CEDRO TÊXTIL

worldfashion • 19/06/20, 10:44

“Reinvenção” sempre foi uma palavra de uso frequente na Cedro Têxtil, inclusive utilizada para nomear uma das coleções da fabricante de sarjas e denim. Em quase 148 anos de história, a companhia já precisou se reinventar diante de diversos momentos desafiadores - e não está sendo diferente agora, durante a pandemia do Coronavírus. Sem o tradicional lançamento de editorial no primeiro semestre, sem eventos de moda agendados e, ainda, sem a possibilidade de confirmar uma data para o lançamento de coleção do segundo semestre, a Cedro reestruturou suas redes sociais para estar ainda mais próxima de seus clientes e colaboradores.
Com uma linguagem mais institucional e com o objetivo de aproximar, unir, criar laços e pontos de contato entre seus seguidores, todas as redes sociais da Cedro estão com um novo posicionamento: cedro-realinhando-o-futuro-11“Realinhando o Futuro”. O conceito celebra a capacidade de resiliência da companhia, para persistir diante de situações adversas, e de adaptação, para seguir em frente apesar de cenários inesperados. “Estamos unindo esforços para passar por tudo isso da melhor forma possível, atendendo nossos clientes com atenção e transparência e, ao mesmo tempo, cuidando de nossa equipe”, explica Eduardo Vaz, responsável pelo marketing da Cedro Têxtil. Ele conta ainda que, este mês, a empresa inaugurou um perfil na rede social profissional Linkedin, com o intuito de ampliar o diálogo com confecções e representantes.

Nas redes sociais a Cedro integra a campanha da Associação Brasileira da Industria Têxtil, Abit, “Moda Brasileira – Tamo Junto”, com a proposta de reunir as indicações de empresas nacionais de moda, de qualquer porte ou segmento. As indicações podem ser feitas até o final de junho por meio de comentários no perfil da @cedrojeanswear, no Instagram.  “Com essas indicações, vamos disponibilizar para download em nossas redes sociais um e-book da moda brasileira. Queremos usar esse espaço para apoiar marcas e empresas, unindo forças entre todos os integrantes do setor para que fique tudo bem”, detalha Eduardo.

da redação com informações da 22 Graus Comunicação e Marketing - imagens: foto/divulgação

sem comentários

Atenção: o sistema de comentários foi concebido para promover debates construtivos sobre os assuntos publicados. A Link Editora reserva-se o direito de excluir conteúdos (textos, fotos, urls ou qualquer outro) que julgar preconceituosos, ofensivos, difamatórios, caluniosos, prejudicial a terceiros ou que infrinjam qualquer legislação atual. Conteúdos de caráter promocional ou comentários anônimos também serão removidos.
Ressaltamos que os conceitos e opiniões emitidos nesse espaço serão de única e exclusiva responsabilidade de quem os formular.

ainda não há comentários.

deixe seu comentário