“A MODA PELA ÁGUA”

worldfashion • 06/09/19, 11:23

14Da união entre a Marisa, maior rede de moda feminina e lingerie do Brasil e a VICUNHA  uma das líderes mundial na produção de índigos e brins e referência quando o assunto é jeanswear,  nasceu a coleção de jeans sustentável com o selo Pegada Hídrica Vicunha /ECOERA.

Esse é o primeiro lançamento no segmento e valida a Marisa como uma das Guardiãs da Água na Moda, unindo-a à plataforma “A Moda Pela Água”.

56910aba-cupom-marisa-lojas-fisicas-marisa-r40-de-desconto-em-toda-a-loja-nas-compras-a-partir-de-r200_0847-420x262A iniciativa faz parte de um conjunto de ações da Marisa voltadas à sustentabilidade. Segundo Marco Muraro, vice-presidente Comercial e Marketing da empresa, a companhia há alguns anos investe no acompanhamento e capacitação da sua cadeia de fornecedores visando ao desenvolvimento sustentável da indústria da moda. “A coleção de jeans é a primeira com o foco na sustentabilidade ambiental. Ela foi desenvolvida pela Marisa em parceria com a Vicunha, que também entende a importância de se criar um movimento de consciência ambiental no setor”.

Na produção da coleção, foram selecionados artigos da Vicunha com selo Eco Cycle, que utilizam técnicas que reduzem em até 95% o consumo de água selo-less-waternos processos e diminuem a utilização de matéria-prima virgem, com o uso de fibras recicladas. As bases protagonistas são os jeans Doc-Eco, Cramer-Eco e Pine, este último da linha Absolut Eco, que economiza também até 90% de químicos na sua produção. Além disso, faz parte da coleção o denim puro índigo Greener-Eco e o artigo Lya, produzido com técnicas que economizam água no processo de acabamento.

A coleção, que vem desta inédita união entre a tecelagem e a varejista, também representa um grande movimento que surge após o lançamento dos dados da Pegada Hídrica Vicunha, tendo como principal objetivo aproximar os players do setor e expandir a discussão da responsabilidade compartilhada em prol de uma gestão responsável dos recursos hídricos em toda a cadeia de valor.

artigo-greener-ecoartigo-doc-ecoAs peças foram criadas pela equipe de estilo da Marisa com apoio da Vicunha, pioneira em empregar práticas positivas na indústria do jeanswear. Por ano, a fabricante capta e aproveita 140 milhões de litros de água da artigo-pine2artigo-cramer-ecochuva, além de economizar 83 milhões de litros deste recurso nos processos de recuperação de soda e reuso da água. No ano passado, lançou em parceria com Movimento ECOERA o projeto Pegada Hídrica Vicunha, que mediu pela primeira vez no Brasil o consumo de água no ciclo de vida de um jeans, a partir de 368054_904519_marisa_macacagbpo_web_-600x600um mapeamento realizado em todos os elos da cadeia. Na produção da coleção da Marisa, foram selecionados artigos com selo Eco Cycle que utilizam técnicas que reduzem de 75% até 95% o consumo de água comparado aos processos tradicionais, a depender da peça e técnicas utilizadas para tingimento e lavagem, além de diminuir a utilização de matéria-prima virgem, com o uso de fibras recicladas.

Além de reforçar o compromisso da Marisa com o meio ambiente, Andréa Sanches, diretora de Marketing da empresa, chama a atenção para o fato de o movimento ser colaborativo e contar com parceiros de diversos setores da moda. “Ao fazer parte de um movimento como o “A Moda Pela Água”, em que diversas empresas estão presentes, e criar peças exclusivas com um fabricante de tecidos, a Marisa reforça seu papel de marca próxima e parceira da sociedade. Acreditamos em um movimento coletivo e colaborativo para gerar resultados ainda mais transformadores”, afirma ela.

marisa-3Sobre “A Moda Pela Água”

A plataforma A Moda pela Água nasceu a partir da pesquisa Pegada Hídrica Vicunha, realizada pela Vicunha Têxtil, produtora de índigos e brins, e o Movimento ECOERA, com a metodologia global Water Footprint Network (desde o plantio do algodão até a lavagem pelo consumidor final). O mapeamento, inédito no Brasil, traz à tona o consumo médio de água por calça jeans no país. São 5.196 litros para cada peça.

A expert em sustentabilidade na moda Chiara Gadaleta então reuniu diversas empresas do setor com o objetivo promover mudanças no setor. Por meio de encontros presenciais, palestras com especialistas e rodas de conversas entre consumidores e empresas “A Moda Pela Água” discute metas e planos para a redução de água. A ideia é que os resultados da ação sejam apresentados em 20 de março, em referência  ao Dia Mundial da Água – comemorado em 22 de março, no primeiro summit em torno do tema para o mercado de moda.

infografico_pegadahidrica2Sobre o projeto “Pegada Hídrica Vicunha”

Além de seus produtos e práticas internas, a Vicunha Têxtil investiu no projeto “Pegada Hídrica Vicunha”, que mediu o consumo de água no ciclo de vida de uma calça jeans – desde o plantio do algodão até o consumidor final, com base na metodologia “Water Footprint Network”. Em parceria com o Movimento ECOERA, o trabalho teve como objetivo medir o impacto ambiental da cadeia de moda e promover transparência no setor, unindo os principais players em prol da criação de indicadores brasileiros na gestão sustentável da água, a partir de uma peça tão icônica e democrática como a calça jeans.

Em maio de 2019, o resultado foi compartilhado com toda a indústria, que agora possui dados reais da cadeia produtiva do jeans brasileira, tornando possível que cada elo reflita e crie metas de redução e compensação dos recursos hídricos.

Assista ao vídeo do projeto na íntegra pelo Youtube e acompanhe os próximos passos através das plataformas @pegadahidrica e @vicunhatextil. Acesse a plataforma A Moda pela Água para saber mais sobre o movimento.

651ae36e-f978-f110-5ffe-98dd4cb2a74dSobre a Marisa

A Marisa é a maior rede de moda feminina e lingerie do Brasil. Com 70 anos de experiência, construiu uma forte relação de cumplicidade e intimidade com a mulher, conhecendo e acompanhando suas necessidades e anseios.

A proposta da marca é ser íntima e cúmplice da mulher brasileira e seus sonhos, oferecendo a ela acesso a uma moda de qualidade, considerando sua diversidade.

Ao longo de sua história, a Marisa é conhecida e reconhecida por seu slogan “De Mulher para Mulher”. Está presente hoje em todas as regiões do Brasil e conta com aproximadamente 360 lojas nas melhores ruas e shoppings do país. É uma das pioneiras do setor no e-commerce, oferecendo seus produtos pela sua loja virtual há 19 anos. A Marisa também possui uma divisão de produtos e serviços financeiros, associada ao financiamento de suas clientes, que amplia o valor e o acesso aos seus produtos.

da redação com informações da PressPass (Vicunha);  Imagem Corporativa e Mktmix Assessoria de Comunicação (Marisa) imagens: fotos/divulgação

Lingerie especial na batalha contra o câncer de mama

worldfashion • 26/10/18, 16:02

348499_833803_sutia__outubro_rosa___cor_rosa_web_A Marisa é a maior marca feminina de moda e lingerie do Brasil. Com 70 anos de experiência, construiu uma forte relação de cumplicidade e intimidade com a mulher, conhecendo e acompanhando suas necessidades e anseios. A proposta da marca é ser íntima e cúmplice da mulher brasileira e seus sonhos, oferecendo a ela acesso a uma moda de qualidade, considerando sua diversidade e respeitando as tendências internacionais. Ao longo de sua história, a Marisa é conhecida e reconhecida por seu slogan “De Mulher para Mulher”. Está presente hoje em todas as regiões do Brasil e conta com aproximadamente 400 lojas nas melhores ruas e shoppings do país. É uma das pioneiras do setor no e-commerce, oferecendo seus produtos pela sua loja virtual há 18 anos. A Marisa possui ainda uma divisão de produtos e serviços financeiros, associada ao financiamento de suas clientes, que amplia o valor e o acesso aos seus produtos.

348499_833795_eliane_web_348499_833799_ja_lia_de_carvalho2_web_348499_833798_andressa_soares_web_

348499_833793_elizabeth_tremmel_web_A campanha que a marca abraçou, para o  Outubro Rosa começou, com uma carta que uma cliente escreveu à Marisa, contando sobre sua batalha contra o câncer de mama e quanto um sutiã antigo, adquirido em uma das lojas da marca, a havia feito se sentir feminina como nenhum outro. Ela, que passou por uma mastectomia e que aguarda a cirurgia de reconstrução da mama, reencontrou ali naquela peça a sua autoestima, o seu recomeço. A Marisa, então, decidiu criar um sutiã que fizesse a Elizabeth (foto à direita) e outras tantas mulheres se sentirem seguras e confortáveis com o próprio corpo. Além de todas as funcionalidades e especificações que um sutiã pós-mastectomia exige, o sutiã criado pela Marisa, com apoio da Rosset Têxtil e validado pela Sociedade Brasileira de Mastologia, é feminino, é delicado, é feito de mulher para mulher.

348499_833794_gislene_charaba_web_348499_833796_andressa_soares2_web_A campanha ainda inclui ações no universo digital, com filmes gravados por mulheres que passaram pela doença onde elas respondem as principais dúvidas das internautas sobre o tratamento. Estes e outros conteúdos relacionados ao projeto já estão disponíveis em uma página construída especialmente para o tema – www.marisa.com.br/outubro-rosa . “Nesta campanha quisemos valorizar todas as mulheres que enfrentaram e enfrentam o câncer de mama e mostrar como a autoestima é parte fundamental nesta batalha”, reforça Sibely Silveira, diretora de criação da Africa.

Para dar amplitude à campanha, as lojas Marisa Íntima também terão interferência. As vitrines serão montadas com fotos de mulheres reais que passaram pela mastectomia. Essas imagens mostram a determinação, garra e a beleza do universo feminino. Vale lembrar que, graças ao apoio da Assurant, durante todo o mês de Outubro adquirindo o Seguro Marisa Mulher, o valor da primeira parcela será doado para uma instituição que apoia mulheres no tratamento contra o câncer de mama.

da redação WORLD FASHION      fonte: MKT MIX Assessoria de Comunicação   fotos: Catherine Ferraz/divulgação