collab Reserva com a americana Lee.

worldfashion • 12/07/18, 14:50

341127_805253_0229_reserva_lee_9r_web_O velho e bom índigo não envelhece, rejuvenesce com o tempo e, a cada ano, aparece mais novo do que nunca. Criado para durar, o jeans tem hoje o status de roupa universal: a mais prática e democrática de que se tem notícia. É versátil, confortável e reflete as necessidades de quem usa. Hoje, sempre e, provavelmente, para sempre.

341127_805249_0229_reserva_lee_5r_web_A Reserva + Lee celebram o jeans em sua essência: modelagens clássicas, acabamentos especiais e lavagens exclusivas. O casamento de estilo entre as marcas uniu o lifestyle Lee com um jeito Reserva de ser, com destaque para a desconstrução de peças que fizeram parte da memorabilia fashion da marca estadunidense, adaptando itens clássicos a padrões atuais, sem perder o perfume vintage.

341127_805248_0229_reserva_lee_1r_web_A primeira coleção de uma das marcas símbolos da cultura americana com uma grife masculina brasileira traz: overshirt, jaquetas, moletons, camisetas e até um macacão com construção icônica dos anos 50. 341127_805257_reservalee_camisetamm_web_341127_805256_reservalee_camisetajd_web_Os emblemáticos aviamentos brilham nas peças especiais marcadas pelo universo colorido do Pica-Pau, incluindo a mistura de botões e rebites – além da histórica etiqueta de couro legítimo com a logo Lee marcada a fogo.

O white denim, sem a pigmentação índigo, mantém toda a versatilidade do seu irmão azul e surge ainda mais cheio de personalidade na coleção desta collab.

341127_805255_0229_reserva_lee_23r_web_341127_805259_reserva0133ok_web_Ícones do estilo old school nem mesmo Marilyn Monroe e James Dean ficaram de fora. A dupla é lembrada numa linha de camisetas com estampas de fotos clássicas de ambos usando suas inconfundíveis calças e jaquetas jeans.

341127_805254_0229_reserva_lee_12r_web_1da redação WF     fonte: Multifato Comunicação     fotos: divulgação

Novo presidente da TOK & STOK

worldfashion • 10/07/18, 11:40

hist_anos70A Tok&Stok surgiu em 1978, fruto do empreendedorismo do casal, Régis e Ghislaine Dubrule, recém-chegado da França ao Brasil.

Presente em diversos estados do Brasil, e também no Distrito Federal, com lojas distribuídas em várias cidades brasileiras, a Tok&Stok é referência em móveis e decoração no Brasil.

Design de qualidade, produtos exclusivos e o oferecimento de soluções práticas para o dia-a-dia fazem parte do conceito da Tok&Stok, que procura sempre aliar desenho arrojado a bons preços.

Agilidade e criatividade são inerentes à filosofia da empresa, o que pode ser comprovado pelo ritmo de lançamento de produtos: mais de oito produtos novos são colocados por dia nas prateleiras, contabilizando uma coleção de mais de 12 mil itens inspirados nas últimas tendências internacionais em decoração.

img-1A exclusividade de grande parte dos móveis que compõem a coleção é um ponto forte da Tok&Stok.

A parceria com designers nacionais e internacionais tem como resultado produtos com design de qualidade a preços acessíveis, onde é possível adquirir uma peça assinada por um preço convidativo.

Além disso, a Tok&Stok também conta com a simplicidade e a vanguarda dos inúmeros produtos funcionais da categoria T&S Design, marca registrada das criações do time de designers da empresa, sempre atenta às necessidades e mudanças de hábito dos consumidores.

Um Conceito Inovador do prazer de comprar, ao entrar em uma Tok&Stok o consumidor tem a sensação de estar passeando em um shopping, onde é possível encontrar tudo para casa ou escritório, em um ambiente confortável, para tornar o ato de comprar, um prazer.

img_1677Nas lojas, a praticidade é traduzida pela disponibilidade de grande parte de seus itens para retirada imediata e no cuidado com a apresentação dos produtos.

Dentro do conceito de “Pronta Retirada”, a Tok&Stok oferece ao cliente embalagens seguras e toda a estrutura para o transporte de produtos por conta própria, no porta-malas do automóvel. São móveis empilháveis e desmontáveis, fornecidos em caixas de dimensões e peso limitados.

Ao oferecer duas modalidades de venda, “Preço Casa” ou “Preço Loja”, diferenciando os custos de entregas dos custos do produto, a Tok&Stok propõe a ao cliente, poder optar por uma economia suplementar realizando o transporte e a montagem por conta própria ou, escolher a comodidade do serviço.

Processo de sucessão

daniel-sterenbergpan_45279-483293Segundo Daniel Sterenberg, managing director do Carlyle, o processo de sucessão foi iniciado há mais de um ano, com Luiz Fazzio que assumiu o cargo de CEO,  substituindo Ghislaine Dubrule, que participou desde o início da gestão da empresa fundada por seu marido, Regis Dubrule. (na foto de Eduardo Beins Ely), com o marido e o filho Paul Edouard Dubrule. Ela, continua participando da empresa, como membro do Conselho, se tornou CEO após a aquisição do controle da Tok&Stok pelo Carlyle, em 2012. Na ocasião Daniel disse, “Buscamos um executivo com profunda experiência no varejo, que combine o legado dos fundadores e um modelo de ´one stop shop´, posicionando a empresa para o próximo ciclo de crescimento da economia.”

ivan-muriasLuiz Fazzio foi  sucedido no último dia 29 de junho de 2018,  pelo atual Diretor Executivo de Planejamento Estratégico, Ivan Murias. Com mais de 18 anos de experiência no varejo em empresas de grande porte como C&A, BRMALLS e Grupo Boticário, o executivo terá a missão de dar continuidade ao plano de crescimento da Tok&Stok para refletir o enorme potencial da marca, referência em design de móveis e objetos de decoração.

da redação do WF   fonte: MktMix Assessoria de Comunicação   fotos: divulgação

Varejo no século 21

worldfashion • 04/07/18, 10:56

patricia-cotti-diretora-vogal-do-ibevar-e-diretora-de-conteudo-da-acad-413x640Patrícia Cotti, Diretora Executiva do Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo – Ibevar, conversou com exclusividade com a World Fashion Revista, destacando alguns pontos relacionados a um dos principais temas que dizem respeito ao varejo no século XXI, o digital. A executiva destaca que especialistas da área que palestraram na edição de 2018 da NRF – Retail´s Big Show, em abril último, em New York, trazem como ponto chave de discussão hoje a “Experiência do Cliente”, o que se verifica em todos os campos do consumo e, logicamente, na moda.

Vale lembrar que o Ibevar é um instituto sem fins lucrativos que visa congregar os profissionais varejistas, por meio de conteúdo, networking e negócios, de forma a agregar em suas carreiras e crescimento de mercado.

Dentro do pilar de conteúdo, o instituto possui uma série de pesquisas realizadas em conjunto com o pessoal da USP, como Intenção de Compra, Intenção de Compra na Internet, Prevenção de Perdas, e o Ranking.

Este ano, segundo a executiva, o ranking conta com destaque especial para seus cortes de eficiência e imagem. “Muito além do faturamento, é importante entender quais empresas são destaque do ponto de vista do mercado (imagem) e quais são as mais eficientes na alocação de seus recursos. Isto porque, o faturamento por si só, é muito vazio para que se consiga entender as dinâmicas varejistas”, observa. Os principais e maiores em faturamento, segundo Patrícia Cotti, estão a “anos luz do que a maior parte do mercado consegue desenvolver, por número de lojas e investimentos necessários”, comenta. Na visão da executiva, os grandes benchmarkings estão geralmente relacionados a menores operações.

compras-sacola-1-750x430-2Com exclusividade para a World Fashion Revista,  a executiva do Ibevar apontou os novos direcionamentos para o varejo brasileiro de moda, assinalando as perspectivas na área digital, levando muito em conta também o relacionamento humano visando aos negócios.

WORLD FASHION – É possível a aplicação da tecnologia digital para o pequeno varejo de moda, a exemplo das grandes redes, que já estão adiantadas?

PATRÍCIA COTTI – Certamente. Um marketplace é uma plataforma digital e é a principal inovação que permite a qualquer varejista vender por elas. Os grandes varejistas de moda já são esse local, formando um marketplace para operar na venda de seus produtos. Uma empresa que vende pelo canal digital – pode ser uma confecção que vende diretamente aos clientes ou uma loja de varejo – é conhecida como seller e pode operar na plataforma que escolher. Um seller é uma pequena ou média empresa, que utiliza a plataforma digital de um grande e-commerce, para captação de suas vendas. Este movimento tem sido feito também pelas indústrias, que aos poucos enxergam este canal como uma nova possibilidade de venda em volume, direto ao cliente final.

maiores-varejistas-brasilW.F. – Como um seller pode estar presente numa plataforma?

P.C. – O seller é responsável por toda a operação de seus produtos num marketplace: estoque geral e por grades, precificação de cada item, bem como sua comunicação promocional e logística. Para uma confecção que não tem a experiência de venda ao consumidor – um varejista já tem –, o desafio é maior na gestão de sua oferta/estoque, principalmente para prever a demanda. O cliente responde e é necessário atender rapidamente, ou seja, entregar rapidamente com eficácia. Esse é o maior desafio num marketplace: prever a demanda. Da mesma maneira, um seller pode decidir estar em vários marketplaces.

W.F. – Podemos entender que um marketplace funciona tanto para a venda direta quanto para a comunicação de um seller?

P.C. – Sim. Existem agências que operam no digital – as grandes têm também equipes para outras mídias – mas há aquelas menores especializadas na mídia digital. Essas agências podem assessorar um seller, tanto para configurar a oferta quanto para fazer a comunicação da marca naquele marketplace. Se uma empresa – confecção ou varejista – quiser operar no digital é preferível que use uma agência e faça parte de um marketplace do que entrar numa plataforma só dela.

ranking2W.F. – Podemos comparar um marketplace – plataforma digital – com um shopping center – plataforma física?

P.C. – Sim. Um shopping tem várias lojas que vendem e fazem suas ações promocionais naquele espaço. Um marketplace também, só que sua comunicação vai até os clientes, onde estiverem.

W.F. – Quais são as perspectivas para um futuro que está às nossas portas?

P.C. – O Comitê de E-commerce e Marketplace do Ibevar discute seriamente como levar o toque humano (human touch) para uma geração que nasceu já digital. O digital era só um canal de comunicação. Hoje o cliente digital está exigindo o toque humano, como por exemplo, o video live (vídeo ao vivo), por meio do qual o vendedor fala diretamente com o cliente na tela do smartphone.

O comitê está estruturando cursos para capacitar os varejistas na operação eficaz de um marketplace e seller, bem como fóruns abertos destinados a esclarecer os assuntos. Os interessados devem enviar mensagens manifestando interesse em participar para o contato@ibevar.org.br ou ligar para (11) 3894-5022.

da redação WF - Tadeu Dix        fotos:divulgação

Torcida pelo Brasil com estilo

worldfashion • 13/06/18, 17:03

O momento é torcer pelo Brasil e, nesta época tão esperada pelos fãs do futebol, o que não pode ficar de fora são as cores da bandeira nacional presentes dos pés à cabeça. Pensando nisso, diversas marcas prepararam coleções exclusivas para vibrarmos pela seleção em grande estilo.

lcmbuh4085lcmbuh4123A BÜH, marca masculina com conceito fashion soccer, tem dicas perfeitas para todos os brasileiros aproveitarem o campeonato mundial com muito estilo. São camisetas, bonés e até cachecol que dão aquele destaque especial no meio da torcida.  A World BÜH está disponível no site www.usebuh.com.br e também na loja localizada na Rua Itapeti, 572 – Tatuapé/SP.

BÜH  assessoria: Lilica Cesar de Mattos Assessoria de Imprensa

339424_799068_img_5903_web_339424_799067_img_5808_web_A Renata Alhadeff e a Fernanda Niemeyer da  A.Niemeyer, marca paulistana (à direita) desenvolveu uma coleção cápsula da Copa para Shop2gether, são 6 modelos diferentes entre blusas e bodys, em diversas variantes de cor.

339330_798530_capa_web_339330_798522_andrea_bogosian__3__web_A Andrea Bogosian (abaixo) preparou uma coleção exclusiva para as torcedoras. As t-shirts com corte V e as blusas de manga comprida nas cores da bandeira nacional podem compor um conjunto básico. Já a jaqueta bomber com gola alta e babados nos ombros unida à legging com pezinho transformam a combinação em algo descontraído e esportivo.

As peças estão a venda nas lojas da Rua Joaquim Antunes, Shopping Iguatemi e na Farfetch.

339630_799964_colcci_camiseta_copa_do_mundo_estampada___r__138_00_web_Nas lojas Colcci e também no e-commerce da marca, uma coleção com de camisetas estampadas (abaixo), vestido curto e moletom – todas nas cores da bandeira nacional. Vale a pena conferir

339323_798402_forum_copa_do_mundo___r_167_web_A Forum (à esquerda) apresenta uma coleção cápsula para os brasileiros torcerem pela Seleção. A coleção traz as cores da bandeira nacional e possuem toda a qualidade da marca. As novas peças já estão disponíveis para venda nas lojas físicas e no e-commerce da marca.

339618_799906_ilustraa_a_o_ekaterina_churakova__2__web_A  Alphorria convidou a artista Russa Ekaterina Churakova para criar ilustrações exclusivas para as mídias sociais da marca. A designer e ilustradora produzirá três instaseries (à direita) com ambientações inspiradas nos pontos turísticos de Belo Horizonte.

Os resultados inéditos desta parceria Eslavo-Brasileira estarão nas mídias @alphorriastore e @alphorria.

No período dos jogos, os seguidores destes perfis irão concorrer à kits exclusivos #torcidaunidaalphorria com powerbank personalizado, meia temática Puket e pipocas gourmet da Pipô.

339279_798199_replay___lata_e_camiseta_05_web_A Replay, marca italiana de jeans premium, apresenta coleção cápsula exclusiva para essa Copa (à esquerda). Relembrando as origens do nome da marca, quando Claudio Buziol, o fundador viu a palavra “REPLAY” na tela da TV durante a Copa do Mundo de 1978, a coleção resgata o amor pelo futebol com um mood vintage.

O modelo traz o logo da maxi da Replay em estampa destonada, nas opções de cores da bandeira do Brasil (verde e amarelo). A Camiseta é acompanhada por uma lata personalizada da marca.

marcas acima  assessoria: MktMix Assessoria de Comunicação  fotos: divulgação

skazi-jaqueta-costasJá a Skazi  à direita) aposta na ideia e lança uma bomber jacket superconfortável, toda em telinha, com as cores da nossa bandeira. Detalhe para a possibilidade de customização do item. Ele pode ser personalizado com as iniciais da cliente ou de seu jogador preferido, o que proporciona ainda mais identidade ao look. Já para quem não abre mão de um estilo mais sensual, a sugestão é o body, que valoriza as curvas e ainda pode ser combinado com calças, saias e shorts.

regina-salomao-ph-fred-viana-3A Regina Salomão (à esquerda) com uma coleção cápsula da Copa do Mundo, traz vários modelos que imprimem a cultura nacional e a paixão do povo brasileiro pelo futebol. Blusas, jaquetas e bodies exclusivos conectam o streetwear a um estilo que mistura o sexy e o cool.

Skazi e Regina Salomão assessoria: Benedita Comunicação

wesley_safadao_haquette_clipe1A Cup Collection da Haquette de Gilberto Franklin, traz nove modelos de polos e t-shirts, que vestem os manequins P, M, G, GG e EXGG. Com designs e estampas arrojadas e modelagens diferenciadas, as peças garantem um visual alegre, vibrante e estiloso, para combinar com o clima que envolve o imaginário dos aficionados por futebol, durante a Copa do Mundo. Além do Brasil, a coleção traz looks com cores de outras nações como Argentina, Portugal, Alemanha, França, Inglaterra, Espanha e Uruguai. Entre os modelos da seleção brasileira, destaque para a camisa polo utilizada por Wesley Safadão, (foto à direita) garoto-propaganda da marca, na gravação do clipe “Eu e a Torcida do Brasil”, lançado no último dia 25 de maio em parceria com o cantor Xand Avião. Procure no e-commerce www.haquette.com.br   CUP assessoria: Capuchino Press

camisetas-copa-do-mundo-2018-4A proposta de transformar as camisetas em um segundo uniforme dos torcedores brasileiros, A M.Pollo sugere 6 modelos nas cores preta, amarela, azul e branca. Dentro da tendência da logomania, os anos em que o Brasil conquistou o mundial – 58, 62, 70, 94, 02 e, na previsão otimista, 2018 – aparecem em fontes diferentes compondo um mosaico harmonioso e movimentado. O respeito à seleção pentacapeã é pedido em letras maiúsculas e em inglês, “Brazil respect my 5 stars”.   Assessoria: Valliosa

imagem_release_1312276A torcida pela seleção será ainda mais alegre e colorida com o do Kit Copa, composto por três esmaltes e uma cartela de tatuagens para nail art, esse Kit Copa é uma edição limitada. Ele traz as cores da bandeira do Brasil: Cremoso Look Verde, que representa a esperança na nossa seleção; Cremoso Look Amarelo, simbolizando a criatividade do futebol; Glitter Brasil, com partículas verdes e amarelas que remetem a alegria por torcer por nosso país; e Tattoos para Unhas com estampas bem estilosas para incrementam ainda mais o visual. Na loja virtual: www.mariapomposa.com.br - SAC: (11) 2746-7942 - sac@mohda.com.br - Site: www.mohda.com.br nas redes    Mohda assessoria:  SV Assessoria em Comunicação   foto:divulgação

petz-futebol-449x6401Os pets também vão entrar no clima da Copa do Mundo. A dica do groomer premiado William Galharde, gerente de estética da Petz, é criar looks com bandanas, laços, pompons, gravatinhas, roupinhas, acessórios e mechas com as cores da Seleção Brasileira. “Sempre com muito conforto aos pets, pensando no bem-estar deles. O visual deve ser harmonioso, mas é preciso se preocupar com o bichinho. Alguns não se estressam com nada e podem usar adereços, roupas e apliques, enquanto outros não suportam nem um pequeno laço”, orienta Galharde.

Dicas e cuidados

1 – Gravatinhas e bandanas

Dão um toque no visual e são fáceis de usar. Sempre retirar o acessório após algumas horas de uso, principalmente à noite, para não machucar o pescoço do pet.

2 – Laço

Os enfeites maiores são mais fáceis de colocar. Usar apenas nos pets que estão acostumados e gostam. Para aqueles que não suportam, é melhor fazer uma tosa e esquecer os acessórios.

3 – ‘Camisa da Seleção’

Roupinhas que imitam a camisa dos jogadores devem ser de tecidos leves e confortáveis, que não comprometam o movimento dos bichinhos.

4 – Elásticos e pompons

Na hora de colocar, segure só o pelo do alto da cabeça e ponha o elástico com cuidado. Na hora de retirar, use uma tesoura pequena para cortar o elástico, em vez de puxá-lo. Assim, o pelo fica preservado e não machuca o pet.

5 – Escovação

Retirar enfeites e roupinhas à noite, principalmente para os cães de pelo longo, para fazer a escovação e evitar a formação de nós na pelagem.

Pet Marginal assessoria: Target | Estratégia em Comunicação   foto: divulgação/Lionel Falcon/Petz

Concept Store B&W PAIR

worldfashion • 08/06/18, 16:39

img_3492-640x427

A empresa PAIR começou há dois anos e meio, com as vendas concentradas nas cores branco e preto, e agora se prepara para engressar em criações de coleções atemporais e fora de qualquer calendário.

1h3a3764-427x6401h3a4475-427x6401h3a4747-427x640

foto-carla“Tudo que fazemos, fazemos internamente. Somos uma equipe de apenas quatro pessoas. A ideia vem, executamos e quando fica pronta, apresentamos. Não seguimos calendários, vamos por exemplo lançar três coleções em sequência.”, explica Carla Ribeiro, empresária e proprietária da Pair.

A multimarca continuará trabalhando com seus parceiros. “Fortalecemos grandes marcas aqui e pretendemos continuar com esse trabalho com parceiros que acreditamos e admiramos. Visamos cada vez mais estreitar esses laços e criarmos em parceria histórias exclusivas em preto e branco.”, completa Carla.

img_3486-640x427img_3476-640x427img_3494-640x427img_3495-640x427

A segunda coleção foi desenvolvida em 100% linho para atender homens e mulheres e pode ser encontrada no novo endereço à Rua da Consolação, 3387, nos jardins.

da redação World Fashion Revista      fonte: Claudio Neves    fotos: divulgação

Black West do Grupo XT Têxtil

worldfashion • 30/04/18, 11:40

1-483x640

Conforme já divulgamos a Black West, fundada em 2013, por Eduardo Cristian e Julio Zhou, dois jovens empreendedores tem gestão jovem e muita atitude, como quando Eduardo Cristian, que tinha experiências em vendas, inclusive em moda masculina, estava em um momento de vida um pouco conturbado e de mudanças quando teve a ideia de criar uma eduardo-cristian-e-juliomarca que desenvolvesse as roupas que os lojistas  e os consumidores desejavam, mas as confecções não atendiam. Com muitas ideias na cabeça e sem dinheiro para começar o negócio, criou a coleção, fez peças pilotos e bateu na porta de uma empresa em busca de parceria, pois não tinha capital para comprar os tecidos, Em quinze dias, o jovem Julio Zhou, CEO da empresa XT Têxtil, propôs parceria e investimento na criação da marca.

Nestes primeiros cinco anos da marca foram investidos R$ 60 milhões. Com faturamento de R$ 40 milhões em 2017 e projeção de crescimento de 20% para 2018, a  Black West, fundada em 2013, traça estratégia para se tornar a maior marca de moda masculina do Brasil até 2025.

2-483x6401Com gestão moderna comandada pelos dois jovens empreendedores Julio Zhou e Eduardo Cristian a Black West em cinco anos no mercado saltou de 3 mil peças/mês para 120 mil peças/mês. Com foco em uma moda atemporal e que atenda as necessidades e desejos dos homens contemporâneos que querem se vestir confortavelmente e com estilo nas mais diversas situações do dia a dia a marca conta com 1.200 peças em seu mix de produtos e realiza lançamentos diários.

4-483x640Para se tornar a maior marca de moda masculina do país até 2025, a Black West, do Grupo XT Têxtil, pretende investir R$ 10 milhões somente nesse ano.

Atualmente com 7 lojas próprias em São Paulo e presente em multimarcas e monomarcas em todas as regiões do país a Black West pretende abrir mais 23 lojas.

A coleção é composta por calças, camisas, polos e camisetas em materiais como jeans, malha, moletom e tecidos diferenciados e exclusivos. A Black West sempre investe em estampas pouco exploradas no universo masculino. A cartela de cores para a estação destaca preto, mesclas, branco e marinho. Semanalmente a marca lança novos produtos que se juntam a coleção principal.

da redação do WORLDFASHIONREVISTA      fonte: assessora Suzana Elias Azar   fotos: divulgação

Valisere e a tecnologia Amni Soul Eco®

worldfashion • 10/04/18, 18:19

nh_444_valisere_d2pp1102858-640x427A Valisere fundada em 1934 pelo Grupo Rhodia e foi adquirida em 1987 pelo maior produtor de malharia com Lycra da América do Sul, o Grupo Rosset . A tradicional marca de underwear, Valisere,  passou a trazer informação de moda para o mercado nacional de lingerie, tornando-se desejo entre mulheres de diferentes faixas etárias, atualmente é encontrada em mais de 3.000 pontos de vendas em todo território nacional.

nh_444_valisere_d2102606-427x640nh_444_valisere_d2pp102647-427x640A  nova linha de básicos da marca  All Purpose que tem viés Eco Friendly, são produtos com a tecnologia Amni Soul Eco® desenvolvida pela líder sul-americana em fibras e fios de poliamida 6.6, a unidade global de negócios Fibras, do grupo Solvay, tem unidade industrial no Brasil e conta com laboratórios de pesquisa desenvolvimentos em diversos países, além de parcerias e acordos de produção na Europa e na Ásia. Inovadora e pioneira, a empresa atende aos mercados têxteis e industriais com produtos de alto valor agregado, comercializados sob as marcas Amni®, Emana® e Rhodianyl®.

24220-44219_071_valisere_costas-427x64024221-44222-71_valisere-427x640

A novidade à partir de abril 2018, faz parte da coleção de Inverno 18, inspirada na mulher e em sua essência, incentivando e valorizando a diversidade das mulheres brasileiras e de seus diferentes estilos.

Os novos modelos - que constituem a partir de agora a coleção permanente de lingeries básicas da Valisere - são confeccionados com o tecido Nirvana, do Grupo Rosset, grande protagonista da coleção, proporcionando toque macio e extremo conforto. Além do corte 24239-44223-964valisere-427x640124219-44221-09_valisere-427x640a fio perfeito, a sua alta respirabilidade mantém a pele seca e confortável. Além disso é feito com o Amni Soul Eco®, uma microfibra de poliamida biodegradável que permite o processo de decomposição da peça, que em geral dura cerca de 50 anos, seja acelerado e ocorra em apenas três anos. A durabilidade dos produtos em uso permanece a mesma e a nova tecnologia só entra em ação a partir do momento que a lingerie é descartada em aterros sanitários, reduzindo o impacto e tornando a linha All Purpose amiga do meio ambiente.

24239-44223-964valisere-427x64024219-44221-9_valisere__09_costas-427x640A marca explora um design atemporal no mix de produtos e uma produção cuidadosa para alcançar todas as formas, gostos e ocasiões, atendendo as necessidades das mulheres tanto com modelagens especiais e variadas de calcinhas e sutiãs, como na nova grade de copas, que prometem o ajuste perfeito aos seios. As cores são básicas e elegantes, como o novo Fog e o Ecolove, tons de cinza e rose, respectivamente. Uma coleção universal, eco friendly, feita para durar e levar conforto e praticidade para o dia a dia das brasileiras.

da redação do WORLDFASHIONREVISTA     fonte: Index Assessoria     fotos: divulgação

25º Backstage de Varejo

worldfashion • 09/04/18, 15:49

O colunista da WORLD FASHION REVISTA, Tadeu Dix, especialista em marketing de varejo, participou no último dia 28 de março  do 25º Backstage do Varejo, encontro realizado pela foto-05_akira-nagata-e28093-presidente-da-abiesv-640x427Associação Brasileira da Indústria de Equipamentos e Serviços para o Varejo (Abiesv), cujo presidente é Akira Nagata, no auditório da Faap, em São Paulo. O temário colocou em evidência o atual cenário econômico nacional e abordou o segmento caracterizado por roupas acima do tamanho 44, que tem crescido, conforme dados da Associação Brasileira de Plus Size (ABPS), em torno de 8% ao ano.

Oportunidade

Os números do segmento Plus Size, hoje, são significativos. O setor representa 5% do mercado de varejo de moda no Brasil, com 7.178 lojas físicas (são cerca de 200 mil lojas ao todo) e 208 lojas digitais. E grande concentração de confecções e lojas está no Sudeste do País. “Isto demonstra que o Brasil ainda precisa ser muito explorado neste setor”, diz Douglas Santana, presidente da ABPS e que mediou o debate sobre o “Mercado Plus Size”.foto-01_cynthia-horowicz-e28093-flaminga_raquel-quindere-e28093-wee-e28093-estilista_marli-licciardi-e28093-melinde-brasil-640x427A mesa foi composta por: Cynthia Horowicz, sócia-diretora da Flaminga.com.br (e-commerce especializado em moda plus size); pela estilista Raquel Quinderé, da Wee! (Grupo Malwee), e a empresária Marli Licciardi, dona da Melinde Brasil, marca criada em 2002, pioneira no segmento de plus size feminino.

foto-03_douglas-santana-e28093-presidente-associacao-brasil-plus-size-640x427“No Brasil, 56% da população está acima do peso ou obesa, isso é, cerca de 112 milhões de brasileiros. Destes, 64 milhões são homens, o que é um número surpreendente”, ressalta Douglas Santana. Segundo o presidente da ABPS, este mercado movimenta 7 bilhões de reais, apresentando um crescimento de 8,1% ao ano.

Pesquisa da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (SBCBM) de 2017, apresentada no evento, mostra que a população nacional acima do peso e obesa está dividida nas classes sociais: 41% classes D e E; 23%, classe C; 20%, classe B; e 16%, na classe A. nos Estados Unidos, esse mercado movimenta anualmente 20 bilhões de dólares, com 200 milhões de consumidores.

Comportamento

Na sequência, a empresária, jornalista, editora e consultora de inovação, Marcela Elizabeth falou sob o tema Plus Size: Uma Nova Experiência de Consumo para Empresas e Clientes. Fundadora da marca Curve à Porter (2012), especializada em tamanhos grandes, Marcela é presidente do Instituto Corpo Positivo, vice-presidente da ABPS e estudiosa deste segmento e consumidor. Fundou a primeira revista para a mulher plus size do País, a ‘Beleza em Curvas’, levando as necessidades deste consumidor às agências de publicidade. Para a executiva, o segmento ainda é cercado por preconceitos: “Este consumidor sai de casa achando que será mal atendido e que não achará o que quer”, daí a necessidade, segundo ela, de os lojistas aferirem, por meio de pesquisa de campo, o índice de satisfação da clientela.

foto-02_ana-claudia-costa-consultora-em-estrategia-de-varejo-e-branding-640x4271Perspectivas

A consultora Ana Cláudia Costa, por sua vez, destacou a fidelidade como forte característica do consumidor do segmento plus size. “É um público muito fácil de ser fidelizado. É uma pena que o varejo tenha evoluído tão pouco nos últimos cinco anos”, assinala a empresária, frisando que as mesmas dificuldades de falta de pessoal capacitado e de estrutura continuam. “Temos boas expectativas para o futuro, porém, pois é um mercado que se consolida e no qual vale a pena investir”. Ana Claudia observa que este segmento de mercado só cresce no Brasil, “tem pouca concorrência e quase nenhuma experiência para o cliente”, diz.

foto-04_carlos-kawall_banco-safra-640x427Panorama econômico

Já o economista-chefe do Banco Safra, Carlos Kawall, falou sobre Brasil: Cenário Econômico para 2018/19. Para ele, “a velocidade da recuperação da economia não é espetacular, mas está na direção certa”. Diante da proximidade das eleições, o executivo destaca que tem mais chances o político que se disponha a insistir nas reformas econômicas, nas reformas dos gastos públicos, como a da previdência social. “Queremos um governo que gaste menos”. Este positivismo na recuperação da economia, segundo Kawall, vem a princípio do cenário internacional. A expectativa de crescimento da economia mundial é de quase 4%. “Há anos os Estados Unidos estavam com taxa de desemprego de 10%, hoje caiu para 4%”. A grande questão, segundo Kawall é: “O consumidor está voltando a consumir com menos ímpeto?” Segundo ele, acredita-se que a economia terá um futuro positivo daqui para frente.

da redação do WORLDFASHIONREVISTA     fotos: divulgação

collab Riachuelo e a marca LYCRA®

worldfashion • 24/03/18, 11:04

aempresa2No próximo dia 3 de abril, chega ao mercado um novo produto collab - uma coleção exclusiva desenvolvida em colaboração, entre a Riachuelo e o Grupo Invista detentora da marca LYCRA®.

campanha-lycrar-para-riachuelo_credito-gil-inoue-5-640x427A coleção terá peças que darão total liberdade de movimento, conforto e qualidade. As modelagens definidas pela Riachuelo aliada aos tecidos: índigo e sarja das tecelagens: Canatiba e Santanense, que são homologadas pelo rigoroso controle de qualidade e performace do fio marca LYCRA®, que busca o índice de conforto ideal, realizando uma série de ensaios em seus laboratórios, que levam em consideração fatores como customizações para cada região do corpo, taxas mínimas e máximas de encolhimento e laceamento de tecidos até, de fato, atingir o nível adequado de conforto para peça do vestuário.

campanha-lycrar-para-riachuelo-2-640x427Os homens terão nas peças conforto para seu dia a dia, a linha infantil proporciona a liberdade de movimentos necessária para a rotina de uma criança. E finalmente para as mulheres, um mix  de modelagens com muitas opções em jeans, e sarja colorida com toque suave e power strech, sempre com muito estilo. Os preços a partir de R$ 79,90 para as sarjas coloridas femininas e R$ 99,90 para os jeans masculinos.

20160316_181528-640x384-640x384“O brasileiro tem por hábito usar jeans para realizar tarefas corriqueiras, sair para jantar, trabalhar e nas horas de lazer. Para atender a essas diversas ocasiões, nada melhor do que um produto com o estilo antenado da marcella-kanner-640x6126Riachuelo e com o fio LYCRA®, responsável por proporcionar a sensação de conforto, que é o principal atributo que o consumidor quer quando compra um jeans” afirma Denise Sakuma, Diretora de Negócios da marca LYCRA®, e conclui “Estamos satisfeitos por lançarmos esta coleção especial com a Riachuelo: o consumidor sentirá na pele a diferença de qualidade entre um jeans com o fio LYCRA® e com a modelagem da Riachuelo”.

“Estamos muito felizes em desenvolver esta parceria com a LYCRA®, marca que é sinônimo de qualidade e conforto, atributos que sempre prezamos em levar aos nossos clientes”, diz Marcella Kanner, Gerente de Marketing da Riachuelo.

riachuelo-loja-conceito-na-oscar-freire-20-1024x6821Os produtos estarão expostos simultaneamente nas 300 lojas Riachuelo em todo território nacional, nos greeter na entrada da loja.

img_4671-450x300Sobre o fio LYCRA®, uma marca registrada do Grupo INVISTA, que redefiniu o que é conforto, caimento, liberdade de movimento e manutenção da forma em praticamente todas as categorias de vestuário, desde que foi usado pela primeira vez como substituto da borracha, há 60 anos. Designers de todo o mundo valorizam os tecidos com fio LYCRA® quando criam roupas elegantes e duráveis, que não restringem o movimento. A marca LYCRA® é amplamente reconhecida por fiações, fábricas de tecidos, confecções e marcas de vestuário e outros na cadeia de suprimento como garantia de inovação e qualidade.

pessoal_trabalhando_na_fabrica_da_guararapes_eduardo_maia_27Sobre a Riachuelo é uma fabricante além de varejista e assim conta com a agilidade na produção e rapidez na distribuição. São esses os fatores que garantem a Riachuelo o posto de maior empresa de moda do Brasil e referência no setor de fast fashion. Com o maior parque fabril da América Latina, a empresa cria e produz suas coleções feminina, masculina, infantil, de moda casa e acessórios, sempre tendo como referência as últimas tendências das passarelas internacionais. Atualmente, a rede possui mais de 22 milhões de clientes no cartão Riachuelo e mais de 300 lojas próprias espalhadas pelo Brasil.

da redação WORLDFASHIONREVISTA   fonte: Invista/ MktMix Assessoria de Comunicação  fotos:divulgação

CAVALERA LANÇA COLEÇÃO ‘DEUS SALVE O REI’

worldfashion • 09/03/18, 16:22

15107858405a0cc3303410a_1510785840_3x2_smA Cavalera foi convidada pela Globo para desenvolver uma coleção de camisetas inspirada na novela ‘Deus Salve o Rei’, da emissora. Para o processo criativo, o estilista Caio Bayer foi aos Estúdios Globo e mergulhou no universo medieval da cidade cenográfica criada para a ficção, além de acompanhar algumas gravações de perto.

cavalera-em-deus-salve-o-rei-2cavalera-em-deus-salve-o-rei-6“Lá pude ver as artes conceituais e a estética geral da trama, as diferenças entre os reinos, cenários e personagens. A partir disso iniciei minha pesquisa, cruzando os arquivos e informações liberadas pela própria Globo, a uma pesquisa histórica medieval e heráldica”, lembra o estilista.

cavalera-em-deus-salve-o-rei-7cavalera-em-deus-salve-o-rei-9Dessa forma, a Cavalera desenvolveu um mix de produtos para todos os gostos, mas levando muito em  consideração o universo geek. Muitos brasões, espadas, armaduras e campos de batalha, assim como romantismo, sutileza, feminilidade e até um toque de misticismo sempre misturados à pegada rock’n'roll, marca registrada da marca paulistana.

alberto-hiar-diretor-criativo-da-cavalera-foto-cleiby-trevisan-alta-4Para Alberto Hiar, diretor criativo da marca, unir a indústria do entretenimento com a moda trará um grande movimento ao mercado, pois ambos são difusores e influenciadores de comportamentos.

ls2017-09-26-photo-00000023-1030x686No lançamento da coleção, no próximo dia 13, será oferecido um mix de experiências temáticas na loja, da Oscar Freire. Para os convidados um cardápio (e drinks) do restaurante Walfenda Medieval, novíssimo espaço comandado pela chef Angelita Gonzaga, trará a inspiração da cozinha ibérica do fim da Idade Média. Já o som ficará por conta da banda Oaklore , formada por Alexandre Chamy, Aline Polisello, Gustavo Mugnatto e Aruan Siqueirae será música folclórica e traz um repertório medieval bastante autêntico: muito folk, celta, além de clássicos de filmes, séries e jogos  épicos, todos com visual medieval para combinar com o evento.oaklore

da redação WORLDFASHIONREVISTA       fonte: Canal Comunicação   fotos:divulgação