PLATAFORMA GLOBAL

worldfashion • 02/12/21, 16:13

A The LYCRA Company lança plataforma global de negócios, o portal LYCRA ONE™ que oferece as mais recentes inovações da empresa, tecidoteca, centro de informação, serviços de homologação e materiais de merchandising, facilitando a colaboração digital entre fabricantes de tecidos, confeccionistas e varejistas.

img-0256A empresa, líder global no desenvolvimento de soluções inovadoras para as indústrias de vestuários e produtos de higiene, anuncia o lançamento do seu LYCRA ONE™ (Online Network Exchange). O novo portal online possibilita que confecções, marcas e varejistas se conectem a uma rede global de fabricantes de tecidos em uma única plataforma focada na ciência do conforto, ajuste e performance.

No portal LYCRA ONE™, usuários podem buscar soluções inovadoras em fios por meio da biblioteca digital de tecidos de seus clientes ao redor do mundo. Usuários também podem conectar-se diretamente com os fabricantes de tecidos para começar ou expandir as suas relações de negócios, aprender mais sobre suas capacidades e visualizar seus catálogos de produtos.

images“A The LYCRA Company possui um legado rico em inovação e devemos abraçar a transformação digital. O lançamento do portal LYCRA ONE™ alavanca a nossa conectividade em toda a cadeia de valor do vestuário e produtos de higiene, além de oferecer uma solução perfeita para mover rapidamente as ideias dos nossos clientes do conceito ao lançamento”, disse Julien Born, CEO da The LYCRA Company.

211123-lycra-one-imagem-para-materia

LYCRA ONE™ oferece um centro de conhecimento onde os usuários podem acessar conteúdos exclusivos, como webinars, fichas técnicas e vídeos sobre novas tecnologias, tendências da indústria, marketing, sustentabilidade e muito mais. Esses recursos ajudam a educar os usuários sobre como maximizar o valor oferecido pela The LYCRA Company e suas soluções inovadoras para fornecer produtos que possam atender às necessidades de seus consumidores, além de propiciar inspiração para novas ideias.

img-0255img-0253Os clientes vão descobrir soluções inovadoras de marketing e merchandising por meio do portal LYCRA ONE™, incluindo ativos de marca e etiquetas para roupas. Além disso, podem ser solicitados contratos de licença de uso de marca e certificações de fios que ajudam a reforçar a qualidade de produtos com o suporte da força da marca LYCRA®.

Antes da pandemia, já existia a necessidade de uma experiência digital no modelo de marketplace, que possibilitasse a conexão de marcas e varejistas com fabricantes de tecidos e confeccionistas em um local virtual, mas sem perder as vantagens inerentes do contato pessoal.

Registre-se no portal LYCRA ONE™ e clique no botão Sign Up.

LYCRA ONE™ é marca registrada da The LYCRA Company, que inova e produz soluções em fibras e tecnologia para as indústrias de vestuário e cuidados pessoais. Sediada em Wilmington, Delaware, a The LYCRA Company é reconhecida mundialmente por seus produtos inovadores, conhecimento técnico e suporte inigualável em marketing, e é proprietária de marcas como LYCRA®, LYCRA HyFit®, LYCRA® T400®, COOLMAX®, THERMOLITE®, ELASPAN®, SUPPLEX® e TACTEL®. O legado da The LYCRA Company iniciou-se em 1958 com a invenção do fio de elastano original, o fio LYCRA®. Hoje, a empresa está focada em agregar valor aos produtos de seus clientes desenvolvendo inovações para atender às necessidades do consumidor por conforto e durabilidade.

da redação com informações da INOVAETC  imagens: fotos/divulgação

LUPO

worldfashion • 02/12/21, 14:28

lupo-araraquaraAs negociações entre Lupo e Marisol, dos ativos industriais e um imóvel da unidade produtiva da Marisol  localizada em Pacatuba no Ceará, está sujeita à celebração dos contratos vinculantes e à aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (”CADE”).

O imóvel tem 150 mil metros quadrados de área total e 50 mil metros quadrados de área construída (foto abaixo) . O negócio em Pacatuba faz parte da estratégia da Lupo de investimentos focados em agressivo plano de expansão no mercado de moda esportiva, underwear masculina e pijamas, considerando as fortes demandas de mercado por seus produtos.

fabrica-da-marisol-em-pacatuba

Caso confirmado, o negócio permitirá à Marisol reduzir custos de produção e fortalecer sua missão enquanto gestora de marcas e canais de distribuição.

Sobre a Lupo - uma fabricante de moda de referência no Brasil. Sediada na cidade de Araraquara, interior do Estado de São Paulo, foi fundada em 1921 e ocupa uma área de 90 mil metros quadrados, empregando mais de 5 mil pessoas na região. Seu parque industrial é um dos maiores do mundo no segmento, e utilizando tecnologia de ponta e investindo continuamente na diversificação de suas linhas com produtos, é uma das maiores empresas do setor têxtil do país, fabricando moda íntima, meias e roupas esportivas. A companhia, que oferece peças de vestuário para toda a família, tem no total 12 mil itens, atendendo todos os segmentos e estilos. Hoje, conta com mais de 404 franquias em todo o País. Além disso, a marca tem sido reconhecida por vários setores e entidades em nível nacional e internacional como uma empresa moderna, ágil e comprometida com os aspectos sociais, econômicos e ambientais, fornecendo produtos para mais de 3.209 cidades diretamente pela equipe de vendas. As demais cidades são atendidas por revendedores e a Lupo exporta para mais de 30 países. A sustentabilidade é um importante pilar da empresa, que busca constantemente a utilização consciente dos recursos naturais, com reuso e reciclagem, sempre que possível, procurando o aprimoramento do capital humano. É a primeira marca nacional no setor têxtil a alcançar, no INPI, o reconhecimento de marca de Alto Renome, reforçando o quanto está presente no _mg_10081inconsciente e no coração dos brasileiros. Para atender a demanda do mercado fitness, lançou a Lupo Sport em 2010, primordialmente voltada para a tecnologia Sem Costura que consegue tecer as peças a partir do fio, com as compressões diferenciadas ao longo do produto. A atual presidente da Lupo é Liliana Aufiero, neta do fundador, Henrique Lupo, e a primeira mulher a dirigir a empresa.

Recentemente foi lançado o livro  “A Saga dos Lupo”, escrito pelo integrante da livroAcademia Brasileira de Letras, doutor Honoris Causa pela Unesp e um dos maiores escritores do Brasil, Ignácio de Loyola Brandão araraquarense, amigo antigo da família, conta a história da família por trás de uma das maiores marcas da indústria têxtil brasileira.

Sobre a Marisol - destaque no setor de vestuário nacional, com ênfase no mercado infantil. Tem mais 45 mil itens no portfólio e é dona de marcas de sucesso, como Lilica Ripilica, Tigor T. Tigre, Pakalolo, Marisol, Lov.it, Mundo Ripilica e Hapier. Sediada em Jaraguá do Sul (SC), a Marisol é atualmente líder em vestuário e franquias infantis premium, com 57 anos de mercado e tem mais de 2.200 colaboradores diretos que trabalham nas suas unidades.

da redação com informações da JB Press House    imagens: fotos/divulgação

O CALENDÁRIO DE 2022

worldfashion • 30/11/21, 13:55

guitarO icônico e lendário Calendário da Pirelli 2022 volta revolucionando. Chega numa embalagem de um disco de vinil com o título “On the Road” porém o conteúdo é um álbum calendário. As fotos são de Bryan Adams - uma celebração de estrelas da música internacional da década de 1960 até os dias atuais.  Como marca o retorno do Calendário é especial, após a interrupção da crise da Covid-19, pois coincide com a celebração do 150º aniversário da Pirelli, cujo logotipo foi revelado junto com o Calendário.

A apresentação digital que pode ser assistido por todos a partir do dia 29 de novembro em: www.pirelli.com.

bryan-adamsBryan Adams, por mais de vinte anos, enquanto adicionava sucessos ao seu vasto catálogo musical, também estabelecia sua reputação como fotógrafo e, por meio das fotos de On The Road, capturou a vida do artista em turnê. Este também é o tema da música de mesmo nome - “On The Road” - que o músico canadense compôs para o Calendário e será incluída em seu próximo álbum.

normaniNo set do Calendário, os músicos revivem momentos da vida em turnê, da tensão antes de uma performance, aos intervalos entre os ensaios e concertos, às longas jornadas de uma cidade para a outra e a solidão dos quartos de hotel. São experiências que Bryan Adams conhece bem, e pela primeira vez na história do Calendário, o fotógrafo faz parte do cast. Ele é acompanhado na 48ª edição do The Cal™ por dez artistas mundialmente famosos de diferentes idades, gêneros musicais e origens: Cher, Grimes, Jennifer Hudson, Normani, Rita Ora, Bohan Phoenix, Iggy Pop, Saweetie, St. Vincent e Kali Uchis. As fotos foram tiradas no último verão, em apenas três dias, em dois locais em Los Angeles - no Palace Theatre e no Hollywood’s Hotel Chateau Marmont - e no hotel Scalinatella, em Capri.

bohan-phoenixBryan Adams procurou capturar as características distintas dos vários artistas, e os meses do Calendário se desdobram em mais de 160 páginas e mais de 70 retratos e cenas: de St. Vincent (que também aparece na capa do volume) acordando em um hotel, para o dia de folga de Kali Uchis na piscina, Saweetie fazendo check-out antes de outra viagem e Cher nos bastidores. E nós vemos Normani descansando antes da passagem de som e Jennifer Hudson chegando ao teatro, Iggy Pop (que também está na contracapa) antes do show, Grimes no estúdio de gravação, Bohan Phoenix de volta o hotel pós-apresentação e Rita Ora depois do show.

cher“Seria muito, muito difícil resumir tudo o que acontece na estrada em alguns dias. Então, o que tentei fazer foi representar alguns dos aspectos disso… por exemplo, músicos nunca, realmente nunca, veem a frente do prédio, eles veem a parte de trás do prédio, nós vemos a porta do palco, vemos a área dos bastidores, vemos o porão de um edifício… você vai da porta do palco para a porta do carro para a porta do hotel para a porta do trem para a porta do ônibus, então é um monte de portas, mas é sempre sobre viajar…”, explica Bryan Adams.

grimes“Eu conheço e aprecio Bryan há anos. Nós pensamos que sua ideia de juntar o mundo da música com o da estrada e das viagens seria perfeito para um Calendário que está voltando, enquanto buscamos um retorno gradual à normalidade após a pandemia. Este Calendário marcará os meses de um ano, 2022, que é particularmente importante para nós, pois é o ano em que celebramos o aniversário de 150 anos da Pirelli”, diz Marco Tronchetti Provera, vice-presidente executivo e CEO da Pirelli.

kali-uchisA Pirelli foi fundada em 1872 e publicou 48 edições do Calendário Pirelli desde seu lançamento em 1964 - incluindo o On the Road - criado por 38 fotógrafos. Eventos por trás das cenas, fotos das sessões, uma gravação da apresentação e as histórias e personalidades do Calendário Pirelli 2022 podem ser encontrados em www.pirellicalendar.com, onde você pode explorar o história do The Cal™ com vídeos, entrevistas, fotografias e textos originais.

jennifer-hudson“ON THE ROAD” (E POR TRÁS DAS LENTES)…

Uma conversa com Bryan Adams

Qual é a ideia por trás do seu Calendário Pirelli?

Tentei usar a criatividade para transmitir a ideia de uma jornada pela vida de um artista. Uma das coisas sobre as fotos é que você não quer que as elas sejam normais. Você quer que uma imagem seja algo memorável, e é o que tentei fazer.

Como surgiu o tema “on the road” (“na estrada”, em português)?

Não foi muito difícil, para ser sincero, porque estar na estrada é o que tenho feito nos últimos 45 anos. Quando eu propus isso, quase pensei que talvez isso tivesse sido feito antes porque é uma coisa tão óbvia, e eu pensei que a relação simbiótica seria boa, a ideia de músicos que viajam e uma empresa que fabrica pneus. Faz sentido para mim. E a Pirelli também adorou.

st-vincentVocê pode descrever como as fotos contam a história de turnês, performances e a experiência de estar na estrada?

Seria muito, muito difícil resumir tudo o que acontece na estrada em alguns dias. Então, o que tentei fazer foi representar alguns dos aspectos disso… por exemplo, músicos nunca realmente veem a frente do prédio, eles veem a parte de trás do prédio, nós vemos a porta do palco, vemos a área dos bastidores, vemos o porão de um edifício… você vai da porta do palco para a porta do carro, para a porta do hotel, para a porta do trem, para a porta do ônibus, então é um monte de portas, mas é sempre sobre viajar.

Esta é a primeira vez que The Cal abordou a música e os músicos desta forma e, como um fotógrafo e músico, você está em uma posição única para isso. Você pode falar sobre isso?

Quer dizer, realmente, estou feliz que isso tenha acontecido e seja identificável em um mundo que eu entendo. Para mim, pessoalmente, foi muito bom poder trabalhar com outros músicos e obter uma chance de dar uma olhada em seus mundos e ver como eles os montaram porque, você sabe, mudou muito, e a imagem se tornou uma parte incrivelmente importante do que acontece agora com a música. Agora, um artista pode mudar completamente a forma como deseja ser representado em uma única fotografia, por conta própria, eles estão no controle… então é um momento interessante fotograficamente e artisticamente para os músicos.

iggy-popO que você gostaria que suas fotos comunicassem?

Espero que as pessoas gostem da fantasia e da realidade que retratamos nessas poucas imagens. É só um corte transversal do que poderia ter sido e, infelizmente, não há espaço… você precisaria de um livro sobre cada pessoa para poder contar a história, mas é um vislumbre e é um vislumbre interessante de cada artista.

Qual é a sua lembrança favorita na estrada?

Bem, há uma citação - na verdade, acho que foi em Apocalypse Now - onde um soldado fala sobre estar na selva, e todos os dias em que ele estava na selva, ele queria chegar em casa, mas todos os dias ele estava em casa, ele queria voltar para a selva, então um pouco disso é o que acontece com músicos. Temos essa coisa viciante onde, uma vez que você fez isso, você faz de novo e você faz novamente.

O que fazer turnê significa para você?

Bem, fazer turnês tem sido minha vida de verdade e não sei de que outra forma poderia explicar isso para você. É como ter outra família e sinto falta deles por causa dessa coisa da Covid-19.

saweetieVocê está animado para voltar à estrada?

É interessante, tive tempo para refletir e nunca pensei que isso fosse acontecer, nunca pensei em meus sonhos mais loucos de que o mundo fecharia e não poderíamos viajar. Estou animado para voltar, mas ao mesmo tempo eu realmente gostei do meu lockdown. Eu me diverti muito com minha família e nós nos divertimos muito em nossa pequena bolha, mas a bolha está começando a se abrir, conforme nós podemos ver, e o mundo está começando a se abrir e espero que continue assim.

pirelli-150-years-logoCALENDÁRIO PIRELLI: FOTÓGRAFOS, LOCAÇÕES E PROTAGONISTAS

1964 Robert Freeman em Maiorca, Espanha

Jane Lumb, Sonny Freeman Drane, Marisa Forsyth

1965 Brian Duffy em Mônaco e na Riviera Francesa, Sul da França

Pauline Dukes, Annabella, Virginia, Pauline Stone, Jeannette Harding

1966 Peter Knapp em Al Hoceima, Marrocos

Shirley Ann, Sue

1967 Não publicado

1966 Harri Peccinotti em Djerba, Tunísia

Ulla Randall, Elisa Ngai, Pat Booth, Jill La Tour

1969 Harri Peccinotti no Big Sur, Califórnia

1970 Francis Giacobetti em Paradise Island, Bahamas

Alexandra Bastedo, Anak, Pegga, Paula Martine

1971 Francis Giacobetti na Jamaica, Grandes Antilhas

Caileen Bell, Angela McDonald, Kate Howard, Christine Townson, Gail Allen

1972 Sarah Moon na Villa Les Tilleuls, Paris

Suzanne Moncurr, Mick Lindburg, Boni Pfeifer, Inger Hammer, Magritt Rahn,

Barbara Trenthan

1973 Brian Duffy em Londres, Reino Unido

Erica Creer, Sue Paul, Nicki Howorth, Kubi, Nicky Allen, Jane Lumb, Kate

Howard, Vida, Penny Steel, Kari Ann, Elizabeth, Vicky Wilks

1974 Hans Feurer em Seychelles, África

Eva Nielson, Kim, Marana, Chichinou, Kathy Cochaux

1975-83 Não publicado

1984 Uwe Ommer nas Bahamas, América Central

Angie Layne, Suzy-Ann Watkins, Jane Wood, Julie Martin

1985 Norman Parkinson em Edimburgo, Escócia

Anna, Cecilia, Iman, Lena, Sherry

1986 Bert Stern em Cotswolds, Inglaterra

Julia Boleno, Jane Harwood, Louise King, Deborah Leng, Suzy Yeo, Beth

Toussaint,  Gloria,  Joni  Flyn,  Caroline  Hallett,  Samantha,  Juliet,  Clare

Macnamara

1987 Terence Donovan em Bath, Reino Unido

Ione Brown, Colette Brown, Naomi Campbell, Gillian De Turville, Waris Dirie

1988 Barry Lategan em Londres, Reino Unido

Hugo Bregman, Briony Brind, Victoria Dyer, Nicola Keen, Kim Lonsdale,

Sharon MacGorian, Naomi Sorkin, Carol Straker

1989 Joyce Tennyson no Polaroid Studios, Nova York

Lisa Whiting, Nicky Nagel, Danielle Scott, Brigitte Luzar, Gilda Meyer-Nichof,

Kathryn Bishop, Susan Allcorn, Susan Waseen, Rosemarie Griego, Akura

Wall, Gretchen Heichholz, Rebecca Glen

1990 Arthur Elgort em Sevilha, Espanha

Laure Bogeart, Laurie Bernhardt, Christina Cadiz, Anna Klevhag, Florence

Poretti, Debrah Saron

1991 Clive Arrowsmith na França

Alison Fitzpatrick, Lynne Koester, Monika Kassner, Paola Siero, Nancy Liu,

Katherina Trug, Jackie Old Coyote, Tracy Hudson, Rachel Boss, Carole

Jimenez, Saskia Van Der Waarde, Rina Lucarelli, Susie Hardie-Bick

1992 Clive Arrowsmith em Almeria, Espanha

Alison Fitzpatrick, Julienne Davis, Judi Taylor

1993 John Claridge em Seychelles, África

Christina Estrada, Barbara Moors, Claudie

1994 Herb Ritts em Paradise Island, Bahamas

Karen Alexander, Helena Christensen, Cindy Crawford, Kate Moss

1995 Richard Avedon em Nova York, Estados Unidos

Nadja Auermann, Farrah Summerford, Naomi Campbell, Christy Turlington

1996 Peter Lindberg no El Mirage, Califórnia, Estados Unidos

Eva Herzigova, Nastassja Kinski, Kristen Mc Menamy, Navia, Carre Otis,

Tatjanna Patitz

1997 Richard Avedon em Nova York, Estados Unidos

Honor Fraser, Ling, Cordula, Sophie Patitz, Ines Sastre, Waris Dirie, Anna

Klevhag, Monica Bellucci, Gisele, Kristina, Tatiana, Irina, Jenny Shimizu,

Marie Sophie, Brandy, Julia Ortiz, Nikki Uberti

1998 Bruce Weber em Miami, Estados Unidos

Tanga  Moreau,  Stella  Tenant,  Milla  Jovovich,  Carolyn  Murphy,  Eva

Herzigova,  Patricia  Arquette,  Shalom  Harlow,  Kristy  Hume,  Elaine  Irwin

Mellencamp,  Georgina  Grenville,  Kiara,  Rachel  Roberts,  Daryl  Hannah.

Guests: Dermot Mulroney, Fred Ward, Ewan Mc Gregor, Dan O’Brien, BB

King,  Sonny  Rollins,  Bono,  Paul  Cadmus,  Francesco  Clemente,  John

Malkovich, Kelly Slater, Kris Kristofferson, Robert Mitchum.

1999 Herb Ritts em Los Angeles, Estados Unidos

Chandra North, Sophie Dahl, Karen Elson, Michele Hicks, Carolyn Murphy,

Shirley Mallmann, Laetitia Casta, Audrey Marnay, Elsa Benitez, Bridget Hall,

Angela Lindvall, Alek Wek

2000 Annie Leibovitz em Rhinebeck, Nova York, Estados Unidos

Lauren Grant, June Omura, Mireille Radwan-Dana, Laetitia Casta, Alek Wek,

Julie Worden, Jacqui Agyepong, Marjorie Folkman

2001 Mario Testino em Nápoles, Itália

Gisele Bündchen, Aurelie Claudel, Karen Elson, Rhea Durham, Marianna

Weickert, Fernanda Tavares, Angela Lindvall, Ana Claudia Michael, Liisa

Winkler, Noemi Lenoir, Frankie Rayder, Carmen Kass

2002 Peter Lindbergh em Los Angeles, Estados Unidos

Lauren  Bush,  Erika  Christensen,  Amy  Smart,  Bridget  Moynahan,  James

King,  Shannyn  Sossamon,  Selma  Blair,  Kiera  Chaplin,  Brittany  Murphy,

Monet Mazur, Rachel Leigh Cook, Mena Suvari, Julia Stiles

2003 Bruce Weber em Cilento e Paestum, Itália

Jessica  Miller,  Lisa  Steiffert,  Heidi  Klum,  Isabeli  Fontana,  Mariacarla

Boscono, Natalia Vodianova, Karolina Kurkova, Sienna Miller, Alessandra

Ambrosio, Rania Raslan, Bridget Hall, Sophie Dahl, Eva Riccobono, Yamila

Diaz-Rahi, Filippa Hamilton, Valentina Stilla, Enrico Lo Verso, Alessandro

Gassman,  Tomasino  Ganesh,  Marcelo  Boldrini,  Jak  Krauszer,  Stephan

Ferrara, Ajay Lamas

2004 Nick Knight em Londres, Inglaterra

Adina Fohlin, Amanda Moore, Jessica Miller, Natalia Vodianova, Karolina

Kurkova, Mariacarla Boscono, Esther de Jong, Frankie Rayder, Liberty Ross,

Dewi Driegen, Ai Tominaga, Pollyanna McIntosh, Alek Wek

2005 Patrick Demarchelier no Rio de Janeiro, Brasil

Adriana Lima, Julia Stegner, Michelle Buswell, Erin Wasson, Marija Vujovic,

Fillipa Hamilton, Liliane Ferrarezi, Valentina, Diana Dondoe, Isabeli Fontana,

Naomi Campbell

2006 Mert e Marcus em Cap d’Antibes, França

Jennifer  Lopez,  Gisele  Bündchen,  Guinevere  Van  Seenus,  Kate  Moss,

Karen Elson, Natalia Vodianova

2007 Inez e Vinoodh na Califórnia

Sophia Loren, Penélope Cruz, Lou Doillon, Naomi Watts, Hilary Swank

2008 Patrick Demarchelier em Xangai, China

Maggie Cheung, Agyness Deane, Lily Donaldson, Du Juan, Doutzen Kroes,

Catherine McNeil, Mo Wan Dan, Sasha Pivovarova, Coco Rocha, Caroline

Trentini, Gemma Ward

2009 Peter Beard no Abu Camp/Jack’s Camp, Botswana

Daria Werbowy, Emanuela De Paula, Isabeli Fontana, Lara Stone, Rianne

Ten Haken, Malgosia Bela, Mariacarla Boscono

2010 Terry Richardson na Bahia, Brasil

Daisy  Lowe,  Georgina  Stojiljokovic,  Rosie  Huntington,  Eniko  Mihalik,

Catherine McNeil, Ana Beatriz, Abbey Lee Kershaw, Marloes Horst, Lily

Cole, Miranda Kerr, Gracie Carvalho

2011 Karl Lagerfeld em Paris, França

Bianca  Balti,  Elisa  Sednaoui,  Freja  Beha  Erichsen,  Isabeli  Fontana,

Magdalena Frackowiak, Anja Rubik, Abbey Lee Kershaw, Lakshmi Menon,

Heidi Mount, Erin Wasson, Natasha Poly, Lara Stone, Daria Werbowy, Iris

Strubegger, Jeneil Williams, Baptiste Giabiconi, Sebastian Jondeau, Brad

Kroenig, Garrett Negg, Jake Davis

2012 Mario Sorrenti em Murtoli, Corsica

Isabeli Fontana, Natasha Poly, Saskia De Brauw, Lara Stone, Joan Small,

Guinevere Van Seenus, Malgosia Bela, Edita Vilkevictiute, Kate Moss, Milla

Jovovich, Margareth Made, Rinko Kikuchi

2013 Steve McCurry no Rio de Janeiro, Brasil

Isabeli Fontana, Adriana Lima, Sonia Braga, Marisa Monte, Elisa Sedanoui,

Petra Nemcova, Hanna Ben Abdesslem, Liya Kebede, Karlie Kloss, Kyleigh

Kuhn, Summer Rayne Oakes

2014 Celebrações do 50º aniversário do Calendário em Milão

Calendário 1986 por Helmut Newton, em Monte Carlo e em Chianti

Antonia Dell’Atte, Susie Bick, Betty Prado

2015 Steven Meisel em Nova York, Estados Unidos

Karen Elson, Anna Ewers, Isabeli Fontana, Gigi Hadid, Candice Huffine,

Adriana  Lima,  Sasha  Luss,  Cameron  Russel,  Joan  Smalls,  Natalia

Vodianova, Raquel Zimmerman

2016 Annie Leibovitz em Nova York, Estados Unidos

Yao Chen, Natalia Vodianova, Kathleen Kennedy, Agnes Gund e Sadie Rain

Hope-Gund, Serena Williams, Fran Lebowitz, Mellody Hobson,

Ava Duvernay, Tavi Gevinson, Shrin Neshat, Yoko Ono, Patti Smith,

Amy Schume

2017 Peter Lindbergh em Berlim, Los Angeles, Nova York, Londres e Le Touquet

Jessica  Chastain,  Penélope  Cruz,  Nicole  Kidman,  Rooney  Mara,  Helen

Mirren, Julianne Moore, Lupita Nyong’o, Charlotte Rampling, Lea Seydoux,

Uma  Thurman,  Alicia  Vikander,  Kate  Winslet, Robin  Wright,  Zhang Ziyi,

Anastasia Ignatova

2018 Tim Walker em Londres, Reino Unido

Adut Akech, Adwoa Aboah, Alpha Dia, Djimon Hounsou, Duckie Thot, Jaha

Dukureh, King Owusu, Lil Yachty, Lupita Nyong’o, Naomi Campbell, RuPaul,

Sasha Lane, Sean “Diddy” Combs, Slick Woods, Thando Hopa, Whoopi

Goldberg, Wilson Oryema Zoe Bedeaux

2019 Albert Watson em Miami e Nova York

Laetitia Casta, Misty Copeland, Julia Garner, Gigi Hadid, Sergei Polunin,

Calvin Royal III, Alexander Wang, Astrid Eika

2020 Paolo Roversi em Paris e Verona

Claire Foy, Mia Goth, Chris Lee, Indya Moore, Rosalìa,Stella Roversi, Yara Shahidi,

Kristen Stewart, and Emma Watson

2021 Não publicado

2022 Bryan Adams em Los Angeles e Capri

Cher, Grimes, Jennifer Hudson, Normani, Rita Ora, Bohan Phoenix, Iggy

Pop, Saweetie, St. Vincent, Kali Uchis e Bryan Adams

da redação com informações da  Néctar Comunicação Corporativa  imagens: fotos/divulgação

PUBLI EDITORIAL

worldfashion • 27/11/21, 14:54

banner_wf-positivo1Alinhados à evolução do mercado têxtil e às necessidades de comunicação pontual com o público-alvo, a nossa plataforma digital é a publicação. O objetivo é levar as informações, novidades e noticias dos vários elos desta cadeia: desde a matéria prima até o varejo, em tempo real.

O nosso BLOG está no ar desde junho de 2009, acompanhando os vários acontecimentos do mercado, com eficiência e qualidade necessária, atingindo acessos significativos numa escala ascendente, provenientes também, através dos links das redes sociais como - Facebook: https://www.facebook.com/worldfashionrevista  e os Instagrans: https://www.instagram.com/worldfashionrevista/ ou  https://www.instagram.com/worldfashiondaily/.

Convidamos vocês a interagir e conectar seus produtos ou serviços neste universo inimaginável de oportunidades, para um seleto e qualificado público, dos vários segmentos que compõem o mercado têxtil e de moda

Enviem seus dados e conte-nos a sua idéia, podemos sugerirmos várias possibilidades. O e-mail é comercial@worldfashion.com.br

INDÚSTRIA TÊXTIL

worldfashion • 26/11/21, 15:45

35a2b2df-7a18-40d5-a660-e2cfdbba467c Desfile de  Naya Violeta by Capricórnio Têxtil no SPFWN52

Apresentamos o que a indústria têxtil, desenvolve para dar sustentação ao mercado da moda, acreditando que para entregar valor, temos que nos envolver com aquilo que fazemos, com quem faz e para quem? Assim a Santista Jeanswear teve a iniciativa de conversar com os consumidores para entender seus valores, seus anseios, seu conhecimento sobre o denim e mais do que isso, o que os motiva a escolher um jeans para seguir no seu dia-a-dia.  Para chancelar o trabalho realizado no mercado goiano, a Capricórnio Têxtil, apoiou a estreia de Naya Violeta, na edição 52 do SPFW. A Covolan Denim continua a sua expansão, e oferece uma coleção assertiva e busca novas soluções para continuar diminuindo seus impactos ambientais. E a Coats oferece portfólio de linhas de alta qualidade para indústria de jeans que garantem menor índice de ruptura, esgarçamento e derretimento durante o processo de fabricação.

SANTISTA JEANSWEAR

Para iniciar os trabalhos a primeira ação foi convidar um grupo de pessoas de gerações Baby Boomers, X, Y e Z para se envolver no processo e juntos jeansenvolver o seu jeans preferido.

sueli-pereira-apresenta-presquisa-no-denim-cityEm outubro 2021 foi a segunda etapa, uma interatividade na plataforma Discord, de relacionamento de jogos, além do questionário pelo Google Forms, e apenas o começo de um processo de relacionamento e descobertas, no qual juntos criaram um espaço coletivo para mais do que entender sobre consumo, abrir com novas possibilidades de sentir, vestir e se expressar, mantendo o universo azul em sintonia com todos e em todos os tempos.

Foram mais de 50 participantes sendo que, (70%) que se identificaram com o gênero feminino e (30%) masculino. O perfil casual predomina com (61%) das respostas, seguido de trendy, ou seja, aqueles que se consideram mais autênticos e guiam-se pelo seu própria estilo.

sueli-pereira-apresenta-presquisa-no-denim-city-1Resultado: O jeans é percebido majoritariamente como atemporal e não à toa quase (70%) dos participantes declararam essa preferência. Este dado se confirma pela escolha do aspecto mais valorizado neste momento, o básico em (52,2%) das respostas, seguido do vintage. Porém, isso pode ser uma orientação de tendência, já que a moda está valorizando a sustentabilidade que desponta na relevância do consumo confirmado por mais de (95%) dos entrevistados. O Tema abordado em nossa direção de tendência:  Exploradores Enraizados.

Embora o jeans skinny continue sendo apontado como o fit , (43,5%) dos participantes, mais gostam por sua praticidade, versatilidade, considerada a peça “coringa” que vai com tudo.  A questão mais latente para as marcas é “qual o jeans preferido do momento?”: (34,8%) dos participantes revelam querer a retas, superando a escolha sueli-pereira-apresenta-presquisa-no-denim-city-2das skinnys (19,6%), sinalizando esse olhar influenciado pelas tendências. Lembrando que as retas pareceram nas principais marcas e passarelas, confirmando a importante e crescimento dos stretchs de conforto e também (100%) algodão.

Apesar do consumidor ter maior liberdade de estilo, (60,9%) disseram seguir tendências de moda, por isso aproveitamos este “gancho” para avaliar a preferências deles relação as 3 direções de estilo: Criadores Coletivos, Phygital Raves, Exploradores Enraizados, apontados pela Santista para o Verão 23.

Quando perguntado sobre qual realidade inspira o look, a maioria (76%), aponta o presente como inspiração, mas a tendência Criadores Coletivos (34,8%), que se espelha no passado foi a que mais agradou. O fato é que muitos não associam o estilo com o passado, já que artista e influencers das redes sociais são guias para a composição estética consumidor para definir o look do dia. Sem contar que cada vez mais os indivíduos migram de estilo e se se sentem cada vez mais livres para experimentar.

primeiro-lugar-rafael-baldo-com-a-lavanderia-tomazoni-wash-de-rio-do-sul-scO final da 2ª edição da competição BLUE JOURNEW - entre lavanderias da Santista Jeanswear e Química Intensa aconteceu em início de Novembro, que visa estimular o uso de produtos e processos “Eco Sustentáveis” desenvolvidos pela Química Intensa no beneficiamento das calças jeans. Com isso, desmistificar a sustentabilidade para os beneficiadores de jeans e mostrar que é possível desenvolver peças incríveis de modo sustentável e reduzir custos de processos.

segundo-lugar-matheus-polla-com-a-lavandeira-santo-antonio-de-laguna-scterceiro-lugar-mario-laundry-com-a-lavanderia-santo-andre-de-natal-rnA proposta da competição é revelar as melhores técnicas e técnicos da lavanderia do Brasil, a 2ª edição da Blue Journey, intitulada “New Shades of Blue”, contou  inicialmente com a participação de 80 lavanderias convidadas das oito principais regiões produtoras de jeans no país: Fortaleza, Pernambuco, Goiânia, Minas Gerais, Espírito Santo, São Paulo, Paraná e Santa Catarina.

Somente dois representantes de cada estado foram para a final num total de 16 finalistas. O primeiro lugar ficou com Rafael Baldo com a Lavanderia Tomazoni Wash de Rio do Sul (SC) foto central acima, o segundo lugar ficou com Matheus Polla com a lavandeira Santo Antônio de Laguna (SC) foto à esquerda, e o terceiro lugar ficou com Mário Laundry com a lavanderia Santo André de Natal (RN)foto à direita.

da redação com informações da Helena Augusta Assessoria de Comunicação

CAPRICORNIO

A  estilista goiana de Naya Violeta apresentou seus looks, na passarela  do SPFW São Paulo Fashion Week, com tecidos da Capri: o Luna do Eco Denim com mistura de algodão e liocel e o Algarve 100% algodão da linha Original Denim produziu calças, camisas, macação entre outras peças.

4d693d3e-1c94-4b84-80f5-e417668f6f50Com o tema “Encante – do amém ao axé”, a marca homônima apresentou cores vibrantes e a autenticidade do country, fugindo do óbvio, com uma leitura contemporânea e referências à infância da estilista. “Para nós, estas parcerias visam o nosso propósito de promover conexões e ampliar o ecossistema. Queremos cada vez mais ser lembrado e fazer parte dos principais eventos do país”, finaliza João Bordignon, Diretor de Marketing e Novos Negócios da Capricórnio Têxtil, a primeira indústria de tecidos planos a conquistar certificação reconhecida pelo GPTW - Great Place to Work Brasil como um excelente lugar para trabalhar de acordo com a percepção dos funcionários e as práticas da empresa.

Entre os seus artigos se destacam:

*Eco Denim - A linha conta pelo menos com um atributo sustentável, seja na matéria-prima, no processo de produção ou trabalhando a economia circular.

*Original Denim – Fabricado em 100% algodão, pode ser encontrado em uma grande variedade e tonalidades. Cheia de tradição e estilo, é ideal para peças com visual vintage, garantindo resultados incríveis para calças retas, clochard, pantalonas, jaquetas, pantacourt, wide leg, boyfriend e mom. A regra é abusar de lavagens mais elaboradas, estonagem intensa, lixados e puídos bem detonados.

9f309efa-525c-442a-bbbe-05fe11906b9f*Light Denim – Jeans mais leve, próprio para climas mais quentes. É ideal para ser usado não só na linha de camisaria, mas, também, na confecção de vestidos, blusas, regatas, shorts, bermudas, calças clochard e jogger. Conta também com opções rígidas e elastizadas.

*Comfort Denim – O algodão, quando combinado com o elastano, forma o match perfeito para a tendência da vez: conforto. É o denim preferido dos estilistas e dos apaixonados por movimento.

*Flat Comfort Denim – Com toque de cetim, cores intensas e luminosas, que aliado ao conforto do elastano garante um visual nobre e uniforme. Com ajuste perfeito ao corpo, pode ser usado em peças de alfaiataria masculinas e femininas.

*Poli Comfort Denim – A dobradinha do elastano com o poliéster garante versatilidade na lavanderia e ótimo rendimento nas confecções.

da redação com informações da Ativa Assessoria de Comunicação   imagens: fotos/divulgação

COVOLAN DENIM

Empresa 100% Brasileira, fundada em 1966, transformou-se de fiação e tecelagem em referência nacional e internacional em Sustentabilidade, e à partir do ano 2000, dedicou-se à produção exclusiva de Denim, com finalidades que vão além do que extraímos do planeta como consumidores, mas também como podemos criar melhores mudanças com nossos produtos. Seu objetivo é criar um ecossistema Denim mais robusto, ético e responsável. Atuando fortemente nos três pilares da sustentabilidade: social, econômico e ambiental, sendo a única fabricante têxtil Denim do Brasil, membro associado do programa ZDHC, preocupada em atender aos requisitos e critérios em níveis mundiais para obter os certificados OEKO-TEX® STeP, OEKO-TEX® STANDARD 100, OEKO-TEX® DETOXTO-ZERO, ISO 45001, ISO 14001 e ISO 9001. Cuida para o descarte ZERO de produtos químicos tóxicos, toda a água utilizada no processo produtivo é tratada através do moderno e novo tratamento de efluentes além disso, é utilizado nas coleções 100% o Corante índigo Bann Premium Zero Anilina.

Sua responsabilidade é um processo eficiente, com fornecedores qualificados, time de pessoas capacitadas, órgãos certificadores que auferem os três pilares para entregar o melhor produto ao cliente.A Covolan Denim continua sua expansão, oferecendo uma coleção assertiva e buscando novas soluções para continuar diminuindo seus impactos ambientais, apresenta 7 lançamentos, 3 cetins blue intensos, 1 sarja 3×1 com ring blue intenso, 1 maquinetado blue intenso, 1 black sarja 3×1 e 1 PT sarja 3×1. A proposta destes lançamentos é apresentar artigos comerciais com baixo encolhimento, maiores larguras para melhor aproveitamento nos encaixes de modelagem, pesos mais leves e bem provenientes ao clima do país e que possibilitem versatilidades nas técnicas de lavanderias. Um produto que pode ser trabalhado no universo feminino, masculino, infanto e juvenil, tanto para bottoms como tops. São tecidos que respondem às necessidades de construção de coleção com maior retorno as pesquisas em desenvolvimento de produto.

olimpia-5150CETIM

8,4 OZ

81%CO 17%PES

2%PUE

TINGIMENTO: BLUE

INTENSO

TRAMA SEM

TINGIMENTO

LARGURA 1,56 M

ENCOLHIMENTO

BAIXO, (TRAMA 12%)

STRETCH 30%/40%

OLÍMPIA | 5150: Tecido Denim tingimento Zero Anilina* Blue intenso em construção cetim.

Produto certificado: OEKO-TEX STANDARD 100, BCI, Bann Premium Zero Aniline * Indigo

Dye; Nossas certificações: OEKO-TEX STeP, DETOX-TO-ZERO by OEKO-TEX, ISO 14001, ISO

9001, ISO45001; Programas sustentáveis: Contribuidor do ZDHC, Índice do Higg-Index e

membro do PACTO GLOBAL; Tecnologias Sustentáveis: BIOMASSA, Estação de Tratamento

de Efluentes com MBR e Genius Denim - Green Dye.

olimpia-black-51511OLÍMPIA

BLACK

5151

CETIM

8,4 OZ

81%CO 17%PES

2%PUE

TINGIMENTO:

BLUE INTENSO

TRAMA PRETA

LARGURA 1,56 M

ENCOLHIMENTO

BAIXO, (TRAMA

12%)

STRETCH 30%/40%

OLÍMPIA BLACK | 5151:

Tecido Denim tingimento Zero Anilina* Blue intenso em construção cetim.

Produto certificado: OEKO-TEX STANDARD 100, BCI, Bann Premium Zero Aniline * Indigo

Dye; Nossas certificações: OEKO-TEX STeP, DETOX-TO-ZERO by OEKO-TEX, ISO 14001, ISO

9001, ISO45001; Programas sustentáveis: Contribuidor do ZDHC, Índice do Higg-Index e

membro do PACTO GLOBAL; Tecnologias Sustentáveis: BIOMASSA, Estação de Tratamento

de Efluentes com MBR e Genius Denim - Green Dye.

new-prime-5145NEW

PRIME

5145

CETIM

8,2 OZ

81%CO 17,5%PES

1,5%PUE

TINGIMENTO:

BLUE INTENSO

TRAMA SEM

TINGIMENTO

LARGURA 1,62 M

ENCOLHIMENTO

BAIXO, (TRAMA

9%)

STRETCH

20%/30%

NEW PRIME | 5145:

Tecido Denim tingimento Zero Anilina* Blue intenso em construção cetim.

Produto certificado: OEKO-TEX STANDARD 100, BCI, Bann Premium Zero Aniline * Indigo

Dye; Nossas certificações: OEKO-TEX STeP, DETOX-TO-ZERO by OEKO-TEX, ISO14001,

ISO9001, ISO45001; Programas sustentáveis: Contribuidor do ZDHC, Índice do Higg-Index e

membro do PACTO GLOBAL; Tecnologias Sustentáveis: BIOMASSA, Estação de Tratamento

de Efluentes com MBR e Genius Denim - Green Dye.

medalha-5146MEDALHA

5146

SARJA 3X1 + RING

7,8 OZ

81%CO 17,5%PES

1,5%PUE

TINGIMENTO: BLUE

INTENSO

TRAMA SEM

TINGIMENTO

LARGURA 1,60 M

ENCOLHIMENTO

BAIXO, (TRAMA 9%)

STRETCH 20%/30%

MEDALHA | 5146:

Tecido Denim tingimento Zero Anilina* Blue intenso em construção sarja 3×1 + ring.

Produto certificado: OEKO-TEX STANDARD 100, BCI, Bann Premium Zero Aniline * Indigo

Dye; Nossas certificações: OEKO-TEX STeP, DETOX-TO-ZERO by OEKO-TEX, ISO14001,

ISO9001, ISO45001; Programas sustentáveis: Contribuidor do ZDHC, Índice do Higg-Index e

membro do PACTO GLOBAL; Tecnologias Sustentáveis: BIOMASSA, Estação de Tratamento

de Efluentes com MBR e Genius Denim - Green Dye.

cotele-exCOTELE EX

5139

MAQUINETADO

10 OZ

73%CO 25%PES 2%PUE

TINGIMENTO: BLUE

INTENSO

TRAMA SEM

TINGIMENTO

LARGURA 1,60 M

ENCOLHIMENTO

BAIXO, (TRAMA 8%)

STRETCH 15%/25%

COTELE EX | 5139:

Tecido Denim tingimento Zero Anilina* Blue intenso em construção maquinetado.

Produto certificado: OEKO-TEX STANDARD 100, BCI, Bann Premium Zero Aniline * Indigo

Dye; Nossas certificações: OEKO-TEX STeP, DETOX-TO-ZERO by OEKO-TEX, ISO14001,

ISO9001, ISO45001; Programas sustentáveis: Contribuidor do ZDHC, Índice do Higg-Index e

membro do PACTO GLOBAL; Tecnologias Sustentáveis: BIOMASSA, Estação de Tratamento

de Efluentes com MBR e Genius Denim - Green Dye.

blackout1BLACKOUT

5142

SARJA 3X1

8,9 OZ

74%CO 24%PES

2%PUE

TINGIMENTO:

BLACK

TRAMA PRETA

LARGURA 1,60 M

ENCOLHIMENTO

BAIXO, (TRAMA

8%)

STRETCH

25%/30%

BLACKOUT | 5142:

Tecido Denim tingimento Zero Anilina* Blue intenso em construção sarja 3×1.

Produto certificado: OEKO-TEX STANDARD 100, BCI, Bann Premium Zero Aniline * Indigo

Dye; Nossas certificações: OEKO-TEX STeP, DETOX-TO-ZERO by OEKO-TEX, ISO14001,

ISO9001, ISO45001; Programas sustentáveis: Contribuidor do ZDHC, Índice do Higg-Index e

membro do PACTO GLOBAL; Tecnologias Sustentáveis: BIOMASSA, Estação de Tratamento

de Efluentes com MBR e Genius Denim - Green Dye.

ice-5111ICE TOP 5111

SARJA 3X1

8,9 OZ

74%CO 24%PES 2%PUE

TINGIMENTO: BLACK

TRAMA PRETA

LARGURA 1,60 M

ENCOLHIMENTO BAIXO, (TRAMA 8%)

STRETCH 25%/30%

ICE TOP | 5111:

Tecido Denim tingimento Zero Anilina* Blue intenso em construção sarja 3×1.

Produto certificado: OEKO-TEX STANDARD 100, BCI, Bann Premium Zero Aniline * Indigo

Dye; Nossas certificações: OEKO-TEX STeP, DETOX-TO-ZERO by OEKO-TEX, ISO14001,

ISO9001, ISO45001; Programas sustentáveis: Contribuidor do ZDHC, Índice do Higg-Index e

membro do PACTO GLOBAL; Tecnologias Sustentáveis: BIOMASSA, Estação de Tratamento

de Efluentes com MBR e Genius Denim - Green Dye.

da redação com informações e imagens da Covolan Denim

COATS

modelo-jeans-coatsCom entendimento profundo das oportunidades e desafios enfrentados pela indústria têxtil, a Coats(*) desenvolve produtos e soluções inovadoras que aumentam a produtividade e o desempenho da costura. “Atuamos junto ao cliente para criar soluções que resolvam problemas como rupturas, derretimento de linhas de poliéster durante o processo a laser e demais fases que compõem a produção, com consultoria técnica em qualquer lugar do mundo”, comenta Sonya Manolova, Diretora de Produto para o segmento de vestuário da Coats.

epic-product-2jeansA escolha correta da linha impacta positivamente a produção e qualidade do  jeans, o desempenho da máquina e a durabilidade da peça. A fabricação desse tipo de peça necessita de linhas mais resistentes e elasticidade suficiente para alongamento quando necessário, além da resistência aos diversos tipos de lavagem.

“As linhas de costura da Coats foram feitas para suportar a lavagem rigorosa do jeans e para criar peças distintas através de cores contrastantes garantindo que não haja abrasão de costura nem perda da cor”, pontua Sonya.

Confira as soluções da Coats para a indústria do jeans:

•EcoRegen: gama de linhas 100% liocel feitas de polpa de madeira de origem sustentável. A solução é totalmente biodegradável devido à sua origem celulósica e é adequada para processos de lavagem sustentáveis.

nylbond•Tre Cerchi Vero +: feita de matéria-prima sustentável, é uma linha 100% algodão desenvolvida com fibras longas de qualidade premium.

•Coats Epic: desenvolvida para fábricas modernas com construção e lubrificação formuladas para garantir versatilidade e alta tenacidade na produção de jeans com impressionante resistência à abrasão.

•Dual Duty, Dual Duty Super Cotton: qualidade premium com excelente durabilidade contra aplicações a laser. É ideal para jeans de look vintage, pois combina um núcleo de filamento de poliéster de alta tenacidade com um revestimento de algodão natural. O núcleo oferece excelente resistência e durabilidade, enquanto a longa capa de algodão garante excelente desempenho de costura e protege o núcleo do calor da agulha.

dual-duty-product•Nylbond: produzida com nylon de alta tenacidade, é uma linha de nylon colada, com filamento contínuo pré-estabilizado 6,6. Corta de forma limpa sem separação das lonas e oferece resistência superior à abrasão no produto costurado. Com maior durabilidade contra aplicações a laser, ela minimiza a quebra da linha após a lavagem e, portanto, reduz as taxas de reparo. Sua química de ligação exclusiva e tecnologia de revestimento proprietária produzem uma linha forte e flexível sem dobras do tecido, sem descamação e sem mudança de cor.

cerchi-vero(*) A Coats é líder mundial em linhas industriais. Com operação em cerca de 50 países, emprega 17 mil colaboradores em seis continentes. Em 2020, alcançou faturamento global de US$ 1,2 bilhão. A história de pioneirismo e cultura inovadora da Coats garante que a empresa seja líder em todo o mundo. Oferece produtos, serviços e soluções de software complementares e de valor agregado para as indústrias de vestuário e calçados. Aplica técnicas inovadoras para desenvolver linhas com materiais de alta tecnologia e performance para áreas como transportes, telecomunicações e energia e proteção individual. Com sede no Reino Unido, a Coats é uma companhia FTSE 250, integrante da FTSE4Good Index Series, participante do Pacto Global da ONU e membro da Ellen MacArthur Foundation. Também se comprometeu com a meta de longo prazo de zero emissões líquidas até 2050, o mais alto nível da Science Based Target Initiative.

da redação com informações da RPMA Comunicação  imagens: fotos/divulgação

DIKLATEX

Diklatex * alia tecnologia e produção com menor impacto ambiental na coleção Verão 2023 com foco no desempenho e versatilidade de suas bases. A coleção Connection traz um maior número de tecidos e mais possibilidade de uso voltado para o sportwear e activewear.

divulgacao-diklatex-1Entre os lançamentos, destaque para três artigos de atributo sustentável com produção têxtil mais consciente por meio da reutilização de matéria prima:

- Nature, produzido com poliéster reciclado e alta concentração de elastano, tem baixa utilização de produtos químicos e de água no processo produtivo. Na cor naturale não há processo de tingimento, valorizando a natureza do fio e trazendo o tecido em sua característica mais pura. É indicado para aplicação em peças da linha Activewear, proporcionando  alta compreensão e elasticidade.

- A versatilidade do Twistter une visual dinâmico e performance em um só artigo. Em mescla de poliamida, tem gramatura superior, elasticidade e compressão. Com proteção da tecnologia Truelife® UV 50+ e alta durabilidade é ideal para a prática de esportes outdoor. O tecido, que chega ao mercado na cor do fio mescla, passa pelo processo dope-dyed. A técnica de tingimento reduz etapas do processo tradicional sendo uma alternativa para redução do consumo de água, energia e demais produtos químicos.

- O Electra é um artigo em poliamida de baixa transparência com textura nobre e brilho suave. Com secagem rápida, por meio da tecnologia Truelife® DRY, e proteção solar da tecnologia Truelife® UV  é ideal para uso em práticas de esportes outdoor. Com uma base de textura leve e discreta o Inside possui toque macio e alta cobertura.  Por contar com elastano em sua composição, é um tecido de elasticidade e compressão média indicado para linhas de roupas activewear.

andre-jativa-21“É desafiador e necessário aliar nossa produção à práticas sustentáveis. Estamos entre os maiores importadores de poliéster reciclado do Brasil, produzimos tecidos a partir de garrafas PET e estamos caminhando para reduzir cada vez mais nossos processos. Exemplos disso são os três lançamentos dessa coleção, produtos que não requerem tingimento, minimizando o uso de água e a geração de efluentes. Assim, desejamos contribuir cada vez mais significativamente para reduzir o impacto ambiental na cadeia em que estamos inseridos”, explica André Jativa, Diretor Executivo da Diklatex.

Recentemente a Diklatex recebeu a certificação RCS (Recycled Claim Standard), programa global de rastreabilidade da cadeia de processamento e de materiais reciclados. Hoje a empresa está entre as primeiras a possuir o selo RCS e conta com  20% de sua produção total reciclada e alcança 90% de produção de artigos para o futebol por meio de poliéster reciclado.

(*) Diklatex Atua há mais de quatro décadas no setor, a Diklatex acompanha as transformações do mercado inovando no desenvolvimento de tecidos técnicos e tecnológicos, agregando soluções de alta performance, conforto e beleza para marcas de moda do universo esportivo e bem estar. A marca destaca-se pela forte atuação em inteligência esportiva e na oferta de produtos que geram benefícios e funcionalidades por meio do uso de  tecnologias. Desde o início da pandemia da Covid-19, a Diklatex buscou novas soluções, como tecidos com tecnologia antiviral para uso dos profissionais de saúde, mitigando assim, a contaminação cruzada

da redação com informações da  Vocali Assessoria de Imprensa  imagens: fotos/divulgação

LER, VER E OUVIR

worldfashion • 23/11/21, 15:25

15bReunimos as últimas novidades sobre collab, parcerias e lançamento virtual. A BOTTLETOP e a #TOGETHERBAND estão trabalhando em parceria com os Yawanawá uma comunidade indígena brasileira que vive no coração da Floresta Amazônica, para criar uma gama de pulseiras inéditas feitas a partir de sementes de açaí, o produto natural que advém da coleta da famosa fruta, utilizada para fazer suco para a comunidade. Comprometidos com a redução do impacto ambiental, o mais novo lançamento é a collab de Melissa com a casa de moda de luxo, Viktor & Rolf, abraçando a atemporalidade com matéria prima reciclada e vegana. A Swarovski e a Nike anunciaram a nova collab: primeiro tênis com Swarovski® Cristais Retrorrefletores. E a Chilli Beans realiza a sua convenção de lançamento de produtos dentro do jogo GTA, surfando na onda do metaverso que está em alta. Para apresentar as coleções de 2022 para os seus colaboradores e público, a marca criou uma experiência imersiva em um “mundo” exclusivo no game, que conta com ativações, experiências e a participação do Eduardo Sterblich, com o seu avatar do famoso Freddy Mercury Prateado.

BOTTLETOP(*) e a #TOGETHERBAND(**) com os Yawanawá(***)

dscf0329-207A parceria estabelece  implementar um workshop com o intuito de oferecer treinamento e emprego sustentável e a longo prazo. A parceria ajudará a proteger o patrimônio cultural e as competências artesanais da comunidade na criação de produtos feitos de materiais naturais da floresta. Capacitar as comunidades indígenas para proteger os seus ecossistemas naturais e a biodiversidade é fundamental para todos nós na luta contra as mudanças climáticas.

“Nossa preciosa floresta está sob grande ameaça. Está queimando. Nós protegemos a floresta e ela nos protege. Vivemos em harmonia. A floresta nos fornece medicamentos. Abrigo. Conhecimento sagrado. E a subsistência. Uma floresta saudável é vital não apenas para nós. Mas para o futuro saudável de toda a humanidade. Para os nossos filhos e para os seus filhos. O fruto do açaí é muito especial para o nosso povo. Usamos as sementes para fazer joias. Estamos fazendo uma parceria com a #TOGETHERBAND para criar a pulseira Yawa como um símbolo de esperança para o futuro da Floresta e de nossa comunidade. Com esta dscf0154-1791pulseira, podemos preservar o patrimônio cultural e o artesanato de nossa comunidade. E fornecer um sustento para o nosso povo. Ajude-nos a proteger a mãe natureza. Ajude-nos a proteger a nossa casa.” Tashka Yawanawá, chefe dos Yawanawá.

“As comunidades indígenas vivem em harmonia com o planeta há séculos. Eles são os guardiões da natureza e, no entanto, enfrentam continuamente problemas de forasteiros que ameaçam a sua própria existência. Tive o privilégio de passar um tempo com a comunidade Yawanawá no Brasil e vi em primeira-mm-3038-85mão como eles cuidam e protegem a floresta tropical, mas precisam do nosso apoio para ajudar a amparar suas terras, que atualmente correm o risco de ser tiradas deles. Esta parceria não só possibilitará que a comunidade prospere e alcance os seus objetivos, mas permitirá que protejam os pulmões do planeta.” Cameron Saul, co-criador da #TOGETHERBAND.

“Proteger a terra é proteger a humanidade. A herança e o legado dos povos Yawanawá no Brasil são fundamentais para entender a nossa própria conexão individual com a Terra. Com a #TOGETHERBAND estamos nos dedicando a apoiar os Yawanawá e a necessidade urgente de preservar suas terras na Amazônia para eles e para o futuro da humanidade.” Sonia Diop, fundadora e presidente do Legacy Forum(****), disse de Paris, na França.

Esta é primeira pulseira #TOGETHERBAND que reúne todas as 17 cores dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, sendo que dscf0368-220-1as sementes das pulseiras Yawa são pintadas à mão e tecidas em fio de plástico retirado do oceano, com uma única semente feita a partir de metal reutilizado. A pulseira Yawa é um convite ao mundo e feito pelos povos indígenas, os nossos verdadeiros guardiões da natureza, para estar ao lado deles e tomar medidas que apoiem os seus objetivos. Somente juntos poderemos alcançá-los.

Conforme destacado no recente relatório do IPCC, é inquestionável que as emissões causadas pelo homem, tais como a queima de combustíveis fósseis e a derrubada de árvores, são responsáveis pelo aquecimento recente. A crise na Amazônia atingiu um ponto crítico. Pela primeira vez, a Amazônia está emitindo mais CO2 do que é capaz de absorver, a partir dos incêndios florestais; a maioria decidiu deliberadamente limpar as terras para a produção de carne e soja.

dscf0550-239O governo brasileiro também está tentando aprovar um projeto de lei, o PL409/2007, que ameaça privar mais de 400 comunidades indígenas dos seus direitos de terra já existentes. Se o projeto de lei passar, abrirá suas terras à exploração, colocando em risco a sua própria sobrevivência. Nós, a comunidade internacional, devemos erguer nossas vozes em solidariedade aos povos indígenas.

As primeiras pulseiras Yawa #TOGETHERBAND estarão disponíveis para pré-venda via https://www.shop2gether.com.br, e-commerce parceiro no Brasil, desde o dia 23 de setembro 2021, dia que marcou o início da Climate Week de Nova York e a Global Goals Week. Ao apoiar a comunidade Yawanawá e ajudá-los a alcançar os seus objetivos, a BOTTLETOP e a #TOGETHERBAND esperam aumentar a conscientização sobre as lutas que as comunidades indígenas estão enfrentando, bem como galvanizar o apoio global para impedir que o projeto de lei PL490/2007 seja aprovado, para proteger os dscf0233-193-1Yawanawá, a floresta tropical e a todos nós.

(*) campanha #TOGETHERBAND foi lançada no Dia da Terra de 2019 pela marca de acessórios sustentáveis BOTTLETOP em parceria com a ONU e a UBS. Utiliza a criatividade e a cultura para aumentar a consciência pública para com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU e inspirar ações para alcançá-los. A campanha criou uma comunidade global de cidadãos ativos com um alcance de 5,4 bilhões de pessoas, conectados por meio de moda sustentável, arte contemporânea, música e audiovisual. Os embaixadores vão de David Beckham e Naomi Campbell a Halima Aden, Lewis Hamilton e Jameela Jamil. Cada pulseira #TOGETHERBAND é feita de Parley Ocean Plastic recuperado, metal para armas de fogo desativado e é feito à mão por artesãos no Nepal, criando habilidades e meios de subsistência para as mulheres locais.

(**)BOTTLETOP é uma marca de acessórios sustentáveis e de luxo que começou em 2002 por meio de uma colaboração no dscf0189-185-11design de bolsas com a icônica casa de moda britânica Mulberry, apoiando artesãos na África e projetos locais de educação sanitária. Com o atelier BOTTLETOP no Brasil e workshops no Nepal, a marca continua a fornecer habilidades e meios de subsistência para artesãos em partes desfavorecidas do mundo.

A BOTTLETOP também é uma inovadora técnica; trabalhando para desenvolver e aplicar os resíduos mais inovadores e materiais de origem sustentável para sua coleção, incluindo metal reciclado, plástico marinho, metal Humanium (armas de fogo desativadas recicladas), couro com desmatamento zero e borracha selvagem. Em novembro de 2017, a BOTTLETOP inaugurou na Regent Street sua primeira loja impressa em 3D criada a partir de resíduos de plástico.

(***)Os Yawanawá, conhecidos como o povo do Javali, são uma comunidade indígena do estado do Acre, Brasil. Vivem em harmonia com os seus arredores devido à sua centenária observação e interação com a natureza, economia de subsistência e ligação espiritual com terras e territórios. Eles garantem o equilíbrio da dscf0368-220-11floresta amazônica, para que ela continue a fornecer água, solo fértil, alimentos, abrigo e medicamentos.

Por centenas de anos, eles sobreviveram a forasteiros que roubaram suas terras e recursos, foram escravizados e tiveram seus costumes e meios de subsistência naturais tirados deles. Sua terra ancestral foi finalmente demarcada em 1977 pelo governo brasileiro, que delimitou legalmente seu território. As ameaças, porém, estão longe do fim com a introdução do projeto de lei PL490.

(****)O LEGACY FORUM é fundado por Sonia Diop, uma filantropa francesa, filha de uma francesa europeia e de um pai senegalês. O LEGACY FORUM visa proteger o meio ambiente, apoiar a educação das crianças e melhorar a condição das mulheres. O LEGACY FORUM reúne os guardiões do nosso meio ambiente com historiadores, cientistas e líderes culturais por meio de reportagens e instalações artísticas instigantes que chamam a humanidade para a ação. O LEGACY FORUM apoia projetos humanitários, educacionais e que assegurem que comunidades ameaçadas tenham cadeias de suprimentos sustentáveis e éticas com cooperativas e ateliers locais para garantir a preservação do seu patrimônio e consciência.

Com início em 2022, o LEGACY FORUM se reunirá em Paris e Genebra, seguido por Washington, DC, em 2023, com eventos anuais a seguir com as nações mais afetadas pela crise climática e onde crianças e mulheres estão em risco. A humanidade encontra-se numa encruzilhada. O LEGACY FORUM se reúne na interseção de nosso passado coletivo para assegurar um futuro mais saudável e livre para todas as pessoas.

FATOS SOBRE OS POVOS INDÍGENAS

•Os povos indígenas constituem 5% da população mundial e representam 15% dos extremamente pobres.

•Os povos indígenas protegem 80% da biodiversidade remanescente do mundo e detêm conhecimentos ancestrais vitais sobre como se adaptar, mitigar e reduzir os riscos climáticos e de desastres.

•Os povos indígenas são frequentemente marginalizados e enfrentam discriminação nos sistemas jurídicos dos países, deixando-os ainda mais vulneráveis à violência e ao abuso.

•Os povos indígenas são herdeiros e praticantes de culturas e modos de vida únicos. Cerca de 70 milhões dependem das florestas para a sua subsistência, e muitos mais são agricultores, caçadores ou criadores de gado.

•A contribuição das comunidades indígenas para o combate às mudanças climáticas é muito maior do que se pensava anteriormente. Suas áreas florestais armazenam pelo menos um quarto de todo o carbono da floresta tropical acima do solo - cerca de 55 trilhões de toneladas métricas. Isto é equivalente a quatro vezes o total das emissões globais de carbono em 2014.

da redação com informações da Suporte Comunicação  imagens: fotos/divulgação

MELISSA e VIKTOR&ROLF

faA Melissa(*) e Viktor&Rolf(**) unem forças para extensão de collab e apresentam três novos estilos inspirados na estética e surrealismo que a dupla de artistas de moda faz referência em sua nova coleção de Alta Costura. Viktor&Rolf abraçam o mundo do plástico reciclado incorporando a assinatura de flores em suas criações, com um humor ultra-feminino e toque moderno.

A Melissa Blossom Bag é a peça central deste lançamento: uma bolsa carteira com alça que apresenta detalhes de flores 3D, em cores distintas. A bolsa vem com duas opções de alça removível - uma curta e uma longa - e pode ser usada como clutch .

A Melissa Lady Emme Blossom cativa através de sua feminilidade, o que a torna um ícone de estilo perfeito. O produto é o adendo ideal à coleção dos designers, com uma palmilha confortável e um salto de oito centímetros.

As plataformas Melissa Blossom são um dos novos estilos da collab. Os sapatos possuem detalhes de flores 3D, e estão disponíveis em várias cores que reinventam a plataforma clássica.

(*)Fundada em 1979, a Melissa cria calçados inovadores inspirados em moda, arte e design. A marca é muito conhecida pelos seus estilos deslumbrantes e colaborou com artistas e estilistas renomados em todo o mundo desde os anos 80, incluindo Jean Paul Gaultier, Thierry Mugler, Campana Brothers, Zaha Hadid, Karl Lagerfeld, Vivienne Westwood, Jason Wu, Jeremy Scott, Comme des Garçons, FILA, Marine Serre, Cerimônia de Abertura, Viktor & Rolf, Lazy Oaf, Y/PROJECT como parte de sua coleção de passarela f/w 2021 e, mais recentemente, Rombaut.

fbO POSSESSION, o estilo mais reconhecido de Melissa e o original “jelly shoe”, foi lançado na década de 1990 e rapidamente se tornou um fenômeno global. Os sapatos Melissa são feitos principalmente da Melflex®, um material proprietário 100% reciclável e vegano - todos os produtos são registrados na Marca Vegana.

Como parte de um portfólio de marcas do grupo brasileiro de calçados Grendene, fundada em 1971 e é uma das maiores fabricantes de calçados do mundo, a Melissa está comprometida com a sustentabilidade e participando de um processo de produção mais responsável. A Grendene se esforça para garantir as melhores condições de trabalho para todos os seus colaboradores, e os sapatos Melissa são todos feitos no Brasil. Mais de 50 milhões de pares de sapatos Melissa foram fabricados nos últimos 25 anos e chegaram a 80 países diferentes ao redor do mundo.

(**)Viktor&Rolf é a casa de moda de luxo de vanguarda fundada em 1993 pelos artistas de moda Viktor Horsting e Rolf Snoeren. Amplamente reconhecida e respeitada por sua provocante Alta Costura e glamour conceitual, a casa de Viktor&Rolf aspira a criar beleza espetacular e elegância inesperada através de uma abordagem não convencional da moda. Encenando coleções exclusivas por mais de vinte anos durante a Semana de Moda de Paris - desde a primeira coleção de Alta Costura na Primavera/Verão de 1998 - as criações da Viktor&Rolf evocam um espírito provocativo infundido com contrastes surreais. Com a Mariage, a Viktor&Rolf apresenta suas coleções de noivas de luxo - uma exploração de elementos icônicos inspirados em influências clássicas de alta costura. Transmitindo o vínculo complementar do estilista, Viktor&Rolf Mister Mister é uma extensão do estilo pessoal de Viktor Horsting e Rolf Snoeren - uma reflexão íntima com uma visão lúdica sobre o uso formal. Os produtos de luxo da Viktor&Rolf incluem Viktor&Rolf Tulle, linha exclusiva de óculos Viktor&Rolf Vision, e um catálogo viciante de fragrâncias com best-sellers mundiais: Flowerbomb, Spicebomb e Bonbon.

da redação com informações da Agência A+  imagens: fotos/divulgação

SWAROVSKI E NIKE

6a210a9eb50e80e102c640852a34f15dO Nike Women’s Air Force 1 LXX, inspirado em refletores de estrada, o tênis tem mais de 228 cristais que foram criados 761f4ff46b3cc1a74102a8bf342bf539b6a109d55357ea1885a7646faca89a62exclusivamente para a Nike. Esses elementos da Swarovski Crystals trabalham juntos para fazer o tênis Air Force 1 brilhar tanto quanto a luz em volta dele. Essa camada altamente expressiva de cristais cobrindo o tênis está disponível no modelo triplo branco e triplo preto. A camada é alterável e todas as quatro partes podem ser removidos individualmente ou todos juntos usando a chave de fenda que vem junto para customizar.

A CEO interina Michele Molon, declarou: “Swaroski e Nike estão criando, juntos, produtos cobiçados e inovadores nos últimos cinco anos. Somos grandes colaboradores trazendo o melhor um do outro e provando como uma colaboração entre parceiros criativos eleva ambos a um novo nível”.

Sobre a parceria disse Marie Crow, diretora criativa sênior do departamento de calçados de lifestyle feminino da Nike: “Com a nossa parceria para o tênis Swarovski, nós nos divertimos muito explorando os limites do que é possível em termos de brilho, refletividade e ornamentação através do design, desenvolvimento e manufatura avançada. Esse AF1 eleva o nível incorporando nosso mais desafiador desenvolvimento de refletividade até o momento, com nosso design luxuoso e modelável para um look bem fresco e atual”

da redação com informações da MKT MIX Assessoria de Comunicação

CHILLI BEANS

159Chilli Beans une os mundos virtual e real para ser a primeira empresa brasileira a realizar a seu evento corporativo dentro de um game. A já conhecida Superdose, evento da Chilli Beans, transformou uma convenção interna em um verdadeiro espetáculo, apresentando os lançamentos do ano com performances e shows exclusivos a bordo de um navio, e agora ganhou um novo formato em 2021.

A marca criou uma experiência imersiva virtual dentro do GTA que está disponível partir desde o dia 18/11, em uma ilha digital que poderá ser explorada pelos convidados com seus avatares.

15cO grande espetáculo em si preparado para apresentar as próximas coleções aconteceu no dia 21/11, com acompanhento dentro do game pelos colaboradores ou pelo público geral por meio de uma transmissão realizada pelo ator e humorista Eduardo Sterblitch, que é um dos avatares e vai explorar o jogo pelas lentes do famoso Freddy Mercury Prateado.

Tradicionalmente realizada em 15eum navio de cruzeiro nos últimos anos e repleto de espetáculos e shows para apresentar as coleções, a empresa precisou ajustar o formato do encontro pensando na biossegurança dos colaboradores dos seus mais de 900 pontos de venda. A plataforma escolhida para sediar a Ilha Chilli Beans é a Subversion 15aRoleplay, servidor situado dentro do já conceituado jogo GTA V, trazendo uma interpretação de personagens com aspectos da vida real. Os colaboradores podem criar personagens para interagir com os outros enquanto assiste o espetáculo comandado por Caito Maia, CEO e Fundador da Chilli Beans. O evento aqueceu os motores para a volta do presencial, que acontecerá em abril de 2022.

“Gostamos de abraços, de estar juntos, de contato próximo. Infelizmente isso ainda não será possível. Ano passado fomos os primeiros a fazer nossa convenção via internet. Mas para esse ano queríamos ir 15dalém e gerar interação. A coexistência entre o real e o virtual já é uma realidade hoje, então fazer a Superdose no formato game é uma extensão natural desse tipo de experiência. A inovação está em criar um game dinâmico, recheado de atividades e conteúdo para todo mundo curtir e emergir na marca. Já que não dá pra ficar junto, com os avatares aí sim a galera pode se juntar, dar um rolê virtual de skate, de helicóptero, visitar o navio e até curtir os bares e espaços da Ilha.”, declarou Caito Maia.

158No game, um mundo de possibilidades infinitas se abre para os participantes. Além do palco principal, onde acontece a plenária, uma série de atividades está programada para todos os gostos e estilos, como bar, garagem, atividades outdoor - todos poderão personalizar seus avatares e usar carros, motos e jet-skis durante a experiência.

Além de espaços personalizados, a Ilha também terá uma loja Chilli Beans, navio ancorado, blimps de patrocinadores, roda gigante, passeios de avião e helicóptero, óculos gigantes e, claro, muitas pimentas. O conteúdo Chilli Beans e Ótica Chilli Beans tem espaço garantido: novas coleções, lançamentos, parceria com marcas, influencers e muitas novidades.

Um dos pontos altos da noite foi a premiação Pimentas de Ouro do Ano, valorizando melhor loja, melhor loja de rua, melhor quiosque, melhor venda de lentes em quiosque, melhor supervisor e, claro, o melhor vendedor do ano.

O público que tiver interesse em conhecer todas as coleções da Chilli Beans em 20221 terá a opção de acompanhar o conteúdo em transmissão ao vivo no YouTube oficial da marca.

Sendo pioneira em experiência metaverso de venda, a marca ainda oferece provador virtual de óculos no seu site e compra de lentes de grau por meio de realidade aumentada.

da redação com informações da Chilli Beans   imagens: fotos/divulgação

Artigo - Menos acusações estéreis, mais propostas concretas

worldfashion • 23/11/21, 09:57

6fc14003-c054-453e-b717-d4fc5091475d

Por Fernando Valente Pimentel*

A um ano das eleições para presidente da República, governadores, senadores, deputados federais e estaduais, embora seja ainda muito cedo para abordar candidaturas e deflagrar campanhas, é preciso refletir sobre a necessidade de uma visão mais assertiva de país. Precisamos de um projeto para a Nação, com um planejamento de pelo menos 15 anos, abrangendo educação, cultura, tecnologia, inovação e agenda da sustentabilidade, vetores que movem a sociedade contemporânea.

Ao mesmo tempo, é preciso cuidar para que as contas públicas fiquem em ordem e trabalhar para que o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) volte ao centro da meta, pois há um perigoso fenômeno inflacionário mundial. Cabe considerar que sofremos impacto maior, pois os países desenvolvidos têm menos memória desse tipo de desequilíbrio na economia e conseguem debelar o problema de maneira menos invasiva na política monetária, incluindo taxas de juros menores.

Também estamos enfrentando os desafios da logística e algumas questões enfatizadas pela pandemia da Covid-19, como os altos riscos da dependência de insumos estratégicos, de determinadas origens, para a saúde, a defesa e o meio ambiente. Não se trata de fechar o País ao mundo, mas de construir suas competências a partir das suas vantagens comparativas mais evidentes e fortalecer aquelas que, mesmo não tão claras, sejam relevantes para aumentar nossa independência e alavancar a competitividade.

Ante tais desafios, é necessário que os Três Poderes e seus integrantes, no exercício de suas responsabilidades, façam sua parte para que tenhamos uma agenda objetiva e eficaz, que estabeleça um norte para o Brasil. Não tem sido esta a tônica do País. Por isso, sem relegar as prioridades presentes e urgentes, é preciso pensar no futuro a ser delineado para as próximas gerações.

Os postulantes a cargos eletivos não devem aguardar a posse para começar a estruturar suas plataformas de trabalho. É preciso que, caso eleitos, já tenham pronto um projeto efetivo muito mais consistente, realista e exequível do que a conhecida e desgastada peça de marketing eleitoral intitulada “Plano de Governo”. O Brasil atual carece pouco de diagnósticos, que já são muitos e razoavelmente precisos; necessita, sim, de capacidade de execução e competência para que se agregue o devido valor ao dinheiro público. Afinal, pagamos muitos impostos e temos retorno muito baixo.

A agenda de combate à desigualdade é crítica. Os programas sociais são importantes e necessários, mas a oportunidade de sermos uma nação realmente desenvolvida brota da educação e da cultura, com projetos substantivos, como os que conduziram o progresso e a ampla inclusão socioeconômica em países como a Coreia do Sul e Cingapura, que dispõem de muito menos recursos do que nós.

Não é o caso de repetir a agenda de terceiros, mas de criar um robusto programa de fomento nacional. Por isso, nosso lema deve ser menos calor e mais luz, para gerar propostas concretas para o crescimento sustentado e sustentável e o bem-estar da população. O debate político precisar ser focado nesses propósitos. Os brasileiros querem saber - e devem cobrar isso - o que cada um dos postulantes à presidência da República, governos estaduais e parlamentos oferecerá de si e o que pretende fazer em favor do desenvolvimento. O Judiciário, embora não tenha cargos eletivos, também precisa integrar-se a essa agenda.

É prioritário construir um projeto de nação, pois, nas últimas quatro décadas, perdemos pelo menos 20 anos de baixíssimo crescimento. Ou seja, mais do que simplesmente candidatos, precisamos de pessoas que já cheguem ao governo com propostas e ideias e capacidade articuladora para convertê-las em políticas públicas eficazes na promoção do desenvolvimento.

*Fernando Valente Pimentel é o presidente da Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção.

VAREJO TEXTIL

worldfashion • 15/11/21, 16:12

varejo-de-modaA matéria sobre o varejo têxtil aborda o crescimento e fortalecimento, durante e pós pandemia, seguindo as tendências de consumo on line e off line, oferecendo agilidade, valores, produtos, acolhimento e empatia aos seus clientes. Para atingir as metas são contratados executivos com larga experiência em gestão, marketing, comunicação integrada, processos produtivos e que tenham foco no aumento da capacidade de produção, inovação e sustentabilidade.

O Varejo físico vai acabar?  Definitivamente NÃO

Artigo de Juliana Neves *

O varejo físico vai morrer? Definitivamente não. O varejo físico não vai morrer. No entanto, já começa a passar por várias transformações significativas, e todos nós participamos ativa ou passivamente dessas mudanças.

juliana-neves1No entanto, essa primeira transformação que o varejo sofre não é por causa da pandemia e sim em função do e-commerce. A entrada do varejo online fez com que o papel da loja física mudasse.

Nós começamos a observar que as lojas físicas vão perder a relevância enquanto um veículo de transação comercial. O tal do ponto de venda vai deixar de ter uma importância grande para venda porque, afinal de contas, a venda pode acontecer em qualquer mídia: WhattsApp, e-commerce, Facebook e, também, loja física, entre outros. Então, vamos começar a ver a loja física tendo um papel muito mais importante de marca, construção de valor de marca. A loja física sendo um hub de comunidade, um ponto de encontro de uma tribo em torno de um mesmo propósito.

Vamos perceber este ponto ganhando uma relevância significativa para a forma que as pessoas percebem essa marca, e então sim através desse ponto de venda ou ponto de encontro ou ponto de experiência físico vamos construir um novo valor para a marca.

Hoje em dia todas as marcas querem ser uma love brand. Mas o que percebemos é que o próximo passo serão as love brands se transformando em caring brands, marcas que se importam, se preocupam e que cuidam. E os espaços físicos, onde os amantes dessa marca podem se reunir têm um papel fundamental, super relevante e importante.

No entanto, apesar do futuro ser a loja mudando um pouco seu papel, perdendo um pouco essa função comercial, sabemos que até se chegar a esse ponto no Brasil muita ‘água vai rolar’. E hoje, mais do que nunca, podemos reafirmar a importância do design estratégico de varejo.

A disciplina de design estratégico de varejo de projeto de arquitetura comercial ajuda o cliente a vender mais. Ao expor um bom produto, iluminá-lo bem, entender como atrair um cliente para dentro da loja e alguns truques e armas secretas que usamos em nossos projetos, se deixa tudo na loja mais atrativo comercialmente e mais vendedor.

O design estratégico de varejo é essa disciplina que abraça a arquitetura e o visual merchandising e tenta transparecer no espaço físico da loja todos os conceitos da marca.

Design estratégico de varejo

É uma disciplina dentro da arquitetura de interiores que trabalha os projetos comerciais (lojas, bares e restaurantes). Tem algumas especificidades, está de mãos dadas com o marketing o tempo todo, poque quando criamos os projetos de identidade de uma marca no varejo físico, temos que transparecer a identidade dessa marca.

Nós arquitetos e designers de interiores, temos que deixar de lado os nossos gostos pessoais e entender para quem é a marca, quem é a persona dessa marca, como é a casa dessa persona, qual é a atmosfera, quais são os principais valores que ela tem e que precisão ser impressas nesse ponto de venda.

Na medida que você entende que a marca é um encontro de pessoas com o mesmo propósito, que tem os mesmos ideais, a loja é a casa dessa marca, é esse ponto de encontro físico dessas pessoas em torno desse propósito que a marca defende.

Design estratégico de varejo entende e dá visibilidade aos conceitos da marca, através de seu espaço físico. Esse espaço físico é projetado a muitas mãos, principalmente pelo arquiteto e designer que está à frente do projeto de interiores. Ele é o maestro dessa orquestra, mas também existe o visual merchandiser, o profissional de comunicação de marca que vai trabalhar as artes e a comunicação dentro do ponto de venda para assim passar uma mensagem muito coesa e concisa do porquê, para quem e como essa marca se posiciona em todas as suas mídias. A loja é uma mídia superimportante porque é imersiva. A pessoa literalmente entra dentro e esse posicionamento é impactante para essa marca.

*Juliana Neves – Vice-presidente da ABIESV (Associação Brasileira da Indústria de Equipamentos e Serviços para o Varejo) e sócia-diretora da Kube Arquitetura. Graduada em Arquitetura e Urbanismo pela UFRJ e mestre em Design pela PUC-RJ, com pesquisas em Design e Emoção, com ênfase em Design para todos os sentidos. Foi pesquisadora na Brown University e possui especialização em Branding e Design e Trends Forecast. Hoje é professora convidada do curso de Retail Design & Branding da PUC-RJ, do curso líbero de Retail Design e de Projetos Comerciais no curso Saperfare de Interiores, ambos no IED Rio.

da redação  imagem: foto divulgação

flavia-altheman-640x631A Pernambucanas*, marca varejista nacional pioneira em inovações, anunciou a contratação de Flavia Altheman como nova Diretora de Marketing da varejista. A partir setembro, a executiva assumiu a liderança das seguintes áreas: Comunicação Integrada, Experiência do Cliente, Trade, CRM, Comunicação Corporativa e Produtora Som e Imagem.

Com trinta anos de atuação no mercado de marketing, comunicação, varejo e financeiro, a executiva já teve passagem por diversas empresas como Track&Field, Via Varejo, Extra Hipermercados, Lojas Americanas, Postos Ipiranga, GetNet, entre outras. Graduada em Propaganda e Marketing pela UNIP, Pós-graduada em Planejamento Estratégico na FGV com MBA em Varejo e Mercado de Consumo pela UBS e Cursos de Extensão em Branding pela HSM e Gestão e Liderança pela FGV. Flavia traz em seu currículo o prêmio Women To Watch Brazil, eleita uma das principais profissionais de Marketing e Comunicação do país em 2015.

Flavia chegou com o grande desafio de fortalecer ainda mais essa marca centenária, tão presente na memória afetiva e dia a dia dos brasileiros em um momento em que a inovação e o pioneirismo têm feito cada vez mais parte dos principais projetos da companhia. Além disso, a executiva também contribuirá com a consolidação da marca nas regiões Norte e Nordeste, locais em que a varejista ingressou em 2021 e planeja amplos investimentos para os próximos anos.

“É gratificante ingressar em uma marca tão tradicional e ao mesmo tempo tão contemporânea que tem se dedicado a entregar uma experiência de compra alinhada às preferências e necessidades dos clientes, sempre comprometida com a diversidade, inclusão, inovação e sustentabilidade. É um orgulho fazer parte de uma empresa onde as mulheres representam 75% do quadro de colaboradores”, conta Flavia Altheman, Diretora de Marketing da Pernambucanas.

download*Há 113 anos, a Pernambucanas evolui junto com a família brasileira. Referência no varejo nacional, a companhia tem como marca registrada o pioneirismo e a contribuição para o progresso de diversas cidades do país. Conta com um time de estilistas que identificam as principais tendências mundiais da moda e oferece uma ampla variedade de produtos em moda, beleza, lar, eletroportáteis, telefonia e informática.  Está presente em mais de 300 cidades, em doze estados e no Distrito Federal, com mais de 430 lojas e cerca de 15 mil lojacolaboradores. Além do varejo, a companhia tem a sua fintech, a Pefisa, braço financeiro do grupo, responsável pelo desenvolvimento e gestão dos produtos como a Conta Digital Pernambucanas, PIX, Carteira Digital, cartões, empréstimo pessoal e seguros. Sempre se reinventando e acompanhando às necessidades de seus clientes, a Pernambucanas oferece uma inovadora plataforma digital de relacionamento em varejo e produtos financeiros, com aplicativos, compra online, tablet (concessão de crédito 100% digital em 7 minutos), emissão instantânea de cartão com chip, atendimento digital e Wi-Fi grátis em todas as lojas.

da redação com informações da Edelman SP - foto: divulgação

alianca-empreendedoraDois importantes braços sociais do varejo brasileiro, o Instituto C&A (*) e o Instituto Lojas Renner (**) , se uniram para apoiar a etapa do programa Tecendo Sonhos – iniciativa de empreendedorismo da organização Aliança Empreendedora (***). A nova fase da iniciativa, iniciada em junho, que também conta com o apoio da MasterCard Center for Inclusive Growth e da Associação Brasileira do Varejo Têxtil - ABVTEX(****), tem como grande objetivo desenvolver e capacitar 18 oficinas de costura localizadas na capital paulista e pertencentes a microempreendedores abvtexmigrantes participantes do projeto visando, por fim, a formalização do grupo em uma associação.

O desejo de formar uma rede de pequenas facções de costura, apoiadas pelo Tecendo Sonhos em uma associação, surgiu em 2020 durante a pandemia. A grande demanda por produção de máscaras de tecido e a consequente necessidade desses profissionais se unirem para atender aos pedidos com agilidade de forma coletiva, deu origem a nova etapa do Tecendo Sonhos.

Nos próximos dois anos, os microempreendedores migrantes das 18 oficinas participantes da iniciativa receberão capacitações e mentorias nas áreas de logística, comercialização, desenvolvimento humano e financeira, além de assessoria jurídica e contábil. Em meados de 2023 a expectativa é que esses profissionais estejam preparados para a formação da primeira associação de microempreendedores migrantes do varejo de moda nacional.

Em sua maioria bolivianos, os migrantes que chegam ao Brasil trabalham inicialmente como costureiros, mesmo sem nunca terem atuado com esta profissão em seu país de origem. De acordo com a Aliança Empreendedora, estima-se que, somente na capital paulista, a comunidade boliviana seja de aproximadamente 400 mil pessoas, sendo que a maioria atua com costura.

cristina-filizzola“Eles trabalham nas facções como costureiros até juntarem um pouco de dinheiro e abrirem suas próprias oficinas para terem maior liberdade e mais renda, porém se deparam com todos os desafios de gerir um negócio, além das jornadas de trabalho bastante exaustivas. Por isso, a necessidade de agregarem valor em suas oficinas visando acessarem um mercado mais justo, pagando melhores valores para terem uma condição digna de trabalho”, explica Cristina Filizzola, diretora da Aliança Empreendedora.

Desde sua criação, há sete anos, o Tecendo Sonhos já beneficiou cerca de 2.500 pessoas de forma direta e mais de 12 mil pessoas indiretamente. Dentre os apoiadores do projeto está o Instituto C&A, parceiro desde 2015. Especialmente em 2020, o braço social da C&A Brasil contribuiu para a expansão da iniciativa para o agreste pernambucano por conta do polo de produção e comercialização têxtil da região.

gustavo-narciso_icea“Depois de alguns anos apoiando o Tecendo Sonhos, estamos muito felizes por nos unir ao Instituto Lojas Renner na busca de soluções que enderecem um desafio que ambas as instituições possuem: a melhoria das condições de trabalho na indústria da moda. Por meio do nosso pilar de empreendedorismo, estamos investindo para que estes negócios prosperem, se estruturem, e ofereçam oportunidades de emprego mais justas e decentes”, conta Gustavo Narciso, Gerente Executivo do Instituto C&A.

Fundado em 2008, o Instituto Lojas Renner já apoiou mais de 900 projetos espalhados pelo país, beneficiando cerca de 215 mil pessoas. Proporcionar capacitação para quem está envolvido com o setor de moda sempre foi um dos focos do trabalho realizado. Desde 2016, por exemplo, o Instituto desenvolve um programa de acolhimento de refugiadas, oferecendo formação em modelagem e costura ou atendimento para o varejo, o que contribui para a inclusão social destas refugiadas e sua profissionalização.

eduardo-ferlauto“Nosso propósito é transformar a vida de mulheres e suas famílias por meio da moda. Nossa atuação está focada no fomento de ações para o fortalecimento da liderança comunitária e do empreendedorismo, gerando renda e proporcionando condições para que as pessoas possam se desenvolver e viver de acordo com suas próprias aspirações. Por isso, entendemos que nos unir ao Instituto C&A e aos demais parceiros para contribuir com o Tecendo Sonhos era um caminho natural”, relata o diretor executivo do Instituto Lojas Renner, Eduardo Ferlauto.

“Temos a satisfação de participar ativamente desta iniciativa de impacto positivo na promoção do trabalho digno na cadeia têxtil nacional. O estímulo ao empreendedorismo sustentável está em consonância com edmundo-limao propósito da ABVTEX e suas mais de 100 grandes marcas associadas, que mantêm a iniciativa de promover o fornecimento responsável dos produtos de moda do País, por meio do Programa ABVTEX”, aponta Edmundo Lima, diretor executivo da entidade.

logo-ca-instituto

*Instituto C&A - braço social da C&A Brasil - atua no fortalecimento de comunidades por meio da moda no voluntariado corporativo e no fomento ao empreendedorismo dos grupos sociais que lutam para afirmar seus direitos (populações periféricas, LGBTQIA+, mulheres negras, migrantes e refugiados, entre outros). A instituição também realiza ajudas humanitárias em situações de calamidade pública e crises emergenciais. Com 30 anos de história o instituto tem como principal objetivo promover impacto social nas comunidades no entorno das lojas, centros de distribuições e escritório central em todo território brasileiro.

instituto-lojas-renner**Instituto Lojas Renner  desenvolve a apoia projetos que promovem o empoderamento econômico e social da mulher na cadeia de valor têxtil. Desde sua fundação, em 2008, já investiu cerca de R$ 75 milhões – oriundos das verbas repassadas pela varejista e também provenientes de leis de incentivo fiscal. Os recursos possibilitaram o apoio a mais de 900 projetos espalhados pelo país, beneficiando 215 mil pessoas, incluindo os mais de R$ 6 milhões que foram destinados em ações de combate à Covid-19. O Instituto Lojas Renner faz parte do guarda-chuva do selo Re, que representa o compromisso da Companhia com a moda responsável.

***Desde 2005, a Aliança Empreendedora sabe que todas e todos os brasileiros podem empreender por meio de relações justas, e acredita no empreendedorismo como forma de transformar o Brasil. Para isso, capacita e apoia gratuitamente microempreendedores formais e informais em comunidades de baixa renda de todo o país, co-criando protagonismo econômico e social, em parceria com empresas, governos, organizações sociais e interessados na causa. Está presente em todos os Estados brasileiros e já concretizou 271 projetos, treinou 134 organizações e apoiou mais de 100 mil empreendedores.

****Fundada em 1999, a Associação Brasileira do Varejo Têxtil (ABVTEX) reúne 26 das mais representativas redes de varejo nacionais e internacionais, contemplando mais de 100 marcas que comercializam vestuário, calçados, acessórios de moda e artigos têxteis para o lar.

da redação com  as informações da Máquina Conh&Wolfe/ Instituto C&A e Aliança Empreendedora,  FSB Comunicação/ Instituto Lojas Renner e da ADS Comunicação Corporativa/ABVTEX

loja1A Marisa(*), maior rede de moda feminina e lingerie do Brasil, deu início no mês de outubro a uma ação importante dentro da pauta de economia circular. As clientes que doarem roupas e acessórios usados e em bom estado vão ganhar 15% de desconto em compras. Além disso, a cada 10 peças doadas a Marisa ofertará mais uma. Toda a arrecadação será repassada para a ONG Gerando Falcões(**), ecossistema de desenvolvimento social que atua em rede para acelerar o impacto em favelas de todo o país.

Os postos de coleta estarão disponíveis pelos próximos três meses nas lojas da Marisa, localizadas na Avenida Paulista - número 412, no Itaim e em Santo Amaro, em São Paulo. O desconto de 15% é válido unicamente para as lojas participantes da ação. Após a doação, o cupom de desconto será gerado mediante a leitura de um QR Code.

loja-falcoesAs peças doadas pela Marisa serão comercializadas no bazar-escola da Gerando Falcões, um negócio de impacto social, que dá acesso a bens de consumo para população de baixa renda, com valores até 70% mais baratos quando comparados aos praticados no mercado. Todo o resultado das vendas é reinvestido em programas de transformação nas periferias e favelas.

paula-martins-de-oliveira-head-de-marketing-integrado-da-marisa-1621368530514_v2_3x4“Ao participar dessa corrente de doações, a Marisa e suas clientes vão atuar #BemJuntas em prol de comunidades por todo o Brasil. Além de contribuir com essa importante ação de impacto social, fortalecemos o pilar de sustentabilidade da Companhia, com o estímulo à economia circular”, explica Paula Martins de Oliveira, head de marketing da Marisa

mayara-lyraPara a Gerando Falcões, o apoio de empresas com a estrutura da Marisa é essencial para o fortalecimento da ONG: “É uma parceria muito relevante, porque incentiva as doações para o nosso Bazar, que é uma fonte de renda importante. E por ser um projeto piloto, que começa em três lojas, enxergamos um grande potencial de expansão para outras unidades de São Paulo. Nossa expectativa é que essa parceria traga grandes resultados”, ressalta Mayara Lyra, Diretora de Negócios Sociais da Gerando Falcões.

*A Marisa é a maior rede de moda feminina e lingerie do Brasil. Com mais de 70 anos de experiência, construiu uma forte relação de cumplicidade e intimidade com sua consumidora, conhecendo e acompanhando suas necessidades e anseios. O propósito da marca é fortalecer a autoestima da mulher. Ao longo de sua história, a Marisa é conhecida e reconhecida por seu slogan “De Mulher para Mulher”. Está presente hoje em todas as regiões do Brasil e conta com aproximadamente 344 lojas nas melhores ruas e shoppings do país. É uma das pioneiras do setor no e-commerce, oferecendo seus produtos pela sua loja virtual há 20 anos. A Marisa também possui uma divisão de produtos e serviços financeiros, o MBank, criado para prover o financiamento de produtos às suas clientes.

**A Gerando Falcões é um ecossistema de desenvolvimento social que atua em rede para acelerar o poder de impacto de líderes de favelas de todo país que possuem um sonho em comum: colocar a pobreza das favelas no museu. Seu foco são iniciativas transformadoras, capazes de gerar resultados de longo prazo. O projeto entrega serviços de educação, desenvolvimento econômico e cidadania e executa programas de transformação sistêmica em comunidades, como o Favela 3D.

da redação com informações da Agência Lema  imagens: fotos/divulgação

download1A Aramis(*), uma das líderes do mercado nacional no varejo de moda masculina, segue no seu compromisso com a evolução e dá mais um passo importante na sua história. Após passar por rígido processo de auditoria interna e também com sua cadeia de fornecedores, a marca se torna signatária plena do Programa ABVTEX(**), liderado pela Associação Brasileira do Varejo Têxtil que é referência no combate ao trabalho análogo ao escravo e infantil na cadeia do varejo de moda.

A partir de agora, a marca se junta a outros varejistas de moda do país e fortalece o importante movimento de moda nacional que busca práticas e processos ambientalmente e socialmente responsáveis através de iniciativas e regulamentação de toda a cadeia produtiva.

abvtex1Apesar dos impactos econômicos causados pela pandemia em todo o setor, a Aramis teve um resultado de crescimento fora da curva e isso proporcionou a oportunidade de investimento e dedicação em iniciativas que conversam com o seu propósito “Impulsionar Pessoas e Transformar Histórias”. E foi nesse cenário que a marca em tempo recorde promoveu uma verdadeira revolução in house e auxiliou todos os seus fornecedores a se adequarem e se certificarem na Associação, chegando hoje à marca de fornecedores 100% certificados pela ABVTEX que fiscaliza e orienta as melhores empresas do mercado.

bernardo-garios“É muito satisfatório participar desse processo e contribuir para que a marca e seus fornecedores chegassem a esse resultado. Essa iniciativa é de extrema importância para nós e para todo o setor de moda e garante processos mais honestos, dignos, rentáveis e sustentáveis em toda a cadeia de produção. Estamos muito felizes de participar desse movimento que fortalece o mercado nacional e proporciona boas condições de trabalho e remuneração a todos da cadeia têxtil”, afirma Bernardo Garios, gerente de compras da Aramis que esteve à frente de todo o processo.

*A Aramis, que completou 25 anos em 2020, tem como propósito impulsionar pessoas e transformar histórias. Por meio do mote ‘Expressão em Movimento’ entende o homem contemporâneo como protagonista da sua própria história e amplia suas narrativas para se transformar em uma plataforma de conteúdo, moda e estilo de vida. Liderada por Richard Stad, está presente em todo o Brasil com mais de 90 lojas, entre próprias e franquias, além de outlets e 900 multimarcas pelo país.

**Considerado um “divisor de águas” no combate ao trabalho análogo ao escravo e infantil na cadeia de valor do varejo de moda, o Programa ABVTEX representa o esforço setorial das redes varejistas para a implantação das melhores práticas de compliance entre seus fornecedores e subcontratados. Lançado em 2010, o Programa foi uma resposta da ABVTEX a favor do uso do trabalho digno na cadeia produtiva dos artigos de moda, e vem sendo aprimorado ao longo do tempo. A meta é tornar-se referência internacional nos próximos cinco anos.

Ao aderir voluntariamente ao Programa ABVTEX, as varejistas signatárias assumem o compromisso de monitorar 100% de sua cadeia fornecedora e somente adquirir produtos das empresas aprovadas nas auditorias, conforme estabelecido no Regulamento Geral do Programa.

da redação com informações da FSB Comunicação

1A Track&Field(*)CO S.A. (B3: TFCO4) consolida seu desempenho positivo ao apresentar seus resultados do terceiro trimestre de 2021. Além do expressivo aumento nas vendas, atingindo R$ 217,9 milhões, número 83% superior ao mesmo período em 2020 e 89,3% maior quando comparado com 2019, a companhia registrou Receita Líquida total de R$ 124,8 milhões e Lucro Líquido ajustado de R$ 20,1 milhões, crescimento de 209,7% em relação ao mesmo período em 2020 e 86% superior ao terceiro trimestre de 2019.

O contínuo desenvolvimento da omnicanalidade, unindo o físico com o digital, somado ao fortalecimento do vínculo com os públicos identificados com a marca, estão entre as estratégias da empresa que contribuem para alavancar estes resultados. A agilidade logística e a expansão da rede de lojas também são essenciais. Reforçando a forte tendência de crescimento, excluindo o efeito de abertura de novas unidades, a companhia registrou neste trimestre um aumento de 81,7% nas vendas provenientes da base de lojas que operava no mesmo período em 2019.

fernando-tracanella-cfo-e-diretor-de-ri-da-trackfield-min“O movimento de retomada da economia, com a reabertura gradual de todas as lojas, foi muito importante para o nosso negócio. Para nos adaptarmos a este novo cenário, investimos muito na digitalização e apostamos forte nas iniciativas omnichannel. Somado a isso, criamos novas formas de relacionamento e ampliamos o nosso ecossistema de experiências para os clientes”, destaca Fernando Tracanella, CFO e diretor de RI da Track&Field.

Com 12 novas lojas inauguradas no período, sendo 11 franquias e uma loja própria (outlet), a empresa totaliza 280 unidades em todo o País. Em setembro, a primeira Experiencie Store da marca foi inaugurada no Shopping Iguatemi São Paulo. A loja de 230 m², que conecta os clientes a um universo de experiências ligadas ao bem-estar e à vida saudável, conta ainda com o primeiro minimarket e café, o TFCoffee, que oferece um espaço de convivência, cardápio e curadoria de produtos.

Ao mesmo tempo em que amplia a capilaridade física, a venda digital cresce de forma alinhada com a rede de lojas próprias e franquias. No trimestre, 48% das vendas captadas pelo e-commerce foram faturadas por lojas físicas.

fred-wagner“Fechamos mais um trimestre muito otimistas, acelerando projetos importantes para o futuro. Estamos avançando no desenvolvimento da vitrine infinita, que transformará nosso e-commerce em um grande marketplace. A plataforma TFSports - que reúne todas as nossas iniciativas de wellness - ganha cada vez mais relevância, com 712 treinadores já conectados aos 227 mil usuários, oferecendo aulas e clínicas em 40 categorias” afirma, Fred Wagner, CEO da companhia.

unnamed1Para dar suporte à estratégia de expansão e crescimento da empresa, a Track&Field anuncia a chegada de Marcelo Toledo como novo Diretor de Operações. O executivo será responsável por todos os processos produtivos, com foco no aumento da capacidade de produção, inovação e sustentabilidade. Profissional com ampla experiência na indústria têxtil e de vestuário, Toledo atuou por mais de 20 anos na Cia. Hering.

Ainda neste ano, a companhia vai realizar seu primeiro evento voltado para investidores. No dia 8 de dezembro, das 10h30 às 12h, o CEO Fred Wagner e os principais executivos da Track&Field vão apresentar, em transmissão online e aberta ao público interessado, o planejamento, as estratégias e visão da empresa a partir de 2022.

*A Track&Field é uma das líderes no segmento de wellness no Brasil, com a missão de conectar pessoas a um estilo de vida ativo e saudável através de seus produtos e serviços. A empresa, atualmente, tem 280 lojas, sendo 31 próprias, 10 outlets e 239 franquias espalhadas por todo o território nacional. Está presente em 125 cidades e 25 Estados, com mais de 964 funcionários diretos, além de aproximadamente 1.500 colaboradores dos franqueados.

da redação com informações da ANK REPUTATION   imagens: foto divulgação

img-6274A Tip Top (*), rede de franquias de roupas e acessórios para bebês e crianças com mais de 125 lojas em diferentes estados do país, continuou expandindo sua rede de franquias antes mesmo da retomada da economia. Durante a pandemia, foram 18 unidades inauguradas e a meta é abrir 40 lojas ao longo dos próximos meses. O foco está, principalmente, nas seguintes praças: Curitiba (PR), Belo Horizonte (MG), Maceió (AL), Natal (RN), Piracicaba e Marilia (SP), Porto Alegre (RS), Fortaleza (CE), Florianópolis (SC), Goiânia (GO), Salvador (BA), Vitória (ES) e Campos dos Goytacazes (RJ). “É claro que não descartamos oportunidades em diferentes localizações, desde que com mais de 100 mil habitantes”, afirma Rogério Morais, gerente de expansão da Tip Top. A rede oferece três formatos de loja: Tradicional (com roupas e acessórios infantis), Mega Store (especializada em carrinhos, cadeirinhas, enxovais e, é claro, roupas) e Outlets (ofertando coleções passadas). O investimento inicial é a partir de R$ 300 mil.

rogerio-morais“A pandemia nos mostrou um grande interesse por parte dos franqueados em abrir lojas de rua, o que nos deixou bastante surpresos”, revela Morais. “A maioria dos nossos pontos de venda estão está dentro dos shopping centers, porém percebemos que agora está muito fácil de negociar o ponto de rua. É muito bom, porque também podemos marcar presença em cidades que não possuem shoppings”, comenta.

Paralelamente ao processo de expansão, em 2020, à beira de completar 70 anos de vida, a Tip Top, com o apoio de um time de experts em branding e varejo, observou o mercado, a concorrência, a própria história da Tip Top, as características da marca, conversou com os consumidores e olhou para as lojas. “Tudo isso para entender como a marca se posiciona no mercado e ter insights de como ela poderia se posicionar, levando em conta a razão de sua existência”, explica Daniela Boll, head de marketing da Tip Top.

Como consequência, mudou toda a sua identidade visual. Do logo ao projeto das lojas, agora completamente repaginadas, apenas um aspecto se mantém: a Tip Top ainda se orgulha em ser a marca dos balõezinhos, tão presentes na memória do consumidor. De acordo com Daniela, “os balõezinhos ressaltam coisas boas da infância, como festa, brincadeira, sonho e felicidade”.

daniela-bollUma marca forte e verdadeira une aspectos emocionais e negócios, e esse era um dos objetivos do rebranding: resgatar a essência das relações que permeiam a Tip Top. “A gente constrói relacionamentos com o consumidor. A relação de família é a principal para nós, afinal a Tip Top foi criada por uma família para atender outras famílias - nossos clientes sabem que podem contar com a gente para comprar da roupa do dia a dia ao look mais incrementado, de festa”, pontua Daniela.

Algumas das lojas da rede, como a do Shopping Bourbon, em São Paulo (foto), já aderiram ao novo padrão visual.

Outra mudança da Tip Top no início da pandemia foi a implantação da venda omnichannel. Tendência já popularizada em grandes redes, traz a vantagem da venda multicanal possível tanto para consumidores quanto para franqueados que aderiram à modalidade de venda. “Se o comprador está no Rio de Janeiro e realizar uma compra em nosso e-commerce, o pedido pode tranquilamente sair da Bahia, por exemplo. Assim trabalhamos com um estoque único, em parceria com o franqueado, e todo mundo sai ganhando: franqueadora, franqueado e, principalmente, o cliente, que vai receber o que ele quer e não vai sofrer com falta de estoque”, explica Vivian Koch, head de E-commerce da Tip Top.

f69a0008-hdrf69a9783-hdr1

Fundação: 1952

Início da expansão por franquia: 2008

Associado ABF - Associação Brasileira de Franchising desde: 2008

Investimento incial: A partir de R$ 300 mil

Faturamento médio mensal: R$ 90 mil

Lucro médio mensal: De 10% a 13%

Prazo de retorno do investimento: De 24 a 36 meses

da redação com informações da  Content/MD   imagens: fotos/divulgação

12-rcz_7022Em um momento tão vulnerável, o Verão22 da Lafort (*), traz a suavidade feminina aliada à alfaiataria moderna, proporcionando o futuro funcional: roupas com tecidos tecnológicos e utilitárias – funcionalidade em bolsos e zíperes e versatilidade de uso. É a coleção POESIA, peças que pedem momentos mais leves, por mais tempo para o corpo e alma.

A cartela de cores, divididas por blocos, traz tons vibrantes 10-2110gilf_044_2269como o rosa e laranja, os tons amanteigados de amarelo e verde, além do cinza urbano, azul profundo e roxo violeta. As estampas transitam nos tons de destaque e são inspiradas na natureza – flores e animal print - e padrões gráficos como as listras e o xadrez. Roupas desenvolvidas com os tecidos tecnológicos e exclusivos da Lafort, como o Technoblock®, Edge Block, Malha Chamois, os tricots, incluindo o novo fio Sedine – extremamente sofisticado e resistente as trações e fios puxados.

9-2110gilf_043_2226Um dos destaques da estação é o jeans, aliado aos básicos elevados – peças essenciais com caimento impecável, o que traz impacto nas produções.

As novas peças da coleção Poesia podem ser apreciadas presencialmente na loja no Shopping Higienópolis, e agora também em sua segunda loja no Shopping Villa-Lobos e em sua primeira loja conceito em São Paulo, no JK Iguatemi, ambas inauguradas em outubro. Mantendo o mesmo padrão, as novas unidades têm 80 m²  e projeto feito pelo arquiteto Adriano Attia, do escritório Cast Arquitetura, com características de design clean e moderno.

irit-gzermy-schillis“Nossa estética visual é mais limpa, com informação na medida certa para que as peças sejam o centro das atenções e no espaço físico isso não poderia ser diferente. Por isso, cada detalhe foi pensado para criar essa atmosfera na loja, e também deixar o lugar aconchegante onde as pessoas se sintam bem-vindas.”, conta Irit Czerny Schilis, diretora criativa e fundadora da Lafort (foto à direita)

*Inovação em alfaiataria e Tricot Premium representam a Lafort. Suas roupas possuem modelagens e caimento impecáveis. São confeccionadas com fios e tecidos exclusivos e tecnológicos como o Technoblock®, que não amassa, não marca o corpo, possui conforto térmico e traz praticidade para a mulher contemporânea que preza por elegância. A marca possui lojas próprias em São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba, além de estar presente em mais de 140 multimarcas em todo o Brasil.

da redação com informações da JUPUGLISI+  imagens: fotos/divulgação

ABIT

worldfashion • 12/11/21, 16:08

14785962351_342aa98ff5_z-430x640Fernando Valente Pimentel, presidente da Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit), salientou que a prorrogação da desoneração da folha de pagamentos por dois anos, anunciada ontem (11/11) por Jair Bolsonaro, é importante para a manutenção de empregos e estímulo à economia. Lembrou que o setor foi pioneiro, em 2011, no processo de pagamento da contribuição previdenciária com base em um percentual do faturamento bruto das empresas, juntamente com as áreas de móveis, calçados e software.

O emprego formal é o melhor programa social existente. Nos últimos 12 meses o setor têxtil e de confecção gerou quase 100 mil postos de trabalho formais, mostrando a importância da preservação da medida.

Pimentel disse ter sido positivo o governo reconhecer a importância da desoneração, que contribui para a criação e manutenção de empregos, fator fundamental para a economia brasileira neste momento. Somente a indústria têxtil e de confecção mantém 1,5 milhão de postos de trabalho formais em todo o território nacional. “Não faria sentido, num cenário com mais de 14 milhões de desempregados, onerar os 17 setores de atividade que empregam diretamente mais de 8,5 milhões de pessoas”, ponderou, ressaltando o bom-senso da decisão governamental.

LINE UP Festival SPFW+Regeneração

worldfashion • 11/11/21, 17:54

logo1

Conforme anunciado na coletiva de hoje 11/11/21, a edição N52 do São Paulo Fashion Week, promoverá um desfile totalmente diferente do que já foi visto nas passarelas em todo o mundo. O Santander Brasil, Banco da Moda, no dia 17 de novembro, data de abertura do SPFW, modelos e gamers irão desfilar vestindo releituras de skins de personagens do Free Fire, da Garena, um dos jogos online mais populares no mundo. O desfile acontece às 19:30 e será transmitido pelas redes sociais do SPFW.

Na edição que marca a volta dos desfiles presenciais, após quase dois anos de apresentações exclusivamente online, a SPFW traz o mundo virtual para as passarelas, pela primeira vez em uma semana de moda internacional.

santander-spfw-free-fire-21santander-spfw-free-fire-3A pedido do Santander, a Garena – publisher e detentora dos direitos do Free Fire – selecionou as 20 skins (trajes dos personagens) mais cobiçadas pelos jogadores, que tiveram seus looks adaptados e materializados pelo stylist Daniel Ueda. Dentro do Free Fire, clientes do Banco terão acesso a uma skin exclusiva.

A iniciativa conecta duas das maiores e mais promissoras atividades do empreendedorismo: Moda, a que mais se reinventa, e Games, a que mais cria e uma das que mais crescem. A adesão aos jogos em rede e em tempo real aumentou 140% durante o ano de 2020, no Brasil.

santander-spfw-free-fire-1Atualmente, o País é o terceiro do ranking de audiência em esportes, sendo que dois de cada três brasileiros conectados à web são jogadores. É também com base nestes dados que o Santander enxergou a conexão dos games com o empreendedorismo, uma vez que os jogos são poderosas ferramentas para impulsionar novos talentos e transformá-los, por exemplo, em jogadores profissionais ou desenvolvedores.

No primeiro trimestre deste ano, o Banco iniciou a campanha Onde tem Santa, tem game, que marcou sua presença neste território, com o patrocínio à equipe FURIA, uma das maiores do Brasil, além de apoiar torneios e lançar um consórcio especial para a compra de equipamentos para games, entre outras ações.

igor-puga-575x300-arthurnobre-275x275“Já somos conhecidos como o Banco que trabalha e apoia a moda, após esses 5 anos de parceria com o SPFW. E neste ano entramos nos esportes eletrônicos com a ambição de ser também o banco que oferece soluções e auxilia as pessoas que trabalham, empreendem e se divertem no mundo gamer”, afirma Igor Puga, diretor de Marca e Marketing do Santander Brasil.

“O mundo da moda e dos esportes é um lugar de muita diversidade, inovação e inquietude. O Santander possui autoridade nestes mercados e entende a real semelhança de valores entre ambos. Esse casamento entre o Free Fire e o SPFW foi o que viabilizou não só a virtualização da moda nos games, mas a materialização física das skins renomadas no jogo mais popular do país, na semana de moda mais importante do Brasil”, conclui.

Para dar vida às skins dos personagens, o Santander e o SPFW convidaram o stylist Daniel Ueda. Um time de modelos profissionais, incluindo Isabeli Fontana, e gamers, foi cuidadosamente escolhido para representar na passarela os personagens que tanto significam para esta nova geração, abrindo uma nova gama de negócios e relações.

daniel-ueda1“O meu maior desafio aqui foi tirar o projeto do universo dos games e levar para o da moda. Precisei me inteirar muito do mundo gamer, e para mim está sendo maravilhoso, pois é mais uma porta que se abre, com muita força e energia. Esse processo de criação foi desafiador e incrível ao mesmo tempo”, afirma Ueda, que trabalhou em conjunto com o estilista Alexandre Herchcovitch na criação dos looks.

Juntos, Ueda e Herchovitch buscaram em materiais como malha e moletom, somado a inovações como peles fakes e telas tecnológicas vazadas, dar o tom necessário aos looks. A expectativa é que essas skins, que já causam grande furor no imaginário dos gamers, impressionem ainda mais ao serem vistas na passarela da semana da moda. Para complementar, Daniel Ueda ainda participou da escolha de alguns personagens do Free Fire que foram utilizados nos looks, aplicando já seu olhar de stylist.

fernando-mazza-garena-free-fire-1580142061547_v2_4x3“Poder ver a releitura das skins de Free Fire desfilando na passarela do mais prestigiado evento de moda do Brasil, o SPFW, é algo incrível para os jogadores de Free Fire, para mim e para o time da Garena. É um momento de muito orgulho ver o quão longe o Free Fire foi e pode chegar, rompendo a barreira do digital e transcendendo para o real, mostrando que o jogo virou estilo, que o jogo virou moda. ” afirma Fernando Mazza, head de operações da Garena no Brasil.

Ao todo, 20 das mais populares skins do Free Fire foram selecionadas para serem apresentadas no desfile inaugural da SPFW N52, uma ação inédita em qualquer semana de moda do mundo. São elas: Sakura; Hip Hop; Kit Angelical; Hypado; Sombra Roxa; Rolezeiro; Gola Alta; T.R.A.P. Zika e Brabo; T.R.A.P. Chavosa e Chavoso; Coração Urbano; Mano Milgrau; Calça Angelical; Gatitude; Loucura Rebelde; e Espírito Púrpura.

paulo-borges“Hoje as fronteiras estão se diluindo, tanto no físico como no digital.  O SPFW sempre abriu as portas para o novo. É inevitável o cruzamento da moda com o universo dos games. Ambos exploram e experimentam o novo.  Moda tem relação com inovação e  comportamento e pessoas.  Games tem com tecnologia, comportamento e pessoas. Agora veremos a materialização pioneira do metaverso, das skins, um dos principais pontos dos games”, comenta Paulo Borges, fundador do SPFW.

O desfile tem idealização do Santander, realização do SPFW e apoio da Garena.

A temporada do SPFW - São Paulo Fashion Week mostrará a criativa da moda brasileira, unindo novas formas de entender e atender as expectativas dos novos consumidores. Uma temporada potente, que mostra a resiliência e a força da moda brasileira, experimentando novos caminhos, trazendo inovações. São 50 marcas que se apresentam no SPFWN52 e que reforçam esta expansão de fronteiras, movendo as economias criativa, afetiva e circular com uma visão plural, colaborativa e inclusiva, aperfeiçoando conquistas com transformação sustentável.

“Em poucos dias, a moda brasileira estará novamente com toda sua potência, resiliência e com a certeza de novos aprendizados, que nos servirão de guia para os próximos anos. Como já disse anteriormente, não se trata de roupas, se trata de pessoas. O SPFW é um ato coletivo” - diz Paulo Borges, fundador e diretor criativo do SPFW.

Esta força intensa terá início no dia 16 de novembro, com o desfile presencial de Pedro Andrade na Pinacoteca de São Paulo, com encerramento especial no dia 21, com o desfile da estilista Lenny Niemeyer celebrando os 30 anos de sua marca, na Cúpula do Caminho Niemeyer, em Niterói. O retorno a uma temporada presencial acontece num lugar significativo para o SPFW, o Parque do Ibirapuera, de 17 a 20 de novembro, no Pavilhão das Culturas Brasileiras.

No dia 17, o Pavilhão abre com a apresentação/intervenção do Projeto Cria Costura, parceria do SPFW e do Inmod com a Prefeitura de São Paulo despertando e acelerando talentos em design de moda entre paulistanos da periferia, sendo mais de 90 por cento mulheres. Os participantes mostrarão suas criações, fechando um ciclo de aprendizado e capacitação.

O line up da SPFWN52

DIA 16 - terça feira

15h00 - Pedro Andrade - presencial

DIA 17 - quarta feira

15h30 - Projeto Cria Costura - apresentação

16h30 - Ronaldo Fraga - virtual

17h00 - À la Garçonne - presencial

17h30 - Torinno/Festival SPFW+ Regeneração - presencial

18h30 - Anacê - digital

19h00 - Mnisis - digital

19h30 - Free Fire - da Garena - presencial

20h30 - Aluf - digital

21h00 - Modem - digital

21h30 - Lilly Sarti - presencial

DIA 18 - quinta feira

15h00 - Sankofa: Ateliê Mão de Mãe - presencial

15h00 - Sankofa: Meninos Rei - presencial

16h00 - Ronaldo Silvestre - digital

16h30 - João Pimenta - presencial

17h15 - Rocio Canvas - digital

18h00 - Weider Silveiro - presencial

18h45 - Von Trapp - digital

19h15 - Bold Strap - digital

19h45 - Walerio Araujo - presencial

20h30 - ÁLG - digital

21h00 - Ellus - digital

21h30 - Another Place - presencial

DIA 19 - sexta feira

10h00 - Ponto Firme - presencial

12h00 - Fernanda Yamamoto - presencial

15h00 - Sankofa - Santa Resistência - presencial

15h00 - Sankofa - Naya Violeta - presencial

16h00 - Ão - digital

16h30 - LED - digital

17h00 - Misci - presencial

18h00 - Gloria Coelho - digital

18h30 - Neriage - digital

19h15 - Martins - digital

19h45 - Igor Dadona - digital

20h15 - Handred - presencial

21h00 - Irrita - Festival SPFW+ Regeneração - digital

21h30 - Lino Villaventura - presencial

DIA 20 - sábado

11h00 - Esfér - presencial

12h00 - Baska - digital

15h00 - Sankofa: Az Marias - presencial

15h00 - Sankofa: Mile Lab - presencial

15h00 - Sankofa: Silvério - presencial

16h00 - Corcel - digital

16h30 - Fauve - digital

17h00 - Angela Brito - presencial

18h00 - Lucas Leão - digital

18h30 - Depedro - digital

19h30 - Apartamento 03 - presencial

20h15 - Bispo dos Anjos - digital

21h00 - Renata Buzzo - digital

21h30 - Isaac Silva - presencial

DIA 21 - domingo

16h00 - Lenny Niemeyer - presencial/Rio de Janeiro

da redação com informações da MARRA COMUNICAÇÃO – Assessoria de Imprensa Santander (Cultura e Patrocínios) / MKTMIX – Assessoria de Comunicação –SPFW e Theogames - Assessoria de Comunicação - Garena Brasil