa é uma referência para o mercado por reunir informações que unificam a linguagem e uma metodologia para toda a cadeia produtiva da moda em um único espaço.

837-junho-20191E neste ambiente o têxtil vem crescendo a participação no evento, para atender os 30% dos visitantes, que são do mercado de moda, marcas e confecções. Assim nesta próxima edição terá um espaço exclusivo de materiais têxteis para confecção. A apresentação das empresas têxteis participantes será de forma segmentada: materiais ligadas à sustentabilidade, funcionais e técnicos, os denins e os materiais de performance.

_ero5275hr-427x640“É no Inspiramais que a moda começa, aqui é um lugar de pesquisa e negócios. Estamos inspirados para receber as fiações, tecelagens e toda a cadeia do vestuário no Inspiramais Têxtil!”, comenta Walter Rodrigues, um dos curadores do projeto, ao lado de Rodrigo Zen.

“O Inspiramais nasceu do setor calçadista, mas ao longo dos anos vem ampliando o número de empresas do setor têxtil que participam para fazer negócios e buscar inspirações”, observa a consultora do Inspiramais, Mayra Montel.

mayra-montelAlém do espaço exclusivo para apresentação de materiais têxteis, o segmento também é contemplado pelo projeto +Estampa, que convida estúdios de design de todo o país a participarem desenvolvendo estampas exclusivas, que trazem elementos da cultura brasileira.  “A moda está em tudo: na decoração, no sapato, na roupa e o Inspiramais está unindo tudo isso”, destaca Mayra.

Empresas como  Advance Têxtil, Aradefe, Altero, Castanhal, Brand Têxtil, Coltex, Covolan, Estrela Aviamentos, Lancaster, Macias, Perfeitos Acessórios, Rhodia, Sprint Têxtil, Tecnoblu entre outras expositoras estarão presentes nesta edição do evento. entre outras expositoras estarão presentes na próxima edição do evento.

fernando_pimentel-460x300“O Inspiramais é um momento ímpar de lançamento das melhores propostas e sugestões para que as empresas desenvolvam seus produtos e serviços para atender de forma adequada, sustentável, tecnologicamente avançada o mercado e seus clientes”, avalia Fernando Valente Pimentel, presidente da Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit).

ilse_salto-15-427x640O Inspiramais sob a superintendencia de Ilse Guimarães, conta com a promoção da Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos (Assintecal), da Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit), Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB), Associação Brasileira das Indústrias do Mobiliário (Abimóvel), Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), através do projeto By Brasil, Components, Machinery and Chemicals e apoio das principais entidades setoriais do país como: Abest ( Associação Brasileira de Estilistas), Abiacav (Associação Brasileira das Indústrias de Artefatos de Couro e Artigos de Viagem), Abicalçados( (Associação Brasileira das Indústrias de Calçados),  In-Mod (Instituto Nacional de Moda e Design), IBGM (Instituto Brasileiro de Gemas e Metais Preciosos), IBB (Instituto By Brasil), ABVTEX (Associação Brasileira do Varejo Têxtil), Ápice (Associação pela Indústria e Comércio Esportivo), Abrafati (Associação Brasileira dos Fabricantes de Tintas).

Para se credenciar basta acessar: https://inspiramaisdigital.com.br/home/

da redação      com imagens/fotos divulgação

Santista Jeanswear na Casa de Criadores

worldfashion • 25/11/20, 17:42

1-480x640Na 47ª edição da Casa de Criadores a Santista Jeanswear, que sempre esteve envolvida com o evento apoiando os estilistas, esse ano deu um passo a mais e integra o time de patrocinadores, ontem 24/11, apresentou um desfile próprio especialmente para selar a sua participação nesse evento. Os looks exclusivos criados por 15 estilistas convidados: Bispo dos Anjos, Dendezeiro, Diego Gama, Estúdio Traça, Felipe Fanaia, Heloisa Faria, Igor Dadona, Jal Vieira, Jorge Feitosa, Tom Martins, Matheus Cardoso, NotEqual, Renata Buzzo, Rocio Canvas e Weider Silveirio. O styling com a assinatura de Dudu Bertholini e a direção de arte e fotos pelo time do Estúdio Clava.

bispo-dos-anjos-1-santista-jeanswear-modelo-gama-512x640diegogama-1-santista-jeanswear-modelo-yvson-512x640As peças foram criados pelos estilistas à partir dos tecidos da Santista Jeanswear, uma das maiores fabricantes do autêntico denim  e dos stretch, com toque e power aos 100% algodão no país e todos inseridos nos mais altos processos de sustentabilidade, e a nova linha Bio Protect, tecido com proteção antiviral capaz de inativar o novo coronavírus com uma eficiência de 99,8% em jeans e sarja. Acesso ao desfile no link https://bit.ly/37afBFM

3-480x640“Para este projeto selecionamos os tecidos que vão de encontro os principais atributos percebidos pelo consumidor hoje: Conforto tanto no toque quanto na elasticidade em produtos que ultrapassam 50% de stretch, a busca por Proteção da linha Bio Protect antiviral nas bases adequadas para dentro e fora de casa. A linha Upcycle que representa os tecidos mais sustentáveis do Jeanswear e os Autênticos valorizando as características originais do denim, reedição dos melhores denims da Santista”, conta Sueli Pereira, gerente de comunicação e moda.

A Santista Jeanswear é marca de origem brasileira criada em 1929, é uma das principais produtoras do autêntico denim no país e tecidos para roupas profissionais.  Com um posicionamento que se estende do mercado nacional ao internacional, apoiando seus clientes com equipes especializadas de consultoria de produto, moda e lavanderia. Reconhecida por 23 anos renata-buzzo-2-santista-jeanswear-modelo-tauane-santos-512x640como a marca TOP OF MIND de uniformes no Brasil.

A Santista Jeanswear traz em seu DNA inovação, sustentabilidade e tradição em coleções atualizadas com as tendências globais e produtos tradicionais e tecnológicos para uniformização.

* A Casa de Criadores é o maior evento dedicado à moda autoral brasileira e lançador de novos talentos. Seguindo o calendário de lançamento de coleções (primavera/verão e outono/inverno) o evento acontece duas vezes por não na cidade de São Paulo. Surgiu em maio de 1997, quando um grupo de jovens estilistas decidiu, em parceria com o jornalista André Hidalgo, promover um evento para lançar suas novas coleções.

nota-andre-hidalgo-31

O objetivo principal era o de criar um espaço que permitisse a estes estilistas uma proximidade maior com o mercado da moda brasileira. Desde o começo o foco sempre foi a criação autoral genuína e a revelação de novos talentos que, a partir do evento, tivessem a oportunidade de impulsionar suas carreiras. Dessa iniciativa surgia um evento que se transformou, no decorrer de sua história, na principal e mais visível vitrine da criação da moda brasileira.

Centrado, inicialmente, num movimento nascido na cena underground paulistana que aliava moda, comportamento e música eletrônica, a Casa de Criadores ampliou seu universo e foi incorporando estilistas e criadores de outros estados brasileiros – nos mais variados estágios de carreira.

a 47ª edição termina na próxima sexta feira dia 27 para acompanhar click https://www.casadecriadores.com.br

da redação com informações da Helena Augusta Assessoria de Comunicação    imagens: fotos/divulgação