Riva de Split,

worldfashion • 25/03/20, 10:50

photo-2020-03-24-18-04-06Slow fashion é o melhor jeito de definir a Riva de Split, novíssima marca de moda feminina criada pela estilista paulistana Sandra Falci. “É uma moda feita pra atender a mulher contemporânea, executiva, que trabalha e tem inúmeros compromissos no seu dia a dia”, avisa a criadora, que prima pelo conforto, praticidade e muita elegância na hora de idealizar a sua linha.

photo-2020-03-24-18-04-07A marca tem o nome inspirado no balneário chiquérrimo da Croácia, na Europa do Leste, e traz para o seu DNA essa sofisticação, unida a um toque de brasilidade. Para isso, a estilista coloca atenção em detalhes, como a cartela de cores. “Trabalho com o preto, o branco e o off-white como base, usando também alguns tons de nude, de azul, fendi, salmão, ocre e outros que lembram as especiarias”, revela Sandra, que coloca o mesmo cuidado na escolha da padronagem. Assim surgem alguns geométricos de tons esmaecidos, folhagens em branco e preto, sem contar efeitos especiais de superfície no próprio tecido.

A modelagem é outro segredo. Saias retas feitas com malha de viscose, com toque suave e muita fluidez; regatas ultrapráticas; tops curtos ou alongados e bem desestruturados, vestidos que envolvem a silhueta, ao lado de blusas feitas pra combinar com tudo já mostram que a Riva de Split ama o clima casual.

Para o lançamento, a marca chegou com uma coleção enxuta, composta por 15 modelos que “conversam” muito bem entre si. E deu match! “Peças práticas, confortáveis, permitem a formação de diferentes looks, e isso faz com que a proposta seja, de certa forma, sustentável”, destaca Sandra Falci, almejando que o pilar da sustentabilidade esteja sempre presente na Riva de Split.

sandra-falci-riva-de-splitCom 30 anos de experiência na moda, a charmosa Sandra foi modelo, produtora de moda, trabalha há anos com desenvolvimento de produto em tecelagens e agora dá vida ao sonho de lançar a marca própria. “Meu trabalho com as tecelagens permite que, depois de muita pesquisa sobre matérias-primas e tecidos, o meu olhar possa escolher aquilo que é melhor e mais bacana pra Riva de Split”.

Riva de Split, aliás, tem um “algo mais” que a criadora quer que esteja diretamente associado ao nome. “As ações sociais vão fazer parte dessa história, não só como marketing, mas como desejo verdadeiro de levar boas ideias e formação profissional para pessoas em condição vulnerável”, informa Sandra, que tem trabalhado – “sempre!” – com diferentes ONGs. “A ideia agora é atuar com mulheres ex-presidiárias, que buscam uma nova oportunidade de trabalho e podem mostrar, por meio da moda, um talento associado ao resgate da cidadania”, revela, acrescentando que não faltarão desfiles para mostrar essa proposta.

photo-2020-03-24-18-04-05A Riva de Split tem seu show room na Pompeia, “para receber as clientes, amigas e, cada vez mais, lojistas que abraçam essa proposta”, diz Sandra Falci.

da redação  por  Eleni Kronka   imagens: fotos/divulgação

sem comentários

Atenção: o sistema de comentários foi concebido para promover debates construtivos sobre os assuntos publicados. A Link Editora reserva-se o direito de excluir conteúdos (textos, fotos, urls ou qualquer outro) que julgar preconceituosos, ofensivos, difamatórios, caluniosos, prejudicial a terceiros ou que infrinjam qualquer legislação atual. Conteúdos de caráter promocional ou comentários anônimos também serão removidos.
Ressaltamos que os conceitos e opiniões emitidos nesse espaço serão de única e exclusiva responsabilidade de quem os formular.

ainda não há comentários.

deixe seu comentário