CERTIFICAÇÃO DIAMANTE

worldfashion • 08/05/22, 18:21

download

A Piccadilly considerada uma referência de evolução na área de sustentabilidade, não somente ambiental, mas também nos pilares econômico, social e cultural. Foi certificada no nível máximo do programa, o Diamante (80% ou mais dos indicadores de ESG atingidos), com uma produção de mais de 6 milhões de pares por ano, desde 2008 a indústria, que possui unidades em Rolante/RS e Teutônia/RS, onde soma mais de 1,7 mil colaboradores, não utiliza mais materiais de origem animal em seus calçados. Mas essa é apenas a ponta de todo um processo que enxerga na sustentabilidade uma cultura organizacional. Na oportunidade da entrega do certificado, a vice-presidente e diretora de Desenvolvimento de Produto da empresa, Ana Carolina Grings, destacou a importância da certificação, que corrobora um trabalho que já vem sendo realizado há bastante tempo pela indústria. “Receber este selo do Origem Sustentável nos instiga a seguir nesse caminho da sustentabilidade.”, disse.

image002Da esquerda para direita: Haroldo Ferreira, presidente-executivo da Abicalçados; Cristine Grings Nogueira, presidente da PICCADILLY; Ana Carolina Grings, vice-presidente e diretora de produto da PICCADILLY; Morgana Marca, coordenadora de ESG e sustentabilidade da PICCADILLY; Camila da Costa, analista de marketing internacional da PICCADILLY; Gerson Berwanger, presidente da Assintecal e Marco Antonio Schmitt, vice-presidente de sustentabilidade da Assintecal.

O presidente-executivo da Abicalçados, Haroldo Ferreira, ressaltou a importância do dia em que a certificação máxima chega a uma das principais indústrias de calçados do País. “Quando entramos no ambiente da Piccadilly, enxergamos esse compromisso com a sustentabilidade. O ato que estamos fazendo aqui hoje é um ato importante, mas mais importante é o que está no DNA da empresa e o envolvimento de toda a equipe para chegar até aqui”, comentou o executivo.

Também presente no evento de entrega, o presidente da Assintecal, Gerson Berwanger, destacou a importância do engajamento de toda a cadeia em prol da sustentabilidade, dos fornecedores aos produtores de calçados, e parabenizou a calçadista pelo trabalho. “Percebemos aqui um grande envolvimento de toda a equipe para que a certificação no nível máximo fosse entregue”.

Após passar por todas as categorias do programa – bronze, prata e ouro – a calçadista conquistou o prêmio máximo do programa que avalia o comprometimento do setor calçadista com as práticas de ESG (Environmental, Social and Governance) e Sustentabilidade. A conquista é reflexo de vários processos implantados na empresa, como comitê de inovação e sustentabilidade, upgrade da área de ESG e programa Conexão Total para gestão de fornecedores

A PICCADILLY, uma das maiores empresas do Brasil no setor calçadista feminino, recebeu recentemente a certificação nível Diamante, premiação de nível máximo do programa Origem Sustentável, projeto que busca impactar positivamente as empresas para um futuro mais sustentável, e que guia a evolução das organizações, e por consequência, toda cadeia produtiva do calçado. A certificação foi conquistada após uma avaliação da gestão de sustentabilidade da PICCADILLY, nas dimensões econômica, ambiental, social e cultural, obtendo uma pontuação geral de 695 pontos.

image004Cristine Grings Nogueira, presidente da PICCADILLY; Morgana Marca, coordenadora de ESG e sustentabilidade e Ana Carolina Grings, vice-presidente e diretora de produto.

Para conquistar a certificação Origem Sustentável com o selo de diamante, foi levado em consideração vários projetos de inovação e sustentabilidade, como o apoio e envolvimento da alta direção com o tema; aplicação da sustentabilidade na prática, com projetos de reaproveitamento de resíduos reciclados no desenvolvimento de componentes aplicados nos próprios produtos, em projetos sociais com a comunidade e com resultado positivo no projeto “aterro zero”; upgrade da área de ESG e Sustentabilidade no organograma da empresa, adquirindo maior autonomia e responsabilidade; programa Conexão Total para gestão de fornecedores e estabelecimento de parcerias para otimizar materiais e componentes ecológicos; entre outros. Todos esses pontos foram identificados pela certificadora DNV, uma das maiores empresas de certificação do mundo, e foram essenciais para a conquista da certificação.

Entre as ações destaques estão a criação do Comitê de Inovação e Sustentabilidade, que é formado por lideranças multidisciplinares da organização e visa instituir a Política de Sustentabilidade e os objetivos da empresa nos pilares econômico, ambiental, social e cultural; além de fazer a gestão da estratégia ESG, por meio da definição de metas de médio prazo e monitora indicadores para o acompanhamento do desempenho. Na área de Sustentabilidade, o comitê atua na construção do Relatório de Sustentabilidade, desenvolve projetos de impacto positivo e participa dos processos de certificação, como o programa Origem Sustentável. Já na área de Inovação, o comitê busca por novas tendências tecnológicas alinhadas à Indústria 4.0, explora as novas experiências de imersão como a realidade virtual e metaverso e estimula o compartilhamento de ideias.

Para a vice-presidente da marca e diretora de produto, Ana Carolina Grings, a certificação Origem Sustentável gera grande valor para a companhia, pois serve como um guia para a empresa buscar constantemente aumentar seu nível de maturidade em relação às práticas ESG e de sustentabilidade corporativa. “Sabemos que as iniciativas voltadas ao ESG são hoje vistas como grande diferencial junto aos importadores do mercado externo e também cada vez mais debatido e valorizado pelos consumidores do mercado nacional. E por isso, acreditamos que a certificação nos ajuda a ganhar competitividade, estar um passo à frente para abrir novos mercados, além de nos orientar no caminho evolutivo desse tema”, conta.

Além disso, Ana Carolina revela que receber esse prêmio, ajuda a PICCADILLY a evoluir no caminho certo com suas ações, que são importantes para fazer a diferença no meio ambiente e na sociedade, e também, contribuir para um futuro mais sustentável reduzindo os impactos gerados pela indústria. Temos esse grande compromisso com as próximas gerações.

A empresa busca contribuir não só em projetos que ajudam o meio ambiente, como também em calçados sustentáveis, para agregar a moda mais consciente e responsável. E por isso, lançou no último ano, a linha So.Si Ecoar:  tênis que levam 3,5 unidades de garrafas PET recicladas em cada par, contam com 17% de fio recuperado na indústria têxtil, palmilha produzida com materiais reaproveitados no processo fabril e fabricação em knit, processo que une técnicas do tricô com sistemas inteligentes, são super práticos de calçar, oferecendo leveza no caminhar. Vale destacar que a linha não possui nenhuma origem animal.

SOBRE A PICCADILLY COMPANY  - Presente no mercado há mais de 66 anos, a empresa é uma das maiores empresas do Brasil no setor calçadista feminino, com produtos em mais de 14 mil pontos de vendas no país, incluindo franquias, lojas exclusivas e multimarcas. Com 30 mil pares de calçados produzidos por dia e 6 milhões por ano, a marca tem o propósito de encorajar as mulheres para que revelem suas essências. Sempre atenta ao impacto que pode causar no meio ambiente, a empresa investe constantemente em iniciativas sustentáveis que fizeram com que a marca recebesse o Selo Ouro no Programa Origem Sustentável em 2019. Líder no desenvolvimento e criação de tecnologias e diferenciais de conforto, e está presente em mais 100 países com 7 mil pontos de vendas no exterior, e conta hoje com 2 unidades fabris, todas no Rio Grande do Sul. São cerca de 1,7 mil colaboradores focados em oferecer qualidade, conforto, moda e bem-estar para suas consumidoras.

A ABICALÇADOS informa que a certificação ORIGEM SUSTENTÁVEL, levando em consideração as dimensões ambiental, econômica, social e cultural traduzidos em 104 indicadores desenvolvidos em consonância com parâmetros internacionais de ESG, é o único programa de certificação de sustentabilidade da cadeia calçadista no mundo. O objetivo é certificar desde o fornecedores de componentes até o fabricante de calçados, fechando o ciclo produtivo. O programa certifica processos produtivos sustentáveis e conta com auditorias externas do SENAI, SGS, Intertek, Bureau Veritas e DNV.

Atualmente, já estão certificadas, além da Piccadilly, a Vulcabras (Diamante), Bibi (Diamante), Beira Rio (Diamante), Usaflex (Diamante), Boxprint (Diamante), Caimi & Liaison (Diamante), Bertex (Ouro), Tintas Killing (Ouro), Perfil Injetados (Prata) e Fibertex (Prata). Encontram-se em processo de certificação mais de 50 fabricantes de calçados e componentes brasileiras.

da redação com informações da Picadilly pela BCBIZ Comunicação  e da ABICALÇADOS pelo assessor de imprensa Diego Rosinha    imagens: fotos/divulgação

CANATIBA TÊXTIL

worldfashion • 29/03/22, 11:30

A empresa iniciou  o projeto - Canatiba Social Care - com uma doação de peças de mostruário para a AACD, em outubro de 2020. Na ocasião, a equipe Canatiba visitou a ONG e testemunhou in loco a dimensão dessa obra e, consequentemente, o alcance de uma ação dirigida sintonizada com as melhores práticas do terceiro setor.

whatsapp-image-2022-03-10-at-113747-11Só em dezembro de 2021, foram doadas mais de 800 peças sem uso, dos mostruários comerciais Canatiba, que foram transformados em produtos vendidos no bazar da AACD,  para a arrecadação de recursos que financiaram 408 atendimentos a pessoas com deficiência e suas famílias.

A Rede Feminina de Combate ao Câncer recebeu 400 peças e também contou com o apoio da Canatiba no desenvolvimento de gifts, nas oficinas dessa ONG criada em 1972, para a defesa e garantia de direitos de pessoas de com câncer e seus familiares em situação de vulnerabilidade social. Com um olhar holístico, a instituição procura assistir à população em várias frentes.

A Rede atua desde a facilitação de acesso aos serviços públicos e ao SUS para diagnóstico, exames e tratamentos, até o acolhimento e amparo de pessoas ligadas aos pacientes com câncer que não tem tempo de conciliar o acompanhamento dos doentes com seus compromissos cotidianos.

whatsapp-image-2022-03-10-at-113747Considerando toda forma de arrecadação da Rede - Bazar, Brechó, Lojinha, telemarketing, algumas campanhas próprias e parcerias somadas - o projeto Canatiba Social Care alcançou 44 crianças e adolescentes e 110 beneficiários adultos e suas famílias.

Para a Casa da Criança de Santa Bárbara D’Oeste foram doadas 200 peças. A arrecadação do bazar totalizou um valor de R$ 5.790,00. Fundada em 1958, a entidade atua de forma descentralizada, executando serviços de proteção básica, educação, acolhimento institucional e até ações de alta complexidade no atendimento a crianças, adolescentes e seus familiares em situação de risco social. A entidade atende 1100 crianças entre 0 a 5 anos. Os recursos arrecadados na venda das peças no Bazar dessa instituição foram revertidos na compra de roupas para as crianças e adolescentes abrigadas pela ONG.

A partir de maio de 2022 o Canatiba Social Care se prepara para uma nova rodada de doações, seja para as entidades já atendidas como também para outras ONG’s selecionadas pela equipe da empresa para o Canatiba Social Care, promete avançar nesse ano, fazendo valer o compromisso da tecelagem com uma sociedade mais justa e solidária.

da redação com informações do Ronald Sclavi  imagens - fotos divulgação